AVISO IMPORTANTE

A organização do Startup Lab da Google News Initiative agradece todas as inscrições para o programa.

Dada a evolução do coronavírus (COVID-19) no Brasil e colocando a saúde e segurança de todos como prioridade máxima, tomamos a difícil decisão de adiar a realização do Lab.

Assim que tivermos uma nova data para o anúncio das startups selecionadas e o início do programa, entraremos diretamente em contato com todos os inscritos pelos e-mails fornecidos no processo de inscrição.

Seguiremos postando atualizações nesta página.

O Startup Lab da Google News Initiative, criado em parceria com o Insper, uma das instituições de ensino de maior prestígio em negócios, economia e engenharia da América Latina, é um projeto pioneiro no Brasil e no Google para apoiar novas empresas jornalísticas em estágio inicial de desenvolvimento.

Essa iniciativa oferece um programa de imersão de 13 semanas no Google for Startups Campus, em São Paulo, para empreendedores comprometidos com o desenvolvimento de novos produtos inovadores que ofereçam jornalismo de qualidade. O objetivo do Laboratório é contribuir para a aceleração do ecossistema de notícias no ambiente digital, principalmente em mercados emergentes. O programa foi estruturado em parceria com o Insper e o Google for Startups Brasil.

Durante o programa, as startups selecionadas receberão até US$ 20.000 (valor bruto) em financiamento e terão acesso a mentoria, treinamento e workshops sobre assuntos como estratégia, produto, modelos de negócio, vendas e marketing, construção de comunidade e levantamento de fundos.

No final do programa, cada startup terá a oportunidade de apresentar seu pitch para potenciais investidores em um Demo Day. Elas também terão acesso aos recursos do campus do Google for Startups e contato exclusivo com especialistas do Google que podem ajudá-los a criar estratégias digitais de sucesso.


Inscrições Encerradas

O programa está aberto a startups que produzam jornalismo inovador e original e cujos projetos se concentrem em incentivar um ecossistema de notícias mais sustentável. - As startups devem ser constituídas e registradas no Brasil.

Os critérios mínimos de aplicação para qualificação são:

  • Ser uma startup baseada no Brasil com foco em desenvolvimento de produto jornalístico com apuração original ou teor explanatório;
  • No momento da inscrição, ter um produto já lançado no mercado e ativo no momento da candidatura, isto é que já esteja adquirindo ou já possa adquirir usuários. Não há necessidade de geração de receita;
  • Startups compostas por até 4 fundadores, todos maiores de 18 anos. O programa será implementado no Brasil, no Google for Startups Campus em São Paulo. Portanto, os participantes devem ser capazes de falar e escrever em português de maneira eficaz;
  • Os fundadores devem estar disponíveis para participar do programa, estando presentes nas aulas, oficinas e sessões de mentoria realizadas no prédio do Google Campus em São Paulo, Brasil, durante as 13 semanas de duração do programa;
  • Pelo menos um fundador deve ter domínio e habilidades comprovadas em tecnologia (programação, webmaster, UX etc.);
  • Os fundadores devem estar comprometidos em se envolver e contribuir para o crescimento da comunidade do Google Campus e do ecossistema de jornalismo empreendedor;
  • Fundadores e startups não devem ser unicamente ou substancialmente administrados ou operados por qualquer pessoa que seja membro do comitê de avaliação do Startup Lab da Google News Initiative, ou por qualquer pessoa que seja parente imediato ou resida na(s) mesma(s) residência(s) de qualquer uma dessas pessoas.

Cada candidato poderá enviar apenas uma inscrição por rodada. Candidaturas múltiplas para a mesma proposta não serão consideradas.

O Google oferecerá apoio financeiro de até US $ 20.000,00 (valor bruto) por startup para que elas viabilizem parte do desenvolvimento de seus produtos. Para os fundadores das startups residentes fora da cidade de São Paulo, o Google subsidiará passagens e acomodação na cidade durante a duração do programa. Isso estará sujeito a limites determinados pelo Google.

Startups candidatas à participação do programa serão avaliadas pela Equipe de Seleção do programa, composta por profissionais experientes do Google e Google for Startups. A equipe de seleção analisará todas as inscrições, entrevistará os candidatos e fará a seleção dos participantes.

As startups serão avaliadas com base nos seguintes critérios:

  • Proposta de valor clara e bem definida: você pode definir claramente o valor que deseja que sua organização de notícias traga aos seus leitores e / ou à comunidade que você serve? Existe uma necessidade / problema específico de informação que sua organização de notícias se propõe a resolver?
  • Adequação do produto às necessidades do mercado: você tem um público-alvo claro e endereçável? Seu produto está bem posicionado para atender às necessidades de informação dos usuários do seu produto?
  • Qualificação da equipe para executar o proposto pela startup: sua equipe fundadora tem habilidades para executar de acordo com seu plano?
  • Viabilidade de execução: qual é a probabilidade de sucesso e sustentabilidade financeira da startup após o período do Lab? A startup possui um plano de negócios bem desenvolvido e indicadores e métricas de desempenho? A startup identifica os principais riscos e como mitigá-los? Isso reflete um produto preparado para uma execução bem-sucedida?
  • Contribuição para a diversidade, equidade e inclusão no ecossistema de notícias: você pode demonstrar que tem intenção de: i) formar uma equipe diversificada e inclusiva ii) cobrir ou relatar comunidades e problemas sub-representados iii) assumir um compromisso de promover a diversidade, a equidade e inclusão como organização?


Startups que já tenham obtido financiamento de investidores privados ou subsídios públicos são bem-vindas. Esse financiamento pode ajudar a demonstrar interesse precoce pela natureza inovadora de uma startup.