Dura Verum, Sed Verum

O competente cerca-se dos MAIS competentes. Já o esperto cerca-se dos MENOS espertos.

Jacinto Murowaniecki


Os Brasileiros podem ser agrupados em duas categorias: bandidos e vítimas. Difícil é chegar ao consenso sobre qual das duas categorias atualmente constitui maioria.

Chegamos à conclusão de que o objetivo de nossos governantes é roubar. Roubar, roubar, roubar, até não sobrar nada. Quando o dinheiro acaba, aumentam impostos para poderem continuar roubando. Para viabilizar tal objetivo, enganam, mentem, provocam o caos, defendem bandidos, invasões, saques, pilhagens. Ajudam na proliferação de suas crias, os ladrões, os assassinos, os parasitas.

Na esfera pública, as impropriedades acontecem todos os anos não aos milhares, mas aos milhões de vezes. Políticos roubam. Apadrinhados roubam. Juízes roubam. Ministros roubam. Presidentes roubam. Administradores roubam. Funcionários roubam. Até merendeiras, faxineiras, motoristas roubam. Na esfera privada é parecido. É o cidadão que bebe e dirige, que faz uma "gato" de água ou luz, que sugere uma "cervejinha" em troca de uma multa, que paga por um lugar na fila, que vende seu voto, que vota no bandido por qualquer vantagem pessoal, que saqueia cargas, que compra sua aposentadoria, que mente para receber benefícios.

Quem tem o poder de mudar essa realidade parece não resistir à tentação. Troca sua alma e a vida dos outros por privilégios. Imoral, mas legal. Ministros, Procuradores, Desembargadores, Juízes, Fiscais, Policiais, Professores. Aparentemente nenhuma categoria está imune. Lançam o cidadão aos abutres em troca de gratificações, de um cargo para si, esposa ou parente, por um extra-teto. Se vendem até por um reajuste salarial menos injusto.

Não podendo ainda abraçar a causa por inteiro, no momento os objetivos do site Duraverum são:

1 - denunciar, com a apresentação de provas, improbidades ocorridas no âmbito das Instituições Públicas;

2 - denunciar o alinhamento das administrações para com os objetivos espúrios do crime organizado que tomou conta do governo;

3 - denunciar a ineficiência e ineficácia dos meios de fiscalização e correição, meios estes que conduzem as denúncias recebidas ao fracasso;

4 - preservar e divulgar documentos históricos;

5 - divulgar conhecimentos que impliquem em melhor segurança para o cidadão.

Temas relacionados a Improbidade

Como os agentes públicos utilizam de conhecimentos de Inteligência para evitar a apuração de denúncias.

Os mecanismos utilizados para evitar as denúncias de improbidade administrativa

Porquê o denunciante de boa fé é figura quase inexistente no Brasil. Conheça o cidadão que os políticos corruptos odeiam, e entenda porquê.

A história completa sobre a atividade. Como e porquê começou. As sabotagens à Operação Lava-jato. A operação Métis. Detalhes sobre os equipamentos, o que são e para que servem.

Entenda como o Ministério Público Federal se torna instância em prol da improbidade.

O inglório destino do trabalhador que luta pelos seus direitos: a morte

Como os servidores foram e estão sendo roubados. O que resta fazer para reaver seu dinheiro.

Temas relacionados a Fatos Históricos

O que a recuperação de uma pequena pasta de documentos a caminho da destruição pode revelar?

Fotos tiradas por ocasião daquele importante evento, a partir da rampa do Congresso Nacional.

Temas relacionados a Segurança

A segurança ao alcance de todos. Aprenda a elaborar milhares de senhas diferentes e seguras, sem que seja necessário anotar, decorar, nem utilizar qualquer software de gestão de senhas.

Sobre o Autor