Gênero: Eclipta

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image
Nomes popularesNome científicoEclipta prostrata (L.) L.Voucher896 Schwirkowski (MBM)SinônimosEclipta alba (L.) Hassk.FamíliaAsteraceaeTipoNativa, endêmica do Brasil.DescriçãoErva perene, 0,2 m alt.; ramos cilíndricos, setosos. Folhas simples, opostas, sésseis, limbo 12–36 × 5–7 mm, lanceolado; ápice agudo, margens inteiras, base decorrente no pecíolo; ambas as faces setosas. Capítulos radiados, em corimbos, axilares ou terminais; invólucro campanulado, brácteas involucrais escariosas, 2-seriadas, persistentes, ovadas, setosas, ápice acuminado, margens ciliadas; receptáculo convexo, páleas linear-lanceoladas. Flores do raio inconspícuas, pistiladas, alvas, corola curto liguliforme, tubo 1 mm compr., 0,1 mm diâm., internamente glabro, limbo 1 × 0,1 mm; ramos do estilete com ápice agudo, glabro, sem pilosidade abaixo do ponto de bifurcação. Cipsela fusiforme, glabra, 1 mm; papilho coroniforme. Flores do disco monóclinas, amarelas, corola tubulosa, tubo 1 mm compr., 0,3 mm diâm., internamente glabro, ápice 4-lobado, lobos glandulosos; anteras com apêndice apical obtuso, base sagitada; ramos do estilete agudos, pilosos , sem pilosidade abaixo do ponto de bifurcação. Cipsela fusiforme, 4-costada, rugosa, setosa no ápice, 1 mm; papilho coroniforme. (HATTORI, 2009).CaracterísticaFloração / frutificaçãoDispersãoHabitatAmazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa, Pantanal.Distribuição geográficaNorte (Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins); Nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, ; Sergipe) Centro-oeste (Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso); Sudeste (Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo); Sul (Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina). (MONDIN, 2015).EtimologiaPropriedadesFitoquímicaFitoterapiaFitoeconomiaInjúriaComentáriosBibliografiaHATTORI, E. K. O.; NAKAJIMA, J. N. A Família Asteraceae na Estação de Pesquisa e Desenvolvimento Ambiental Galheiro, Perdizes, Minas Gerais, Brasil. Rodriguésia 59(4): 687-749. 2009. Disponível em: <http://rodriguesia.jbrj.gov.br/rodrig59_4/005(014-08).pdf >.Mondin, C.A. Eclipta in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB16092>. Acesso em: 21 Out. 2015.