O Parque


   O Parque

O Parque Estadual Pico do Marumbi (dec.est.Nº 7.300 de 24/09/1990) é uma Unidade de Conservação do Estado do Paraná.

O Parque tem a finalidade de perpetuar a riqueza biológica e a beleza cênica, conjugando a preservação com o desenvolvimento de atividades educativas, pesquisas científicas e estabelecer novos critérios de lazer orientado e consciente. A sua área é de 2.342 hectares.


O parque é administrado pelo Governo do Estado do Paraná através do IAP - Instituto Ambiental do Paraná, vinculado à SEMA - Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. A função da administração é levada a efeito através de um plano de manejo elaborado pela DIBAP - Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas e pelo DUC - Departamento de Unidades de Conservação.

A Administração do Parque tem, como objetivo principal, estabelecer critérios adequados de uso, procurando conciliar a prática do montanhismo com a efetiva preservação/conservação do meio ambiente. Além disso, pesquisas científicas em diversas áreas garantem subsídios para o correto monitoramento de todos os aspectos pertinentes ao parque tais como: clima, geomorfologia, botânica, zoologia e trabalhos de recuperação ambiental, contenção de erosão, conservação de trilhas e atendimento público de resgate em montanha.

Incluem-se dentro do perímetro do parque: parte da Ferrovia Paranaguá-Curitiba, um segmento do Caminho do Itupava, a região do Conjunto Marumbi, toda a Serra Marumbi e parte dos mananciais d'água que abastecem Curitiba. O acesso ao parque é feito principalmente pela Ferrovia Paranaguá-Curitiba, podendo também ser feito a pé pelo Caminho do Itupava ou pela estrada que liga Porto de Cima a Engenheiro Lange.

Conjunto Marumbi

O Conjunto Marumbi ou Serra Marumbi é formado pelas montanhas: Olimpo (1.539 m.), Boa Vista (1.491 m.); Gigante (1.487 m.); Ponta do Tigre (1.400 m.); Esfinge (1.378 m.); Torre dos Sinos (1.280 m.); Abrolhos (1.200 m.); Facãozinho (1.100 m.) e pelo Morro Rochedinho (625 m).

A maioria destes picos é separada por diques de diabásio com orientação azimutal. É o caso da separação entre a Torre dos Sinos e o Abrolhos, chamada Desfiladeiro da Catedral e entre a Ponta do Tigre e a Esfinge, Desfiladeiro das Lágrimas.

desenho de Marcia Foltran, 1994.



Vindo de trem ao Marumbi


Avise o chefe do trem que você descerá no Marumbi;
Não colocar a cabeça ou os braços para fora da janela do trem. Existem pontes e pedras que passam rente ao vagão. Evite acidentes
Com tempo chuvoso as trilhas no parque estarão fechadas para maior segurança e conservação. Informe-se pelo telefone (041) 3462-3598, telefone comunitário instalado na administração do parque.
Aguarde o trem parar totalmente antes de desembarcar. Não arrisque. Várias pessoas já se machucaram ao descer antes do trem parar completamente.

Ao chegar no parque...


Passe primeiro na administração do parque e preencha o CADASTRO DE VISITAÇÃO. Este é um procedimento fundamental para sua segurança. Nos ajude a ajudá-lo!
Aproveite para se informar a respeito das condições das trilhas, escaladas e de áreas interditadas para recuperação ambiental;
Informe, imediatamente, ao seu grupo sobre as regras de uso do parque e normas de segurança;
Lembre-se: não é permitido o acampamento nos cumes do conjunto, retirar plantas e animais silvestres do seu habitat natural, fazer fogueiras, ou seja; procure desfrutar seu lazer com o mínimo impacto ambiental.


O Cadastro de Visitação

O CADASTRO DE VISITAÇÃO é o meio pelo qual a administração poderá acompanhar e atender a visitação no parque, coletando dados fundamentais para a correta intervenção nos diversos aspectos pertinentes da administração de áreas naturais. Um dos aspectos é a segurança.

É através do cadastro que poderemos mobilizar o cosmo para realizar o resgate de visitantes em perigo, seja por uma queda na montanha, um grupo perdido ou apenas auxiliar na travessia de um rio. É ainda através deste cadastro que garantiremos dados exatos quanto ao número de visitantes e onde se encontram escalando
É este procedimento que tem evitado acidentes e garantido um atendimento personalizado, preocupado em garantir a preservação do parque estadual e a segurança do visitante.