335) MAPAS DE RISCO - SEGURANÇA DO TRABALHO

1. Mapa de Riscos


Mapa de Risco Simplificado de uma Instalação Industrial

O Mapa de risco surgiu na Itália no final da década de 60. No início da década de 70 o movimento sindical desenvolveu um modelo próprio de atuação na investigação e controle das condições de trabalho pelos próprios trabalhadores. O mapa de risco se disseminou por todo o mundo, chegando ao Brasil na década de 80.

O Mapa de Riscos é uma representação qualitativa dos riscos existentes nos locais de trabalho. É representado graficamente através de cores e círculos em tamanhos diferentes de acordo com a planta do ambiente analisado. Este local pode ser completo ou setorial.

Assim como qualquer método de prevenção, o Mapa de Risco tem o objetivo final de reduzir o número de acidentes de trabalho e danos à saúde do trabalhador dentro da empresa

2. Cores Usadas no Mapa de Riscos

A função primordial do mapa de risco empresarial é conscientizar e informar os funcionários, de forma visual e didática, sobre os perigos existentes em cada local de trabalho. Dessa forma, eles estarão preparados para desempenhar as tarefas com o máximo de cautela e precaução possível.

3. Tabela Descritiva dos Risco

Tipos de riscos

Físicos: ruído, calor, frio, pressões, umidade, radiações e vibrações.

Biológicos: vírus, fungos, bactérias, parasitas e protozoários.

Químicos: gases, poeira, fumos, químicos em geral, névoas e substâncias compostas.

Ergonômicos: esforço físico, postura inadequada, repetitividade nas tarefas.