NUNCA PERCAMOS A FÉ EM CRISTO 24/12/2012

NUNCA PERCAMOS A FÉ EM CRISTO 24/12/2012

Leia a Bíblica - Click aqui

https://sites.google.com/site/jesus2336987/

Algumas pessoas ainda não crêem em JESUS CRISTO e só crerão aqueles que Deus escolheu antes da fundação do mundo e enviou a crer n'Ele, pois estes foram predestinados à serem conforme à imagem do Filho que é Jesus.

É como o próprio Jesus declarou: João 6: 37 Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.

Jesus declarou também: João 6: 44 Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.

E também: João 10: 27 As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; 28 E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão

Paulo inspirado pelo Espírito Santo confirmou isto: Romanos 8: 28 E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. 29 Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. 30 E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.

E Paulo declarou isto novamente em: Efésios 1: 4 Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; 5 E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade, 6 Para louvor e glória da sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado, 7 Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça.

Se você conhece alguém que ainda não crê em Jesus Cristo, não se desespere, pois como lemos em (Mateus 20) Deus chama alguns ainda jovens e outros já bem velhos, mas a recompensa é a mesma, é a salvação.

Quando Pedro declarou: Mateus 16: 16 ...Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Jesus lhe disse: Mateus 16: 17 ...Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.  Ou seja, Jesus deixou bem claro que Pedro não escolheu crer, pois ninguém escolhe crer em Jesus, é Deus quem antes nos escolhe e nos envia a crer n'Ele para sermos justificados e salvos.

Portanto, é Deus quem nos revela Jesus, para que também Jesus nos revele quem é Deus: Lucas 10: 22 Tudo por meu Pai me foi entregue; e ninguém conhece quem é o Filho senão o Pai, nem quem é o Pai senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar.

Portanto, peçamos a Deus que revele seu Filho Jesus Cristo às pessoas que amamos e que infelizmente ainda não crêem n’Ele, para que venham também a crer e recebam também o Espírito Santo de Deus, pois como Paulo nos diz em (Gálatas 3: 2) Recebemos o Espírito Santo pela pregação da fé e não pelas obras da lei.

A obra de Deus é Jesus Cristo e se quisermos executá-la, temos que crer n’Ele: João 6: 28 Disseram-lhe, pois: Que faremos para executarmos as obras de Deus? 29 Jesus respondeu, e disse-lhes: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou.

 

NÃO COLOQUEMOS TROPEÇO

 

Vamos entender uma coisa, o demônio é muito astuto e a intenção d’Ele é tirar a nossa fé em Jesus Cristo, porque ele sabe muito bem que é pela fé que seremos salvos! E infelizmente, muitas vezes nós mesmos por zelo da palavra, involuntariamente contribuímos com o inimigo, pois vejam só: Se eu coloco o alicerce que é Cristo e outro edifica com palha, baseando a salvação pelas obras (guarda das leis); este segundo estará contribuindo para a ruína desta pessoa, pois no fogo, as obras são queimadas como a palha, mas a fé é refinada como o ouro.

Olha essa declaração de Jesus: Lucas 22: 31 Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; 32 Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos. Pedro passou pelo fogo e negou Jesus, porem não perdeu a fé. Posteriormente Jesus o restaurou (João 21: 15) e somente após receber o Espírito Santo no dia de pentecostes (Atos 2), Pedro realmente foi convertido.

João o Batista também quando passou pelo fogo, enviou dois discípulos à Jesus para lhe perguntarem: Lucas 7: 22 ... És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro? João teve necessidade de crer para estar bem mesmo na pior tribulação de sua vida.

Paulo quando estava para ser morto declarou: Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé! (II Timóteo 4: 7) Ele não disse conquistei a minha salvação, pois esta é pela graça de Deus e ninguém a conquista.

Tentem me entender, estou enfatizando o valor da fé em Jesus Cristo, que é mais preciosa do que o ouro, e da mesma forma que o ouro é provado no fogo, a fé também será provada no fogo (I Pedro 1:7)

Temos que ter boas obras? Claro que sim! Um verdadeiro convertido pratica as boas obras naturalmente, pois foi feito também participante da natureza Divina  (II Pedro 1: 4) e os bons frutos agora são produzidos naturalmente!

Estou enfatizando a fé em Cristo, porem não em detrimento da santificação (Separação para uma vida com Cristo), até porque quem nos chama e nos separa para Cristo é o próprio Deus! E Jesus Cristo é quem nos liberta das cadeias do demônio, do pecado! (João 8: 34)

É como está escrito: Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam (Salmos 127: 1).  Ou seja: Porque vamos voltar a ensinar os primeiros rudimentos como, por exemplo: Faça isto! Ou: Deixe de fazer aquilo se hoje pela nova e eterna aliança as leis de Deus estão escritas em nossos corações, elas estão em nosso interior, pois verdadeiramente é chegado o reino de Deus e o Espírito Santo de Deus que habita em nós por crermos em Jesus Cristo é quem nos tem ensinado. É como está escrito: Jeremias 31: 33 ... Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. 34 E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao SENHOR; porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o SENHOR; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados.

Mas esperai, também está escrito: Mateus 28: 18 E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. 19 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.  O que Jesus nos ensinou é exatamente o que estou tentando dizer:

1º - O grande mandamento de Jesus é o amor: João 13: 34 Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Quem ama cumpre a lei (Romanos 13: 8) É como está escrito: Gálatas 5: 14 Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. João também confirmou isto: II João 1: 5 E agora, senhora, rogo-te, não como se escrevesse um novo mandamento, mas aquele mesmo que desde o princípio tivemos: que nos amemos uns aos outros.

2º - Temos que estar em Cristo e Ele em nós, pois Ele é a videira verdadeira que esta ligado ao Pai e nós somos apenas as galhas enxertadas, e por não termos raízes próprias temos que estar ligados n’Ele para produzirmos frutos, pois sem Ele nada temos e nada podemos! E como só estamos ligados n’Ele se for pela fé, nunca podemos perder a fé n’Ele, ou seja: Nunca podemos nos apostatar ou levar alguém a se apostatar (Perder a fé em Jesus), e se colocarmos fardos pesados e difíceis de carregar nos lombos dos homens, poderemos sem querer, levá-los a desistir. Lucas 11: 52 Ai de vós, doutores da lei, que tirastes a chave da ciência; vós mesmos não entrastes, e impedistes os que entravam.

Portando, tenhamos muita atenção e zelo ao levar o Evangelho da paz, deixemos as tradições humanas e preguemos o poder de Deus pela fé em Jesus Cristo. Preguemos sempre que Jesus Cristo é o poder de Deus, e a sabedoria de Deus (I Coríntios 1: 24).

Olha só o que Paulo falou sobre isto: I Timóteo 4: 1 Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; 2 Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência; 3 Proibindo o casamento, e ordenando a abstinência dos alimentos que Deus criou para os fiéis, e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças; 4 Porque toda a criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças. 5 Porque pela palavra de Deus e pela oração é santificada.

Vamos nos lembrar sempre de que o reino de Deus não é COMIDA nem BEBIDA, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo (Romanos 14: 17). Vamos refletir sempre no que Jesus priorizou: Mateus 12: 7 Mas, se vós soubésseis o que significa: MISERICÓRDIA QUERO, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes.

Jesus nos disse que: Marcos 7: 15 Nada há, fora do homem, que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai dele isso é que contamina o homem. Porque tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar, porque não entra no seu coração, mas no ventre, e é lançado fora, ficando puras todas as comidas. O que sai do homem isso contamina o homem, porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem.  (Marcos 7: 18 e 23).

Jesus Cristo é o Filho unigênito de Deus e também é Deus! Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por Ele e sem Ele nada do que foi feito se fez.

Mesmo sendo Ele também Deus, se despiu de todas as suas prerrogativas de Deus e por amor, veio viver como homem para nos salvar.

Por amor a nós, Jesus deu a vida em nosso resgate, Ele morreu em nosso lugar, Ele nos comprou com seu sangue que foi derramado na cruz e durante o seu ministério de três anos, Ele fez muitos milagres com a principal finalidade de que víssemos os milagres e acreditássemos que Ele era realmente o Messias, o Filho de Deus e por crer n’Ele fossemos justificados e salvos.

Jesus não morreu debalde, a fé n’Ele é o maior de todos os dons que recebemos de Deus, portanto, tenhamos muito cuidado para não perdê-la e nem levar alguém a perdê-la.

Não há outro nome dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos (Atos 4: 12). Em nenhum outro há salvação, portanto, valorizemos o nome de Jesus, preguemos que Ele é o caminho a verdade e a vida e que ninguém vai ao Pai se não for por Ele (João 14: 6).

Todos nos sabemos que o caminho não é estar em uma determinada religião (igreja), não! Se alguém ensina isto é porque tem outros interesses que não é a salvação.

Sabemos também, pois está escrito que a salvação é pela fé em Cristo e não pelas obras da lei: Efésios 2: 8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. E também: Romanos 3: 28 Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei. E o próprio Jesus declarou: João 6: 47 Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna.    

Portanto, não é por praticar tais obras, ou seguir tais leis, ou freqüentar tal igreja, ou fazer isto ou deixar de fazer aquilo que nos salva! O que nos salva é crer em Jesus Cristo!

Todas estas coisas são conseqüências de uma vida com Cristo, tudo inicia pela fé n’Ele, porque Ele é o caminho, é Ele quem antes deu a vida para que tivéssemos a garantia e a certeza da vida eterna e agora Ele está nos edificando.

É como Jimmy Swaggart comentou na Bíblia de Estudo do Expositor sobre esta passagem: João 6: 47 Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna.

Jimmy Swaggart comentou o seguinte sobre a salvação da nossa alma: (Obtém-se imediatamente ao Crer; não é algo que o crente terá, mas algo que o crente na atualidade tem).  Ou seja: Muitos acreditam que ao crermos em Cristo, Ele vai nos libertando gradualmente dos nossos pecados até estarmos aptos “prontos e merecedores” da salvação.

Verdadeiramente Ele vai nos libertando, mas quanto a estarmos aptos, nunca estaremos, nunca seremos merecedores.

Não é assim, pois quando cremos em Jesus Cristo, obtemos imediatamente a salvação de nossas almas! A salvação não é algo que conquistaremos ou que alcançaremos com o tempo, não! A salvação é algo que recebemos imediatamente “instantaneamente” ao crermos em Jesus Cristo!

É uma questão de causa e conseqüência, somos salvos por crer! Esta é a causa da salvação de nossa alma, e a conseqüência de crermos é a nossa transformação espiritual, nossa santificação em amor! Esta sim é gradual, progressiva, contínua e permanente, pois ela é pelo poder de Jesus Cristo e não pela nossa força de vontade.

Eu escrevi “santificação em amor” de propósito para refletirmos nisto: Efésios 1: 4 Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor.  Deus não nos escolheu e predestinou para sermos conforme a imagem de Jesus? Romanos 8: 29 Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho. Jesus não disse: João 15: 13 Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Portanto quem quiser ser perfeito, ame como Jesus amou: Lucas 6: 40 O discípulo não é superior a seu mestre, mas todo o que for perfeito será como o seu mestre.

Quem quiser ser perfeito, comesse fazendo o que Jesus fez, pois sendo Ele também Deus, veio viver como homem e não para ser servido, mas para servir: Lucas 22: 27 Pois qual é maior: quem está à mesa, ou quem serve? Porventura não é quem está à mesa? Eu, porém, entre vós sou como aquele que serve.

É desta forma que eu entendo a palavra de Deus!

Não somos nada, na verdade somos todos desgraçados, e miseráveis, e pobres, e cegos, e nus. Porem Deus se compadeceu de nós e nos escolheu antes mesmo da fundação do mundo e no momento oportuno Ele nos chamou e nos enviou à Jesus Cristo o qual tem nos transformado pelo seu poder em novas criaturas.

Hoje eu posso dizer com toda certeza que todos os pecados que eu deixei de cometer em minha vida, nenhum deles foi retirado por mim mesmo, pelas minhas próprias forças, não! Foi Jesus quem me libertou e eu não posso ter jactância e sim gratidão, pois mesmo estando agora liberto, não me sinto merecedor da vida eterna, não! Sinto-me justificado e salvo sim! Porem pela fé em Jesus Cristo e não pelas minhas boas obras, pois o Espírito Santo testifica com o meu espírito me dizendo que serei ressuscitado e salvo única e exclusivamente pela misericórdia de Deus, pela fé e confiança em Jesus Cristo e não por merecimento.

Meditem nisto: Abraão é o pai da fé! Nele Deus prometeu abençoar todas as famílias da terra: Gênesis 12: 3 ...e em ti serão benditas todas as famílias da terra. Foi pelas obras ou pela fé? Vamos ver o que a Bíblia nos diz:

- Gálatas 3: 18 Porque, se a herança provém da lei, já não provém da promessa; mas Deus pela promessa a deu gratuitamente a Abraão.

- Romanos 4: 2 Porque, se Abraão foi justificado pelas obras, tem de que se gloriar, mas não diante de Deus. 

ĉ
PODER DE DEUS,
24 de dez de 2012 03:51
ĉ
PODER DE DEUS,
24 de dez de 2012 04:44
ĉ
PODER DE DEUS,
23 de dez de 2012 17:06
Comments