350) SOLO GRAMPEADO - Caso de Obra (Praticidade, Segurança e alto desempenho)

Autores :

Luiz Antonio Naresi Júnior

Adailton Mendes de Souza

Pode-se definir o solo grampeado como o resultado da introdução de reforços, barras de aço, em um maciço de solo natural (corte).

Esta técnica de reforço de solos in situ é empregada na estabilização de taludes instáveis ou rompida, em emboques de túneis, na escavação de subsolos, inclusive em centros urbanos, etc.

Ao contrário da terra armada, a técnica de solo grampeado pode ser aplicada a um solo existente explorando suas características naturais.

Na terra armada, as características do material de aterro são previamente controladas, determinadas e determinante (há fabricação de material).

Perfuração de chumbadores com perfuratrizes rotopercussivas até 3,70 m de altura

Apoio de perfuração manual com equipe de corda dupla

Para locais mais altos na crista do talude trabalho com cesto aéreo acoplado a equipamento de guindar ou caminhão munck

Perfuração com cesto suspenso.

Chumbadores instalados e injetados com calda de cimento e execução de perfuração manual com equipe de corda dupla e cesto aéreo

Aplicação de Drenos verticas para garantia do escoamento das linhas de surgencia do lençol freático ao longo do talude e captação a base no pé do talude para canaletas de drenagem ou também a possibilidad de execução de dreno longitudinal profundo para drenagem das águas de surgencia e durante as chuvas

Vista frontal do talude logo apóa a aplicação dos drenos verticas de paramento

Aplicação de tela metálica sobre os drenos verticais de paramento para posterior aplicação de concreto projetado

Detalhe da chegada do dreno de paramento nos barbacãs de drenagem para garantia da segurança da obra não somente durante o dia a dia como na época de fortes chuvas.

Aplicação de concreto projetado em cesto aéreo que garante a aplicabilidade proximo ao talude e a qualidade uniforme do concreto sem esforço excessivo dos funcionários imprimindo produtividade e segurança reduzindo a exposição do homem hora ao risco de acidente e garantido melhor desempenho da qualidade do concreto projetado.

Resultado do projetado sendo executado sobre a tela metálica de alta resistência e os drenos de paramento

Resultado final da obra faltando concluir o projetado do pé do talude

WWW.NARESI.COM

Meu trabalho: WWW.PROGEO.COM.BR

ESPECIALISTA EM GEOTECNIA, MEIO AMBIENTE E SEGURANÇA DO TRABALHO EM FUNDAÇÕES ESPECIAIS E EQUIPAMENTOS MECANIZADOS PARA OBRAS PESADAS E GEOTECNIA

Luiz Antonio Naresi Júnior é engenheiro civil com ênfase na área de Saneamento, possui pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho, Analista Ambiental pela UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora), e em Engenharia Geotécnica pela UNICID (Universidade Cidade de São Paulo). É especialista em obras de Fundação Profunda, Equipamentos de Fundação, Perfuratrizes Rotopercussivas, Contenções de Encosta, Obras de Artes Especiais, Projetos de Contenção, Infraestrutura Ferroviária e Rodoviária. Atualmente é sócio da ABMS (Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica), diretor do Clube de Engenharia de Juiz deFora - CEJF (MG) desde 2005 até 2017, participa como voluntario pela ABMS como apoio a defesa civil de Belo Horizonte, Professor da Escalla Cursos para Mestre de Obras junto ao CEJF / CREA - JF inclusive disciplina de Segurança do Trabalho, Professor da Pontifica Universidade Católica de Minas Gerais, em Especialização lato sensu em M. ENG. EM ENGENHARIA GEOTECNICA, da disciplina, Fundações Especiais e Patologias e Soluções, Geotecnia Aplicada a Estabilidade de Encostas, 2019 a 2020, Professor de Engenharia Geotécnica , Fundações e Obras de Terra - INBEC pela UNIP 2020 até atual, consultor de fundação pesada e geotecnia, chefe do SESMT, comercial e assessor da diretoria da Progeo em especial na função de engenheiro de segurança do trabalho sendo chefe do SESMET da Progeo Engenharia Ltda coordenando 27 técnicos de segurança.