O Parque‎ > ‎

As trilhas

As trilhas no parque...

Existem cinco trilhas de acesso ao Conjunto Marumbi: Noroeste, Crista do Gigante, Frontal, Facãozinho e Rochedinho. A trilha da Crista do Gigante, a trilha do Facãozinho e a trilha do Rochedinho encontram-se interditadas; estas em função de recuperação ambiental do caminho e aquela devido à sua exposição ante abismos e desfiladeiros. Atualmente (março de 2.002) estão abertas apenas as outras duas. Essas vias foram definidas entre 1938 e 1942 utilizando-se divisores de água e fundos de vale, acessos lógicos.

As trilhas são marcadas com fitas plásticas amarradas nas árvores, na cor da respectiva trilha, sinalizando o caminho. Em determinados pontos existem setas de aço fixadas na rocha indicando a direção da trilha ou de bifurcações. Existem ainda fitas plásticas listradas de amarelo e preto, que são utilizadas para indicar a interdição daquela passagem ou caminhos errados ou perigosos.

Por favor, não arranque as fitas e não danifique a sinalização. Ela é importantíssima para orientar pessoas que não conhecem a trilha.

As trilhas Frontal e Noroeste partem da estação Marumbi (460 m.) e chegam ao cume do Olimpo (1.539 m.). Esse desnível é de cerca de 1.100 m. As trilhas não sobem em curva de nível devido às características do relevo, por isso sua inclinação é bem acentuada.

O tempo de subida varia de acordo com o preparo físico de cada um, sendo comum não se conseguir alcançar o cume a tempo e ter que iniciar a descida, sob o risco de perder o trem da volta, que parte do Marumbi às 16:30 hrs.


As trilhas seguem, na maior parte do tempo, dentro da floresta, sobre raízes e rochas. São estreitas, com predominância de solos rasos e matéria orgânica. Em determinados locais existe exposição completa sobre abismos; em outros a subida só é possível com o auxílio de correntes ou escadas (degraus) de ferro fixado nas rochas.

Desde 1996 as correntes estão sendo substituídas por degraus de aço para maior segurança e conservação da trilha. Nos mais recentes trabalhos de recuperação das trilhas, em trechos críticos foram instalados degraus de madeira para recuperação de platôs bem como corredores de cordas, para apoio e fixação das raízes e árvores utilizadas no caminho. Não danifique estas instalações, pois são necessárias para a conservação do caminho.


Noroeste

Antes de chegar ao cume do Olimpo esta trilha dá acesso aos cumes do Abrolhos, da Esfinge, da Ponta do Tigre, da Torre dos Sinos e do Gigante. É a mais cansativa das trilhas (nível pesado) tendo o tempo médio de ascensão variando de 3:30 a 4:30 hrs até o topo.
A trilha é sinalizada com fitas e setas vermelhas.


Frontal

Passa pela Cachoeira dos Marumbinistas e vai direto ao cume do Olimpo. O nível da trilha é médio-pesado e pode ser feita em 2:30 a 3:30 hrs.
A trilha é sinalizada com fitas e setas brancas.