Igualdade e Desigualdade

Igualdade. Do latim aequalitas. 1. Noção lógica ou matemática, significando a equivalência entre duas grandezas: 3 + 2 = 5, ou entre duas proposições : (a + b)2 = a2 = 2ab + b2.

2. O termo "igualdade" aparece ainda na expressão "igualdade entre os homens" e possui várias acepções: a) a igualdade jurídica ou civil significa que a lei é a mesma para todos; b) a igualdade política significa que todos os cidadãos têm o mesmo acesso a todos os cargos públicos, sendo escolhidos em função de sua competência; c) a igualdade material significa que todos os homens dispõem dos mesmos recursos. As duas primeiras igualdades, igualdades de princípios, constituem a base das democracias. De fato, as desigualdades materiais geram desigualdades políticas e jurídicas: essa situação foi descrita, pelo socialismo do séc. XIX, como "democracia formal".

3. É questionável a expressão "igualdade natural" ou biológica, pois, por natureza, não somos idênticos uns aos outros. (1)

Relação entre dois termos, em que um pode substituir o outro. Geralmente, dois termos são considerados iguais quando podem ser substituídos um pelo outro no mesmo contexto, sem que mude o valor do contexto. (2)


Igualdade e Desigualdade. A crença de que as sociedades deveriam tratar seus membros de maneira mais igualitária, no sentido tanto formal quanto material, ocupa uma posição central no pensamento desenvolvido no século XX. A ideia de que os seres humanos são fundamentalmente iguais entre si é, em contrataste, muito antiga. Mas durante séculos essa ideia encontrou expressão basicamente na crença religiosa, na noção de que todos são iguais aos olhos de Deus.

Por igualdade social entende-se a ideia de que as pessoas devem ser tratadas como iguais em todas as esferas institucionais que afetam as suas oportunidades na vida: na educação, no trabalho, no consumo. (3)


(1) JAPIASSÚ, Hilton e MARCONDES, Danilo. Dicionário Básico de Filosofia. 5.ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

(2) ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. São Paulo: Mestre Jou, 1970.

(3) OUTHWAITE. W. e BOTTOMORE, T. Dicionário do Pensamento Social do Século XX. Rio de Janeiro, Zahar, 1996.

Aprenda Online: Relação de Cursos 24 Horas