Arte-enlevo

A arte pela arte como no axioma do romantismo e do clacissismo é válido e pode ainda suscitar muito debate, discussão e, sobretudo, expressão artística muito relevante. Proponho, no entanto, uma arte-enlevo, uma arte em que fosse transpassado o atributo de ser simplesmente arte da prática artística.

A arte-enlevo transpassaria a condição de arte, da peça de arte porque estaria em dinamicidade com a estética fenomenológica e representaria expressões artísticas onde se previsse o êxtase, o maravilhoso, o enlevo. Logicamente, a reflexão, a crítica e o humor não deveriam ser relegados ao segundo plano. Mas a arte-enlevo daria prioridade ao alçar pleno do ser humano em níveis espirituais, mentais, psíquicos e do imaginário coletivo.

A paixão pelo sagrado e pelo profano podem ser exploradas igualmente, adequadamente e proveitosamente pela arte, mas a arte-enlevo se propõe ao elevar de mentes, consciências e espíritos tanto de quem a realiza quanto de quem a observa, na pura crítica reflexiva, no puro deleite de sensações e em âmbitos de maior apreciação estética plena.


.


A arte-enlevo considera que toda peça de arte que possui temática, meios, estilo e/ou composição que facilite, exponha, expresse e/ou leve à catarse espiritual ou contemplativa ao observador, espectador é arte-enlevo. A catarse é o primeiro passo para o ato meditativo. O homem e a mulher contemporâneos não se sentam para meditar e o conseguem sem catarse, sem expressar e botar fora toda loucura, todo o stress, toda a ansiedade do mundo atual.

Também leva em conta que o autor, o criador se resguarde e tenha consciência (konspiro de konscienco – conspiração da consciência) de algum modo, em algum momento, se for da compreensão estética do artista, que existe o estado de satori, que é falso, alcançado muito facilmente por quem cria arte, porque para num primeiro plano. A catarse, em si mesmo, não é de modo algum prejudicial ou negativa. A catarse é uma etapa para o ato de meditar, nada mais e nada menos. O espectador não sofre nenhum risco ou perigo. Mas o artista que se dedica de corpo e alma a sua arte precisa tomar cuidado com o satori, que é um lampejo da iluminação e que é falso. A iluminação verdadeira só é alcançada em todos os planos e envolve a Kundalini, o enlevo da Kundalini.

A rigor, qualquer atividade humana, ”profissionalmente” levada a sério, pode possibilitar o satori se for realizada de corpo e alma por um indivíduo, mas os artistas têm maior propensão a que isto ocorra justamente por conta da dedicação exclusiva em todo grau, nível e dimensão que a sua arte configura na vida do pintor, escultor, gravador, escritor, poeta, entre outros.

Mauricio Antonio Veloso Duarte (Sw. Divyam Anuragi)

Eu, Mauricio Duarte, faço parte do World Community Grid. O World Community Grid permite que qualquer pessoa com um computador, smartphone ou tablet doe seu poder de computação não utilizado para promover pesquisas científicas de ponta em tópicos relacionados a saúde, pobreza e sustentabilidade. Através das contribuições de mais de 650.000 indivíduos e 460 organizações, a World Community Grid apoiou 29 projetos de pesquisa até o momento, incluindo pesquisas por tratamentos mais eficazes para o câncer, HIV / AIDS e doenças tropicais negligenciadas. Outros projetos estão procurando por sistemas de filtragem de água de baixo custo e novos materiais para a captura eficiente da energia solar.

Eu, Mauricio Duarte, participo do Efuturo como escritor. Efuturo é uma Rede Social Educativa, Compartilhamento de Conhecimentos, Jogos Educativos, Games Online, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Espaço Literário e Interação Online. Criem jogos EDUCATIVOS sem precisar programar e compartilhe nas: Redes sociais, sites, blogs, Google Sala de Aula e nas Plataformas de EAD que você costuma utilizar. Cadastre seu currículo e use a plataforma para divulgar. Tudo simples, fácil e divertido. Desenvolvido por professores para professores e alunos.