MISSÃO

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA busca prevenir acidentes e doenças causadas pelo trabalho, preservar a vida e promover a saúde do trabalhador da Unicamp.

HISTÓRICO

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA originou-se com a OIT (Organização Internacional do Trabalho) , fundada em 1919, que organizou em 1921 um Comitê para estudos de assuntos de segurança e higiene do trabalho e de recomendações de medidas preventivas de doenças e acidentes do trabalho que passariam a ser adotadas pelos países de acordo com o interesse de cada um em promover as condições de trabalho de seu povo.

No Brasil esta recomendação foi atendida, parcialmente, por meio do Art. 82 do Decreto –Lei 7036, de 10 de novembro de 1944 e este ano completa 70 anos de existência. A CIPA surgiu quando a sociedade e alguns empresários com inicio da industrialização, na década de 50, detectaram a necessidade de se fazer alguma coisa para prevenir acidentes de trabalho no Brasil, *“a única preocupação real era a perda de tempo e os prejuízos causados pelos acidentes ao empregador. “

Nas décadas de 60/70 começaram a se sobressair os conceitos de prevenção e higiene ocupacional, que ganharam um impulso maior com a classificação do Brasil como “Campeão Mundial de Acidentes de Trabalho”, em plena ditadura militar. Assim mesmo, o país só veio a ter uma legislação ampla e articulada, voltada para a prevenção, apenas no final dos anos 70, após forte desgaste da imagem do país a nível internacional e da opinião pública nacional.

CIPA UNICAMP

Na Unicamp a CIPA foi criada com a Portaria GR-108/1983, de 19/04/1983, que constituiu uma Comissão de Ativação das CIPAs, composta de 5 membros, que apresentou no prazo de trinta (30) dias, uma proposta de regulamentação das CIPA's, para o campus Campinas, Limeira e Piracicaba.

A primeira diretoria da CIPA, tomou posse em, 03 de julho de 1984. O Sr. Nelson Antonio Pereira Camacho foi nomeado o primeiro presidente da CIPA Unicamp e na sequência tivemos os seguintes presidentes: Alexandre Benedito Novaes; Manoel Guilherme da Silva Mello; Antônio Bliska Júnior; Juarez Candido (Vice-Interino); Raul Fernando Dada (in memorian); Pedro Leone Luporini dos Santos; Azuir Ferreira Tavares Filho; Luís Augusto Passoni Ferreira; Jacques Gama; Celso Ribeiro de Almeida; Genésio Jatobá; Rosângela Maria Galante Martinhago; Francisco Genésio Lima de Mesquita e o atual Aldo Gomes Santos.

SIPAT

Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho

CAMPANHAS CIPA

Consciência Negra II

Fome de viver

A fome vem do direito de comer

A dor vem do desejo de viver

Toda lágrima que cai

Todo sonho que se vai

Toda culpa, é minha culpa, o meu querer.


O negro que sou eu

Que desapareceu

Em frente ao seu caminho

Algo que diz: não é meu


Sou negro, forte, preto

Zulu, com respeito.

Raça que liberta

Do seu preconceito.


A glória vem do desejo de vencer

A conquista muitas vezes no ceder

Todo sorriso que sai

Não olhar para trás

Toda minha, minha conquista, o meu poder.


Prof. Dr. Everton Rocha Soares

Compositor, poeta, coautor (com sua mãe) dos livros de poesia Encontros em Versos I e II. É Professor de Educação Física e leciona no curso de Educação Física da UFOP. Suas poesias trazem o cotidiano e diferentes sentimentos de forma simples e sutil.

https://www.adufop.org.br/post/consciência-negra-ii


ENDEREÇO DA CIPA UNICAMP

Praça das Bandeiras, nº 45 - Prédio DGA Fundos - Cidade Universitária, Campinas - SP, 13083-872