UESC

Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC

Departamento de Letras e Artes - DLA

Página mantida pelo projeto de extensão Dinamizando o ensino da língua inglesa

Coordenação: Prof. Isaias Francisco de Carvalho

PROFLETRAS - Mestrado Profissional em Letras

Literatura e ensino (LTA711)

Voltar à página principal do PROFLETRAS Ir à página do programa - Literatura e Ensino

_____________________________________________________________________________

Atividades 2021.2

Observações:

( i ) atividades passíveis de alterações negociadas

( ii ) Em geral, todas as atividades devem ter um registro escrito (resumo, comentário livre, resenha, fichamento etc. - enviar para o e-mail ifcarvalho@uesc.br até toda quinta à noite) de leitura e relato/contribuição oral em aula (para toda atividade que envolva leitura/pesquisa e debate, todas/os devem fazer uma contribuição oral de até 3 minutos)


Atividade 1: Quem é Isaias Carvalho (clique aqui) e quem são as/os mestrandas/os-alunas/os-professoras/es


Atividade 2: Ementa, objetivos, programa, metodologia, avaliação, bibliografia (clique aqui)


Atividade 3: Confira a produção literária de Isaias Carvalho aqui. Escolha um dos poemas e teça considerações livres sobre seu potencial poético e de aplicação em situações de ensino. Analise também o ato mesmo da inclusão da produção literária do próprio docente nos conteúdos de uma disciplina no âmbito literário. mediação/debate: Isaias (11.11.21-1) - não é necessário fazer registro de leitura


Atividade 4: Confira a produção acadêmica de Isaias Carvalho aqui. Leia os resumos de alguns dos artigos. Faça anotações para comentários durante a aula. mediação/debate: Sandra (11.11.21)


Atividade 5: Planejamento dos trabalhos previstos no crédito 1 (partes 1 e 2), conforme avaliação proposta para a disciplina (ver Atividade 2 acima).


Atividade 6: O que é literatura?

Texto 1: COMPAGNON, Antoine. Capítulo I - A literatura. In: O Demônio da teoria: literatura e senso comum. Tradução de Cleonice Paes Barreto Mourão. Belo Horizonte: UFMG, 1999. p. 29-45. (Humanitas) [Obs.: caso não tenha acesso ao livro, pela proximidade da aula, "autorizo" que utilizem minhas anotações de leitura na seção Fichamentos diplomáticos deste site. Clique aqui.] mediação/debate: Alana (23.09.21)


Texto 2: SARTRE, Jean-Paul. Prefácio e capítulo I - Que é escrever? In: Que é a literatura? Tradução de Carlos Felipe Moisés. 3. ed. São Paulo: Editora Ática, 2004. p. 7-32. [Obs.: caso não tenha acesso ao livro, leia a versão digitalizada a ser enviada por e-mail] mediação/debate: Noélia (30.09.21)


Texto 3: CARVALHO, Isaias Francisco de. A luta pelo direito nas interseções do literário com o jurídico. Revista da Faculdade de Direito UFPR, Curitiba, n. 57, p. 269-282, 2013. Disponível aqui. [contém um breve exercício de conceituação da literatura] mediação/debate: Milena (02.12.21)

Abordagem/Proposta de trabalho: faça um resumo do conceito de literatura, perpassando a noção de literariedade, a partir da leitura dos três textos acima. Outros textos e perspectivas podem ser utilizadas para a formulação do conceito de literatura.


Atividade 7: O que é ensino?

Confira a bibliografia listada na parte mais inferior da coluna à direita. A partir da leitura de algumas dessas referências ou de outras fontes, elabore um conceito de "ensino" que seja sucinto em tamanho, mas abrangente em conteúdo.

Aguardo que me enviem bibliografia sobre o conceito de "ensino".


Recomendo que sempre façam fichamentos de suas leituras, para futuras referências.


Atividade 8: Teorias e práticas

Texto 4: BAUMAN, Zygmunt. Novos desafios para a educação & A relação professor/aluno na fase líquido-moderna. In: Capitalismo parasitário: e outros temas contemporâneos. Tradução Eliana Aguiar. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2010. p. 40-72. mediação/debate: Fernanda (14.10.21)

Abordagem/Proposta de trabalho: Contraste e compare os desafios para a educação e a relação professor/aluno que Bauman propõe com sua realidade de ensino na educação básica. O que se aplica e o que não se aplica? Faça reflexões diversas.


Texto 5: BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2016. Disponível aqui.

Abordagem/Proposta de trabalho: Leia as seguintes partes desse estratégico documento:

Introdução (p. 7-21) mediação/debate: todas/os

Seções 4.1, 4.1.1, 4.1.1.1 e 4.1.1.2 (p. 63-191) mediação/debate: Rubi (21.10.21)

Seções 5.1, 5.1.1, 5.1.2 e 5.1.2.1 (p. 481-525) mediação/debate: Clébia (21.10.21)


(a) destaque dois a cinco itens/trechos que você considere os mais relevantes para influenciar a qualificação da realidade educacional brasileira; (b) tente identificar trechos/itens que especificamente possam ter alguma relação com nossa disciplina - "Literatura e Ensino"; (c) diante do atual cenário (de poder) político e econômico do Brasil, qual a eficácia da BNCC como norteadora da educação no país?


Atividade 9: Planos de aula, sequências didáticas, projetos...

Website 1: Instituto Claro

Website 2: Nova Escola

Nova Escola - ensino-remoto

Abordagem/Proposta de trabalho: Clique nos links acima (referentes ao Website 1 e ao Website 2). Você encontrará exemplos de planos de aula com o uso de literatura no ensino fundamental. Em cada website, explore diferentes planos de aula e escolha um que você considere bem elaborado e/ou passível de ser usado em seu contexto de ensino. Faça outras reflexões pertinentes.


Atividade 10: Tópicos com convidadas/os

1. Literatura afrobrasileira

(negrobrasileira, negra)

2. Literatura e corporalidades

3. Literatura de/por/para mulheres

4. Literatura surda


Atividade 11: Atualização da programação: revisão de atividades anteriores; apresentações intercaladas entre as atividades revisadas; perspectivas para possível "fechamento" consistente da disciplina. Previsão para entrega dos trabalhos finais.


Atividade 12: Explore todos os links listados a seguir [escolha um deles para fazer uma exploração mais aprofundada. Tome notas e faça comentários em aula]

Portal do Professor

Domínio Público

Portal de Periódicos

Dicionário Online de Português

Aulete Digital - Dicionário

Michaellis - Guia da Nova Ortografia

Conjuga-me

PPPLE


Atividade 13: Prazos

  • Para entrega (via e-mail ifcarvalho@uesc.br) de atividades em atraso: [Esse prazo indica o fechamento da pauta eletrônica] 17.12.21

  • Para as apresentações orais (referentes ao crédito 1) - ver planejamento na coluna à direita (Dulce ficou de planejar)

  • Para envio do arquivo referente à apresentação do crédito 1: 17.12.21

  • Para a "abordagem" da Atividade 7

  • Outros: xxxxxxxxxxxxxxxxxx


Atividade 14: Literaturas indígenas e formação de leitores

Texto 6. THIÉL, Janice Cristine. A literatura dos povos indígenas e a formação do leitor multicultural. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 38, n. 4, p. 1175-1189, out./dez. 2013. Disponível aqui. mediação/debate: Geórgia (14.11.21)

Abordagem/Proposta de trabalho: faça um resumo do conceito de literatura indígena, perpassando a noção de formação de leitores multiculturais, a partir da leitura do texto acima. Outros textos e perspectivas podem ser utilizadas para a formulação do conceito de literatura indígena e para a explicitação da importância de tais textos para formação de leitores multiculturais.


Texto 7. BARRA, Cynthia de Cássia Santos. Objetos míticos americanos: livros dos povos tradicionais e experiências de leitura da autoria indígena no Brasil. Em Tese. Belo Horizonte, v. 22, n. 2, p. 20-32, maio-ago. 2016. Disponível aqui. mediação/debate: Dulce (07.10.21)

Abordagem/Proposta de trabalho: escreva um breve ensaio, com impressões de leitura, sobre os (des)limites do saber e do não saber quando nos colocamos diante da experiência de ler de textos de autoria indígena, a partir da leitura dos dois texto acima. Outros textos e perspectivas podem ser utilizadas para a composição do ensaio.


Atividade 15: Doses poéticas. A aula é aberta (no primeiro horário e no segundo) com a leitura, por um/a discente, de um pequeno poema de sua escolha (no escopo das cartografias literárias da disciplina). O objetivo maior é a fruição e a reação livre. Tempo previsto: 5 minutos. Idealmente, todos devem receber a cópia do poema, com uma foto/imagem e brevíssimas informações biográficas da/o autor/a, bem como a fonte bibliográfica do poema. O uso de slides é recomendado e evitaria a entrega de material impresso aos colegas.


Atividade 16: Para formar leitoras/es, somos leitoras/es. Mediação de leituras literárias. Cada discente-docente escolherá (e enviará ao professor e às/aos colegas, em link ou pdf, até 27.09.21) um conto, crônica e/ou outro gênero literário que não ultrapasse as 30 páginas de texto. Esses textos deverão ser de acesso livre online e/ou em pdf que a/o discente-docente compartilhará com todas/os. Seguem as datas para cada apresentação/mediação, a partir de 30.09.21:


Milena: 30.09.21

Mario: 07.10.21

Rubienes: 14.10.21

Alana: 21.10.21

Fernanda: 04.11.21

Dulce: 11.11.21

Clébia: 25.11.21

Sandra: 18.11.21-1

Noélia: 18.11.21-2

Georgia: 02.12.21

Planejamento 2021.2

(com base nas atividades na coluna à esquerda e no Calendário Acadêmico da UESC)

16.09.21

1ª parte Atividade 1

2ª parte Atividade 5 - planejamento de atividades; Debate com Renato Peruzzo: Literatura LGBTQIAP+

23.09.21

1ª parte Atividades 15, 2 e 6 (Texto 1; Alana)

Doses poéticas: Rubi

2ª parte Atividades 15 e 13

Doses poéticas: Fernanda

Convidada: Cátia Hughes

(professora-poeta)

Orientações importantes:

  • Em geral, todas as atividades (listadas na coluna à esquerda) devem ter um registro escrito de leitura e um relato/contribuição oral em aula

  • As mediações de leitura e debate terão até 10 minutos para a introdução e contextualização da/do mediador/a e até mais 50 minutos para debate (a depender do texto e do andamento das discussões, esse tempo pode ser ampliado)

30.09.21

1ª parte Atividades 15, 7 (apenas reflexões e ajustes) e 6 (Texto 2; Noélia)

Doses poéticas: Milena

2ª parte Atividade 15

Doses poéticas: Clébia

07.10.21

1ª parte Atividades 15 e 14 (Texto 7; Dulce)

Doses poéticas: Alana

2ª parte Atividades 15 e 16 (Milena)

Doses poéticas: Sandra

14.10.21

1ª parte Atividades 15 e 9 - 10 (tópico e convidada/o a definir)

Doses poéticas: Noélia

2ª parte Atividades 15 e 8 (Texto 4; Fernanda)

Doses poéticas: Mário

21.10.21

1ª parte Atividades 15, 16 (Mário) e 8 (Texto 4; Fernanda - finalizar)

Doses poéticas: Dulce

2ª parte Atividades 15 e 16 (Alana)

Doses poéticas: Geórgia

04.11.21

1ª parte Atividades Atividades 15, 11 e 8 (Texto 5; Rubi e Clébia)

Doses poéticas: Rubi

2ª parte Atividade 15

Doses poéticas: Fernanda

11.11.21

1ª parte Atividades 15 e 16 (Fernanda)

Doses poéticas: Milena

2ª parte Atividades 15 e 16 (Dulce)

Doses poéticas: Clébia

18.11.21

1ª parte Atividades 15

Doses poéticas: Alana

2ª parte Atividades 15 e 16 (Noélia) - 10 (tópico e convidada/o a definir

25.11.21

1ª parte Atividades 15, 12 e 4 (Sandra)

Doses poéticas: Sandra

2ª parte Atividades 15 e 16 (Rubi)

Doses poéticas: Dulce

02.12.21

1ª parte Atividades 15 e 6 (Texto 3; Milena)

Doses poéticas: Geórgia

2ª parte Atividades 16 (Clébia) - 10 (tópico e convidada/o a definir)

09.12.21

1ª parte Atividades 16 (Geórgia) e 3 (Isaias) - 10 (tópico e convidada/o a definir)

Dose poética: Noélia

2ª parte Atividade 14 (Texto 6; Geórgia)

16.12.21

1ª parte Atividade 16 (Sandra)

2ª parte Atividade 15

Encerramento (fechar?)


* * * * * * * * * * * *


O que é ensino?

ANTUNES, Irandé. Língua, texto e ensino. Outra escola possível. São Paulo: Parábola, 2011.

BACK, Angela Cristina Di Palma; SCHLICKMANN, Carlos Arcângelo; CARVALHO, Richarles Souza de. (Orgs). Língua e ensino. Criciúma: Unesc editora, 2014.

CASTELLANOS, Samuel Luís Velázquez; CASTRO, César Augusto (Orgs). Livro, leitura e leitor: perspectiva histórica. São Luís: EDUFMA, 2016.

CASTRO, Amélia Domingues de; CARVALHO, Anna Maria Pessoa de. (Orgs.). Ensinar a ensinar: didática para a escola fundamental e média. São Paulo: Thompson, 2001.

COSSON, Rildo. Círculos de leitura e letramento literário. São Paulo: Contexto, 2014. [p.69, entre outras]

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática docente. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GOMEZ, A. I. Perez; SACRISTAN, J. Gimeno. Compreender e transformar o ensino. 4. ed. São Paulo: Artmed. 1996.

LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da escola pública: a pedagogia crítico-social dos conteúdos. 18. Ed. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

MARÍN-DÒMINE, Marta. Traduzir o desejo: psicanálise e linguagem. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2015.

MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, 1986. (Temas básicos da educação e ensino)

NÉRICI, Imídio Giuseppe. Educação e ensino. São Paulo: Ibrasa, 1985. Disponível em: books.google.com.br/books?isbn=8534802017. Acesso em: 02 out. 2014.

PASSMORE, John. O conceito de ensino. Tradução de Olga Pombo com base numa primeira versão de Manuel José Seixas Constantino, aluno finalista da licenciatura em Ensino da Matemática em 1994/95.[...]

RAMOS, Tânia Regina Oliveira; CORSO, Gizelle Kaminski. Literatura e ensino: 9º período. Florianópolis: UFSC/CCE/LLV, 2013.

RAMOS, Tânia Regina Oliveira; CORSO, Gizelle Kaminski. Literatura e ensino II: literaturas de expressão portuguesa e outras linguagens. Florianópolis: UFSC/CCE/LLV, 2011.

RIOS, Terezinha Azerêdo. Compreender e ensinar. Por uma docência da melhor qualidade. São Paulo: Cortez, 2010.

SAINT-ONGE, M. O ensino na escola: o que é, como se faz? 2. ed. Edições Loyola, 2001.

SANTAELA, Lucia. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2014 [2007].

SCHEFFLER, I. A linguagem da educação. São Paulo: Saraiva, 1974.

TERZI, Cleide do Amaral; MARTINS, João Carlos; PIMENTEL, Lucilla da Silveira Leite. (Orgs). Sala de aula. Rio de Janeiro: Wak editora, s.d..

VEIGA, Ilma Passos Alencastro (Org.). Técnicas de ensino: novos tempos, novas configurações. Campinas, SP: Papirus, 2006.

ZILBERMAN, Regina. Que literatura para a escola? Que escola para a literatura? In: Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo – v.5 – n. 1 – p. 9-20 – jan/jun, 2009.






Dinâmicas de grupo

1. Cadeiras frente a frente, um dos lados se move (questões sobre literatura)

2. Palavras-chave em um envelope: para rápida reação - 1 minuto - que pode incluir: conceituar, opinar, informar, polemizar, recusar, questionar etc

3. Escrita colabormediaativa: Um dia muito estranho e fantástico em minha vida

4. Galeria poética (poetical reaction)

5. Perguntas em pedaços de papel... música... circular... balões

6. Escrita "controlada" de um poemeto

7. Desenhar o poema ou conto

8. Diferentes tons e entonações

9. Dar títulos a poemas

10. Versos misturados

11. Muitos livros sobre a mesa; perguntas...

12. História ilustrada: combinar imagens e textos

13. Poemas numa caixa

Contos Infantis Ilustrados

Memória Minicurso: “Alteridades e revisões metodológicas na pesquisa e no ensino de literaturas” 16.09.15 - clique aqui

Memória Palestra com Laurenci Barros Esteves (UFC): "Referenciação e ensino: a Linguística Textual em sala de aula" (2016.1)



Para uma estética da defecação

Isaias Carvalho (1999)


Abaixo os cânones!

Elejo os cães e seus dejetos

o modelo do projeto moderno.

Abaixo os cânones!

Elejo o ânus e a merda

as formas belas maiores, as musas.

No horizonte,

o buraco negro da criação.



______________________________________________________________________________________________




Produção Literária de Isaias Carvalho aqui

Produção Acadêmica de Isaias Carvalho aqui

O que é PROFLETRAS? #

Universidade Estadual de Santa Cruz #

Fichamentos Diplomáticos #

O Artigo Científico #


https://www.youtube.com/watch?v=geQl2cZxR7Q

4 de jul de 2009 - Vídeo enviado por Olavo Augusto

Animação conta a história de Nina, uma menina que não gostava de ler, mas que, ao se deparar com o ...

https://www.youtube.com/watch?v=mvekE_X3IjM

30 de nov de 2014 - Vídeo enviado por Fabiana Pinto

Vídeo recomendado para trabalho com leitura em sala de aula. Possível para o trabalho com todas as faixas ...