Dura Verum, Sed Verum

O competente cerca-se dos MAIS competentes. Já o esperto cerca-se dos MENOS espertos.

Jacinto Murowaniecki


Os Brasileiros podem ser agrupados em duas categorias: bandidos e vítimas. Difícil é chegar ao consenso sobre qual das duas categorias atualmente constitui maioria.

Na esfera pública, as impropriedades acontecem todos os anos não aos milhares, mas aos milhões de vezes. Políticos roubam. Apadrinhados roubam. Juízes roubam. Ministros roubam. Presidentes roubam. Administradores roubam. Funcionários roubam. Até merendeiras, faxineiras, motoristas roubam. Na esfera privada é parecido. É o cidadão que bebe e dirige, que faz uma "gato" de água ou luz, que sugere uma "cervejinha" em troca de uma multa, que paga por um lugar na fila, que vende seu voto, que vota no bandido por qualquer vantagem pessoal. Sem falar nos saques de cargas na presença do caminhoneiro esvaindo em sangue, nos roubos de carga em que uma comunidade toda participa, no acobertamento do errado.

Quem tem o poder de mudar essa realidade parece não resistir à tentação. Troca sua alma e a vida dos outros por privilégios. Procuradores, Desembargadores, Juízes, Fiscais, Policiais, Professores. Aparentemente nenhuma categoria está imune. Lançam os cidadãos aos abutres em troca de gratificações, por um cargo para a esposa(o) e para as filhas(os), por um extra-teto, até por um simples reajuste salarial.

Não podendo ainda abraçar a causa por inteiro, no momento os objetivos do site Duraverum são:

1 - denunciar, com a apresentação de provas, improbidades ocorridas no âmbito das Instituições Públicas, com ênfase no Senado Federal;

2 - denunciar o alinhamento das administrações para com os objetivos espúrios do crime organizado que tomou conta do governo;

3 - preservar e divulgar documentos históricos;

4 - divulgar conhecimentos que impliquem em melhor segurança para o cidadão.

Temas relacionados a Improbidade

No link "Desinformação no Senado Federal", entenda como agentes públicos utilizam de conhecimentos de Inteligência para evitar a apuração de denúncias e assediar os denunciantes.

No link "Whistleblower", entenda porquê o denunciante de boa fé é figura quase inexistente no Brasil. Saiba quem é o cidadão que os maus políticos odeiam, e porquê.

No link "A Contrainteligência no Senado Federal", a história completa sobre a atividade naquele órgão. Como e porquê começou. As sabotagens à Operação Lava-jato. A operação Métis. Detalhes sobre os equipamentos, o que são e para que servem.

No link "MPF - avalista da improbidade?", detalhes sobre como o Ministério Público Federal é utilizado como instância em prol da improbidade, uma situação que também afeta o TCU e Justiça Eleitoral.

No link "Previdência", como é inglória a luta para evitar que os recursos dos trabalhadores sejam desviados e roubados.

Temas relacionados a Fatos Históricos

No link "Documentos Confidenciais", o que a recuperação de uma pequena pasta de documentos que estava a caminho da destruição poderia revelar? Descubra.

No link "Marcha dos Cem Mil do ano de 1999", algumas fotos tiradas por ocasião daquele importante evento, a partir da rampa do Congresso Nacional.

Temas relacionados a Segurança

No link "Chave criptográfica vinculada", aprenda um método que lhe possibilitará elaborar milhares de senhas diferentes e seguras, sem que seja necessário decorar ou utilizar qualquer software de gestão de senhas.

A regra do presente site é a transparência. Todos os documentos aqui publicados possuem origem comprovada e podem ser auditados. Os links são periodicamente verificados, mas eventualmente algumas fontes externas podem estar indisponíveis. O conteúdo das páginas aqui indexadas é dinâmico, ou seja, pode ser alterado a qualquer momento para atualização ou correção de informações. O site foi elaborado em fevereiro de 2017 e disponibilizado em 06 de março do mesmo ano. A última alteração de conteúdo foi realizada em 09 de junho de 2018. Autorizo a cópia do conteúdo no todo ou em parte, desde que citada a fonte e o autor.