O curso

Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática (MSI)

O cenário atual da área de Informática se caracteriza pela evidência de computadores invadindo todos os setores da sociedade.

A Informática está presente no comércio, na indústria, na área financeira, na área da saúde, na área do ensino e até na vida privada das pessoas. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas/2006, o número total de computadores no Brasil em 2005 era de 24 milhões e a estimativa é de atingir acima dos 30 milhões até 2008. A base instalada nas empresas tem crescido em torno de 20% ao ano.

Inúmeros computadores precisam ser instalados e configurados e necessitam, também, de manutenção preventiva e corretiva. São muitas as oportunidades nesse mercado de trabalho que cresce e muda tão rapidamente. A habilitação, oferecida na Área Profissional de Informática pelo IFRJ, visa atender a essas mudanças, colaborando com a sociedade no sentido de formar pessoal qualificado para suprir essa deficiência existente hoje em dia.

Dado o dinamismo acentuado da área, este curso pretende manter uma flexibilidade para avanços em consonância com a evolução que lhe é inerente. Grande tendência atual é a integração das tecnologias empregadas em televisão, vídeo, áudio, microcomputadores, Internet e telefonia.

Em suma, o Técnico em Manutenção e Suporte em Informática deve ser um profissional capaz de se manter atualizado, absorvendo as inovações tecnológicas, constantemente. Mas importante também é a preocupação com a postura ética deste profissional. A confiabilidade transmitida pela pessoa do técnico e a sua postura ética são fatores decisivos na valorização do profissional de informática. Seja qual for o perfil do cliente, em maior ou em menor grau, dados confidenciais e/ou estratégicos são armazenados em sistemas de informação. A relação do profissional de informática, dessa forma, não se dá apenas com a máquina, mas principalmente com o ser humano.

Ao longo do curso, o técnico formado pelo IFRJ vai desenvolver as seguintes competências.

Verificar o correto funcionamento dos equipamentos e softwares do sistema de informação interpretando orientações dos manuais.

- Organizar atividades de entrada e saída de dados de sistemas de informação.

- Selecionar programas de aplicação a partir da avaliação das necessidades do usuário.

- Analisar os ser viços e funções de sistemas operacionais, utilizando suas ferramentas e recursos em atividades de configuração, manipulação de arquivos, segurança e outras.

- Selecionar o sistema operacional de acordo com as necessidades do usuário.