Tratores‎ > ‎

Minneapolis-Moline UDLX


    Durante a história, muitos foram os casos de fabricantes de automóveis que produziram tratores tais como Ford, Porsche, GMC e também o muitos os casos de fabricantes de tratores que produziram automóveis de passeio, como John Deere, International, Harvester. O grande chamariz do Minneapolis-Moline UDLX Comfortractor é que, diferentemente dos casos acima, ele foi uma tentativa de unir os dois mundos em um só veículo. Apesar de não ter sido a primeira tentativa nesse sentido, ele destaca-se pelo design e pelo desempenho oferecido. O projeto começou a ser desenvolvido em 1935, pois percebeu-se que mais de 50% dos produtores rurais da época preferiam tratores com cabine fechada. Contudo, a Minneapolis-Moline foi mais longe, pois desenvolveu o modelo de forma que pudesse ser usado para o trabalho durante a semana, e para passeio nos finais de semana.


A Minneapolis-Moline era uma empresa à frente de seu tempo: enquanto fabricantes como John Deere apenas começavam a buscar carrocerias mais modernas, a Moline já apresentava o modelo UDLX, um trator com estilo alinhado ao dos automóveis da época.


    Definidos os objetivos, o projeto começou a ser desenvolvido. A base utilizada foi a do trator Model U, que tinha um entre-eixos de 2507mm e tinha um chassi constituído por um chassi semiperímetral onde o eixo dianteiro e o motor eram fixados em um subchassi de aço de 1”x6”, com a estrutura traseira do trator sendo composta pelo conjunto formado pelo eixo traseiro e pela transmissão, sem a presença de nenhum tipo de sistema de suspensão entre os eixos e o chassi. Neste chassi, foi colocada uma carroceria do tipo streamline , grade estilizada, para-brisas, uma porta na traseira e um painel completo com velocímetro, medidor de combustível, temperatura de óleo e temperatura de água, porta-luvas e acendedor de cigarros. Além disso, outras comodidades como sistema de ar-condicionado, luz interna e espelho retrovisor com relógio integrado. Os bancos contavam com um estofamento de nível razoável, tendo o veículo ainda forração no teto e nos para-sóis.

O interior do UDLX era luxuoso se comparado ao de tratores da época e mesmo se comparado a tratores dos 30 anos seguintes.


    Enquanto o interior recebeu um cuidado especial, a mecânica permaneceu quase a mesma do Model U, com exceção dos rolamentos, que no Model U eram do tipo insert e no UDLX do tipo babbitt. A caixa de transmissão não possuía sincronização, sendo um modelo de cinco marchas à frente e uma a ré onde a quinta marcha possuía relação de transmissão direta. Esta transmissão contava com um alojamento especial e também uma segunda alavanca de câmbio que desacionava as quatro primeiras marchas, reduzindo a intensidade das vibrações vindas do motor em cerca de um quarto, bem como também era um sistema bypass que permitia ao motor ultrapassar o limite de giros normal de 1785rpm.

O motor era o mesmo utilizado no trator Model U, mudando apenas o sistema de transmissão.


O design era um dos diferenciais do modelo, pois seguia a tendência streamline que imperava na época.

    Como trator, o UDLX era quase tão bom quanto o Model U, que era um trator excepcional para a época. Como veículo de passeio, pois o fato de não possuir suspensão fazia até o mais duro carro de corrida parecer confortável. A troca de marchas requeria prática devido ao câmbio não-sincronizado, mas surpreendentemente o veículo fazia curvas bem, devido ao pequeno entre-eixos e ao sistema de direção Ross, sendo tão fácil de manobrar quanto um automóvel da época. O nível de ruído era extremamente alto, mesmo com o paliativo do desligamento das marchas mais reduzidas, e também o interior era muito quente pois o calor do motor não era bem isolado da cabine.

O UDLX contava apenas com a porta traseira, o que dificultava o acesso ao interior da cabine.


    Em trabalho, a velocidade máxima do UDLX ficava em cerca de 40 km/h, no mesmo nível dos tratores mais velozes da época, mas quando operava na quinta marcha chegava até os 65 km/h. Na época essa velocidade só foi obtida pelos tratores Graham-Paige que utilizavam os motores de seis cilindros dos automóveis da marca. Apesar da velocidade considerável, o sistema de freios ainda era muito parecido com o dos tratores convencionais, com tambores apenas nas rodas traseiras, que apesar do tamanho (tinham 16” de diâmetro) eram incapazes de parar com eficiência os quase 3000 kg do trator.

    O UDLX foi lançado em 1938 para um público de cerca de 12.000 fazendeiros, mas apenas 150 unidades foram produzidas, sendo 10 construídas sem a cabine numa espécie de versão roadster, entre maio e novembro de 1938, custando US$ 1900,00, numa época onde um trator equivalente custava cerca de US$ 1000,00, e um Ford Deluxe Tudor sedan custava US$ 725,00. Dessas 150, cerca de 100 foram vendidas, tendo as outras 50 sido retornadas à forma do Model U. O baixo desempenho comercial do UDLX, deveu-se a vários motivos, principalmente o alto preço, ainda se considerar-se que os Estados Unidos estavam recuperando-se da Crise Econômica de 1929, e também ao fato de os proprietários rurais daquela época considerarem qualquer um que utiliza-se um trator desse tipo como sissy, ou em bom português, um maricas. De qualquer forma, das 100 unidades comercializadas, estima-se que cerca de 80 sobrevivem até hoje, sendo que cada um pode chegar a custar US$ 110.000,00, se devidamente reformado.


Um dos raros modelos UDLX sem cabine fabricados.


Ficha técnica


Modelo

UDLX Comfortractor

Fabricante

Minneapolis-Moline

MOTOR

Localização

Dianteiro, longitudinal

Tipo

Gasolina, 4 cilindros em linha

Cilindrada

4649 cm3

Diâmetro x Curso

107,95mm x 127,00mm

Taxa de compressão

5,6:1

Alimentação

Carburador Schebler de fluxo ascendente, com bomba de combustível mecânica.

Potência

41,5HP a 1275 rpm

Torque

Não disponível

TRANSMISSÃO

Manual, tração traseira, cinco marchas

SUSPENSÃO

Dianteira: não há.

Traseira: não há.

DIREÇÃO

Mecânica, do tipo Ross com came e alavanca

FREIOS

Tambor apenas nas rodas traseiras.

RODAS E PNEUS

Rodas de aço aro 16 e tala 5 e pneus Firestone radiais 6,00x16 na dianteira e rodas de aço aro 34 e tala 8 e pneus Firestone radiais 380/85 R34 na traseira.

CARROCERIA E CHASSI

Estrutura semiperimetral com placas e trilhas de aço formando a dianteira e com a transmissão e eixo traseiro formando a estrutura traseira. Carroceria do tipo streamline em aço, uma porta, dois lugares.

DIMENSÕES E PESO

Comprimento

3581 mm

Largura

1956 mm

Distância entre-eixos

2057 mm

Peso

2903 kg

Porta-malas

Não disponível

DESEMPENHO

Velocidade máxima

65 km/h

Aceleração de 0 a 100 km/h

Não disponível

Consumo de combustível

Não disponível

Preço

US$1.900,00 (em 1938)


Comments