Home


António Rego Chaves, licenciado em Filosofia, foi jornalista e repórter internacional, de 1968 a 2002, no Diário Popular e no Diário de Notícias, onde também desempenhou as funções de editorialista e colunista, além de ter sido editor e autor de todo o texto da obra Imagens do Século no Mundo. Colaborou, antes do 25 de Abril, na revista Seara Nova e no semanário O Comércio do Funchal. Em 1975 desempenhou a sua actividade jornalística na República da Guiné-Bissau, sendo um dos fundadores do trissemanário Nô Pintcha. Na extinta página de Livros, do DN, e no seu também extinto suplemento DNa, assinou grande número de recensões críticas e ensaios. Escreveu de 2004 a 2012 sobre livros,  às sextas-feiras, no suplemento Weekend do Jornal de Negócios, em cuja ficha técnica on-line figurou como colunista. Publicou Vinte e Quatro Diálogos Bíblicos, Encontros em Florença Livros com Ideias Dentro (Campo das Letras). Juntamente com Ana Marques Gastão e Armando Silva Carvalho, é autor de Três Vezes Deus (Assírio & Alvim). 

 

Clicando em «Mapa do site» (preferível a opção «Lista», porque sempre bem apresentada por ordem alfabética, ao contrário da designada por «Árvore») poderá encontrar cerca de 430 textos.

  



 Os mais recentes textos publicados estão também arquivados em http://sites.google.com/site/incensuraveisrecentes/
 




 FRASES
 
 
 
Nietzsche segundo Alfred Adler: «Um cristão ateu que reinventou a ternura franciscana.»
 

Lido em Somerset Maugham, por muitos considerado «escritor menor»: «Alguns procuram o Caminho no ópio e outros em Deus, alguns no whisky e outros no amor. Tudo é o mesmo Caminho e não leva a parte alguma.» estar zangado com Deus e, ao mesmo tempo, não acreditar n'Ele.» (De uma personagem da série «Dr. House»). Comento eu, inicial usufrutuário deste sítio: Pascal talvez tivesse preferido dizer que «só é possível estar o com Deus quando se tem Deus dentro de nós.» 

 «Os velhos já não vivem. Representam/De vivos,muito mal... [...] Ser velho é covardia.» (Teixeira de Pascoaes, «D. Carlos»)



«Não se pode estar zangado com Deus e, ao mesmo tempo, não acreditar n'Ele.» (De uma personagem da série «Dr. House»). Comento: Pascal talvez tivesse preferido dizer que «só é possível estar zangado com Deus quando se tem Deus dentro de nós.»  

   

      

 

 
Comments