Gênero: Sapium

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image
Nomes popularesLeiteiro, burra-leiteira, janaguba, pau-de-leite, pau-leiteiro, seringaranaNome científicoSapium glandulosum (L.) Morong.Voucher91A Schwirkowski & Bianconcini (MBM391901)SinônimosOmphalea glandulata Vell.Sapium aucuparium Jacq.Sapium aubletianum (Müll.Arg.) HuberSapium biglandulosum (L.) Müll.Arg.Sapium claussenianum (Müll.Arg.) HuberSapium cremostachyum (Baill.) I.M.Johnst.Sapium glandulatum (Vell.) PaxSapium haematospermum var. saltense O'Donell & LourteigSapium klotzchianum (Müll.Arg.) HuberSapium marginatum var. lanceolatum Müll.Arg.Sapium marginatum Müll.Arg.Sapium occidentale (Müll.Arg.) HuberStillingia aucuparia (Jacq.) OkenStillingia biglandulosa (L.) Baill.FamíliaEuphorbiaceaeTipoNativa, não endêmica do Brasil.DescriçãoÁrvore lactescente, com caule vináceo. Folhas alternas, simples; nervura principal vinácea; par de glândulas no ápice do pecíolo (próximo à base da lâmina foliar). Inflorescência racemosa. Flores actinomorfas, pouco vistosas; ovário súpero. Fruto do tipo cápsula.CaracterísticaFloração / frutificaçãoFloresce de outubro a novembro e frutifica em dezembro.DispersãoHabitatAmazônia, Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica, na Floresta Ombrófila Densa e Mista, Floresta Estacional Semidecidual e Restinga.Distribuição geográficaNorte (Roraima, Amapá, Pará, Amazonas, Tocantins, Acre, Rondônia), Nordeste (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Alagoas, Sergipe), Centro-Oeste (Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul), Sudeste (Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro), Sul (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul) (PSCHEIDT, 2010).EtimologiaPropriedadesFitoquímicaFitoterapiaPossui aplicações na medicina popular.FitoeconomiaEsta espécie é recomendada para reflorestamento e enriquecimento de solos degradados, além de servir para recuperação de matas ciliares. Sua madeira, leve e macia, é utilizada por várias etnias indígenas para a fabricação de artefatos e artesanato, pois além de ser macia e fácil de trabalhar, após seca dificilmente apresenta rachaduras. Pode ser usada como fonte de látex.InjúriaComentáriosNa língua Guarani é chamada de Kurupi e kurupika’y.BibliografiaCatálogo de Plantas e Fungos do Brasil, volume 2 / [organização Rafaela Campostrini Forzza... et al.]. -Rio de Janeiro : Andrea Jakobsson Estúdio : Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2010. 2.v. 830 p. il. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_fungos_vol2.pdf>.CHAVES, E. Composição Florística e Descrição Morfológica das Espécies Herbáceo-arbustivas de Uma Mata de Galeria em Alto Paraíso, Goiás, Brasil. Universidade de Brasília, Departamento de Botânica. Brasília, DF, 2006. 126p. il. Disponível em: <http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=119541>.FLORA ARBÓREA e Arborescente do Rio Grande do Sul, Brasil. Organizado por Marcos Sobral e João André Jarenkow. RiMa: Novo Ambiente. São Carlos, 2006. 349p. il.LINDENMAIER, D. S. Etnobotânica em Comunidades Indígenas Guaranis no Rio Grande do Sul. Universidade de Santa Cruz do Sul. Rio Grande do Sul, 2008. 44p. Disponível em: <http://www.scribd.com/doc/19857491/MONOGRAFIADiogo-Lindenmaier>.LOPES, S. B.; GONÇALVES, L. Elementos Para Aplicação Prática das Árvores Nativas do Sul do Brasil na Conservação da Biodiversidade. Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul. Rio Grande do Sul, 2006. 18p. Disponível em: <http://www.fzb.rs.gov.br/jardimbotanico/downloads/paper_tabela_aplicacao_arvores_rs.pdf>.OLIVEIRA, D. Nhanderukueri Ka’aguy Rupa – As Florestas que Pertencem aos Deuses. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2009. 182p. il. Disponível em: <http://www.pluridoc.com/Site/FrontOffice/default.aspx?Module=Files/FileDescription&ID=4402&lang=>.PLANTAS DA FLORESTA ATLÂNTICA. Editores Renato Stehmann et al. Rio de Janeiro: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2009. 515p. Disponível em: <http://www.jbrj.gov.br/publica/livros_pdf/plantas_floresta_atlantica.zip>.PSCHEIDT, A.C. 2010. Sapium in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB017664).