ASSOCIAÇÃO ALAGOANA DE CICLISMO

PASSEIOS DE CULTURA NO CICLISMO E TRIATHLON ALAGOAS

NOTÍCIAS

Querem conhecer um pouco da nossa história e cultura? Venha pedalar conosco que é bom demais!

Por incrível que pareça, muita gente não sabe por quantos lugares históricos, bonitos e famosos por onde passamos e que seria necessário apenas olharmos para os lados durante o percurso dos nossos Passeios Ciclísticos ou mesmo olhando através do Google maps podemos ver melhor a descrição desses elementos. Segue, por exemplo, a descrição dos locais que passamos durante um dos nossos percursos mostrados a seguir:

Pra variar, o nosso percurso foi o de sair da nossa Praça dos Ciclistas (Corredor Cultural Vera Arruda do lado da praia) às 20 horas em direção ao Centro da Cidade através de nossa orla e passando pelo Iate Clube Alagoinhas, pela Praça dos Sete Coqueiros, pela feirinha de Artesanato da Pajuçara, pelo Iate Clube Pajuçara, pela Balança de Peixe da Pajuçara, pelas Piscinas naturais de Pajuçara, pela Praça Rampa do Skate, pela Praça Multieventos, pelo Colégio da Imaculada Conceição, pelo Memorial Teotônio Vilela, pela Administração do Cais de Porto de Maceió, pelo Arquivo Público de Alagoas, pela Federação Alagoana de Vela e motor, pela réplica da Estátua da Liberdade feita pelo mesmo escultor da existente no EUA, pela Associação Comercial de Maceió, pela Receita Federal, pelo Maracatu Baque Alagoano, pela Praça Marcílio Dias, pela Capitania dos Portos (Marinha), pela Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas, pelo Monumento e Museu da República, pelo Coreto de Jaraguá, pelo Museu Theo Brandão, entramos na Praça Sinimbú, pela Secretaria de Infraestrutura da Prefeitura Municipal de Maceió, passamos em frente da Igreja da Catedral, Praça Dom Pedro Segundo (Assembleia Legislativa), da Agência Central dos Correios e Telégrafos de Maceió, da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, da Casa da Palavra, da Igreja dos Martírios, do Palácio do Governo, do Museu do Palácio Floriano Peixoto, do Museu de Arte Sacra Pierre Chalita, da Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas, da CUT - Central Única dos Trabalhadores, seguimos em direção à Cambona, depois para Bebedouro, passamos em frente da Secretaria Municipal de Educação de Maceió, da Igreja Nossa Senhora do Bom Parto, do Instituto de Meio Ambiente de Alagoas - IMA/AL, da Casa de Saúde Miguel Couto, do Colégio Bom Conselho, entramos na Rua Dr. Passos de Miranda, para subirmos uma ladeira lateral da ladeira conhecida como "do Calmon", e chegarmos no Bairro do Farol pelo Conjunto Residencial Parque Freire Ribeiro, pegamos pela Rua Belo Horizonte (Rua Prof. José da Silveira Camerino) e seguimos até sairmos na Av. Fernandes Lima, passamos na Passarela do CEPA, no Centro Educacional do Estado de Alagoas - CEPA, no Instituto Zumbi dos Palmares - IZP, no Tribunal de Contas do Estado de Alagoas, na Praça do Centenário, entramos na Av. Moreira e Silva, depois na Rua Comendador Palmeira, Av. Dom Antônio Brandão (Colégio Marista de Maceió), Ladeira Geraldo Melo, Rua Ignácio Calmon, Rua Jorn. Jaime de Amorim Miranda, Av. Comendador Leão, Escola SESI/SENAI, Maternidade Escola Santa Monica, Av. Dona Constança, Praça da Bíblia, no Maceió Shopping, Procuradoria Geral Federal do Trabalho, Av. Alm. Álvaro Calheiros, Av. Álvaro Otacílio até a nossa Praça dos Ciclistas (Corredor Cultural Vera Arruda do lado da praia).

Com esse percurso, vale a pena lembrar daquela música (aquarela do Brasil) que começa assim: vejam, essa maravilha de cenário, é um episódio relicário, que o artista num sonho genial...

Descrição de Antônio Facchinetti, Engenheiro Civil e especialista em transportes e adora pedalar.