Projeto de pesquisa

O Processo de Aprendizagem nas Ciências da Saúde: Um enfoque Metacognitivista


Descrição:


     O projeto visa investigar o processo de aprendizagem no ser humano, com ênfase especial na área da saúde. Neste sentido seu campo de atuação estende-se por ambientes hospitalares e ambulatoriais, e também por aqueles mais acadêmicos tais como salas de aula, simulações de procedimentos e contextos de educação à distância.  Os sujeitos da pesquisa podem ser estudantes e profissionais da saúde, assim como clientes destes serviços. Neste sentido, entende que o cuidado à saúde implica, pelo menos em parte, no aprendizado de novos hábitos de vida. Interessa-se pela motivação, formas de raciocínio, hábitos e fontes de estudo e estratégias de aprendizagem. Além disto procura aplicar os conhecimentos resultantes dos estudos, implementando algumas de suas aplicações. Faz uso de metodologia quantitativa e qualitativa, a depender da natureza do tema específico da pesquisa e de suas questões norteadoras. Neste sentido pode trabalhar tanto com métodos estatísticos, como com análise do discurso. Por isto suas técnicas de coleta de dados variam. Podem ser questionários, escalas e testes psicométricos,  como também entrevistas semi-estruturadas, filmagens e observação participante. De forma geral, seu método aproxima-se da Fenomenologia e seu referencial teórico fundamenta-se principalmente nos autores cognitivistas. Dentre estes em particular, aqueles oriundos do movimento metacognitivo. Metacognição é um termo cunhado por Flavell para definir o conhecimento sobre os processos e produtos cognitivos. Abrange ainda qualquer forma de monitorização do sistema cognitivo e emocional. A metacognição como proposta educacional , é um movimento relativamente novo e incide sob um aspecto ainda pouco trabalhado em termos do ensino - aprendizagem; a consciência. Assim é que consciência é um conceito chave em nossos estudos, mais especificamente,  a consciência dos processos cognitivos e emocionais de aprendizes em situação de aprendizagem.   Para os metacognitivistas quando aprendizes tornam-se mais conscientes de sua própria aprendizagem, esta se torna melhor. Esta consciência deve incluir conhecimento do como, porque e para que estão a aprender. Metacognição é então um discurso de segundo nível sobre o processo de aprendizagem. É também uma proposta educacional.

Sub-projetos:


1- O Processo de Aprendizagem em ambientes presenciais


Objeto

Metacognição, estilos de aprendizagem e motivação na atuação do aprendiz em seu cotidiano de estudo

Questões de estudo
  • O que que é estudar e aprender do ponto de vista do estudante ?
  • Como se dá o aprendizado do proceso diagnóstico em enfermagem e fonoaudiologia ?
  • Qual o efeito das diferenças individuais no desempenho acadêmico e atuação profissional do estudante ?

Metodologia e Técnicas de pesquisa

Análise de conteúdo e métodos quantitativos. Entrevistas semi-estuturadas e testes psicométricos

2- O Processo de Aprendizagem em ambientes virtuais


Objeto

Metacognição, interação e estratégias de aprendizagem em ambientes de aprendizagem formal e informal

Questões de estudo
  • Como a metacognição se expressa em registros escritos ?
  • Quais são e como se expressam as estratégias de aprendizagem em ambientes de aprendizagem informal ?
  • A expressão metacognitiva potencializa a interação em ambientes informais ?
  • Quais são as dificuldades e como se dá a transição para ambientes virtuais formais de aprendizagem de estudantes habituados ao ensino presencial?

Metodologia e Técnicas de pesquisa

Análise de conteúdo e métodos quantitativos. Entrevistas semi-estuturadas, análise de conteúdo das interações em espaços de comunicação online