[UOL] Chefe do FMI será investigada na França por suposto abuso de autoridade

postado em 4 de ago de 2011 07:55 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
04/08/2011 - 09h43

Paris, (EFE).- A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, será investigada na França por um suposto delito de abuso de autoridade quando era ministra da Economia, decidiu nesta quinta-feira (4) a Corte de Justiça da República.

Lagarde será investigada por atribuir uma indenização multimilionária ao empresário Bernard Tapie.

A Procuradoria da Corte apresentará agora a denúncia contra Lagarde e será constituída uma comissão de instrução, formada por três magistrados, que realizarão a investigação.

A Corte de Justiça da República é a instância competente para julgar pessoas que contam com foro privilegiado na França, além de supostos crimes cometidos por ministros no decorrer de seu mandato.

O tribunal, reunido desde o início da manhã, decidiu que é necessária uma investigação sobre o papel de Lagarde na indenização de 285 milhões de euros (cerca de R$ 637,66 milhões) estipulada em 2008 a Tapie pela venda da Adidas, em um processo que sofreu intervenção estatal.

Essa indenização foi estipulada por uma comissão de arbitragem privada sob determinação de Lagarde e não pela Justiça comum, como estabelece a lei, segundo a acusação.

A Procuradoria do Tribunal Supremo pediu em 10 de maio à Corte de Justiça da República que iniciasse o mecanismo para a acusação da ex-ministra de Finanças da França.

Comments