Azul celestina B

Estrutura molecular (StainsFile)
Cloridrato (Merck Index)



Azul celestina B é usado em solução com mordente de alúmen-ferro como um substituto para a hematoxilina na técnica de coloração H&E (hematoxilina e Eosina), incluindo a coloração de gorduras.
[7] Quando esta coloração é seguida por uma progressiva coloração por hematoxilina-alúmen, uma coloração nuclear resistente a ácido é obtida (chamada sequência azul celestina-hemalum).[6]

Propriedades
Nome comumCelestin blue (Azul celestina)
Nome sugeridoCelestin blue B (Azul celestina B)
Nome C.I.Mordant blue 14 (Azul mordente 14)
C.I.51050
ClasseOxazina
IonizaçãoBásica
Solubilidade em água2%
Solubilidade em etanol1,5%
Absorção máxima654.5, 600 (Conn), 652 (Gurr)
CorAzul
Fórmula empíricaC17H13N3O4Cl
Massa molecular363,8
  Número de registro CAS 1562-90-9
 


Fotomicrografias de seções de tecido coloridas por azul celetina-fucsina ácida de células piramidais neocorticais.[4]

Desenvolveu-se métodos para a coloração específica de núcleos com soluções aquosas de azul celestina e galocianina em seções de tecido que tiveram o RNA extraído seletivamente com banhos de ácido fosfórico concentrado ou por hidrólise em ácido clorídrico.[5]

Referências


1. StainsFile - Celestin blue B
2. R. D. Lillie; Conn's Biological Stains; Williams & Wilkins, Baltimore, MD., U.S.A.
3. Edward Gurr, (1971); Synthetic dyes in biology, medicine and chemistry; Academic Press, London, England.
4. Susana Garcia de Arribaa, Heike Frankea, Margit Pissarekb, Karen Nieberc, Peter Illes; Neuroprotection by ATP-dependent potassium channels in rat neocortical brain slices during hypoxia; Neuroscience Letters, Volume 273, Issue 1, 24 September 1999, Pages 13–16. - DOI 10.1016/S0304-3940(99)00603-5
6. Alan C. Lendrum; Celestin blue as a nuclear stain; The Journal of Pathology and Bacteriology, Volume 40, Issue 2, pages 415–416, March 1935. - DOI: 10.1002/path.1700400222
7. R. A. Catalano and R. D. Lillie; Iron Alum Celestin Blue B Substitution for Hematoxylin in Fat Stain; Biotechnic & Histochemistry, 1973, Vol. 48, No. 6 : Pages 354-354 - (doi: 10.3109/10520297309116658)

Comments