galeria PRESIDENTES

ASSIM COMO “OS CANDANGOS” inseridos em nossa logomarca que traz o Monumento que homenageia operários que atuaram na construção de Brasília, nossos presidentes começaram construindo nossa história há mais de 20 anos atrás, essa passagem é para acolhê-los em suas memórias. Parabéns aos Guerreiros “ABEMECANDANGOS”!

OLHAR para trás e apresentar um relato do que foi a história e as conquistas é, no mínimo, uma visão reducionista do que foram, não é possível “imprimir” no relato a batalha e as dificuldades que nossos antecessores passaram, apenas ilustrar suas conquistas, não é atoa que “Os Candangos” são apresentados como guerreiros.

GRATIDÃO é o que expressamos com essa seção de nosso sítio eletrônico para com os que muito contribuíram, cada um a sua época com seus respectivos desafios e obstáculos, que são aos poucos transpostos.

Gutemberg Rios

Gutemberg é Engenheiro Mecânico graduado pela Universidade de Brasília (UnB), com MBA em Gestão Financeira pela Fundação Getúlio Vargas e Pós-MBA em Valuation pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais – IBMEC.

Profissional com 18 anos de experiência e passagem por conglomerados empresariais, multinacionais e empresas de grande porte atuando tanto na área técnica como na área de gestão. Possui publicações técnicas e científicas na área de climatização, eficiência energética e otimização com desenvolvimento de metodologias de gestão. Realiza palestras de gestão corporativa, gestão de ativos, manutenção preditiva, PMOC, planejamento estratégico, gestão financeira e empreendedorismo.

Atuou como engenheiro responsável pela manutenção de equipamentos e instalações de grande porte no Brasil, e atua em Gestão de Ativos aliada a Manutenção de Instalações e Edificações, principalmente sob a ótica da ABNT ISO 55000.

Entusiasta do potencial brasileiro de geração de riqueza e valor atuou com participação na direção e coordenação de empreendimentos de grande porte da infraestrutura e agronegócios no Brasil e no exterior [Aeroporto Internacional de Brasília, Transposição do São Francisco, UHE Balsa Inferior, Projeto Irrigação SINOP, Projeto EVTEA/ Ferrovia Norte-Sul, Projeto Aeroporto de Rio Branco, Projeto Supervisão FIOL, Projeto Arqueologia Leste-Oeste, Projeto de Transportes Aquaviários, UHE Baguari, UHE Barra dos Coqueiros, UHE Caçu, Usina de Beneficiamento de Níquel da AngloAmerica, Usinas fixas e remotas de concreto, Planta de Refrigeração Industrial]. Com experiência em sensoriamento e monitoramento remoto [IIoT], com otimização da gestão de ativos e manutenção, de Usinas Hidroelétricas [UHE Tucuruí, UHE Balbina, UHE Coaracy Nunes, UHE Caçu e UHE Barra dos Coqueiros]

Atua na área de pesquisa em otimização de funções para interpretação de dados por inteligência artificial e desenvolvimento de tecnologia de resposta para o suporte à tomada de decisão, aliado à ciência de dados e com aplicação em termofluídos, plantas de geração, industrias, instalações e edificações. Bem como em gestão empresarial com aplicação em finanças corporativas.

Em 2009, Gutemberg assumiu seu primeiro mandato como conselheiro regional do CREA-DF [Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Distrito Federal] onde atuou, durante 6 anos, no fomento ao desenvolvimento da engenharia no Brasil, participando de grupos de trabalho para discussão, edição e elaboração de sugestões de resoluções normativas e do projeto de lei PLC 13/2013 que acrescenta parágrafo único ao art. 1º da Lei nº 5.194, de 24 de dezembro de 1966, caracterizando como essenciais e exclusivas de Estado as atividades exercidas por Engenheiros, Arquitetos e Engenheiros-Agrônomos ocupantes de cargo efetivo no serviço público federal, estadual e municipal.

Em 2014, teve seu processo aprovado e foi reconhecido como membro da ASHRAE (American Society of Heating, Refrigerating, and Air-Conditioning Engineers).

Obteve reconhecimento público por sua dedicação em duas oportunidades (2009 e 2016) sendo agraciado com certificado de mérito e reconhecimento por serviços relevantes prestados à nação.

Atuou como membro do “board” diretivo da Federação Nacional dos Engenheiros Mecânicos e Industriais (FENEMI), da ABEMEC-DF (Associação Brasileira de Engenheiros Mecânicos, seção DF) e de outras três empresas nacionais de médio porte, exercendo posição de voto em conselhos de alta administração em um total de 9 empresas.

Foi cocriador do CORISCO (programa de COntrole de RIScos COndominiais), da INBEX (Iniciativa Brasileira para Desenvolvimento de Executivos(as)), EVOLVE Socioambiental, BIZUBOX (ferramenta de democratização de BI – Business Intelligence) e Revista TORREdoTOMBO.

Em 2016, assumiu a coordenação do Colégio de Entidades Regionais do CREA-DF (CDER-DF, colégio que reúne os presidentes das 10 entidades de classe registradas junto ao CREA-DF, abrangendo todos os segmentos de engenharia), fórum consultivo da presidência do CREA-DF, instituindo um sistema de planejamento estratégico de atuação, contemplando a aproximação do regional à instituições de ensino, promovendo eventos de engenharia, aproximando a sociedade ao órgão e propiciando a integração entre os CREAs com o objetivo de padronização da atuação e fomento da excelência na gestão. Em 2017 foi reconduzido como coordenador por mais um mandato.

Em 2017, assumiu a Presidência da ABEMEC-DF com bojo na implantação e condução do planejamento estratégico da entidade e com principal objetivo de torna-la financeiramente independente, além de atuar na valorização do(a) engenheiro(a) e fomentar projetos de cunho social.

Em 2017, lançou a Revista TORREdoTOMBO com objetivo de agregar e disseminar conhecimento técnico e prático da engenharia mecânica e industrial com bojo no desenvolvimento social e da indústria, tendo a honra de lançar a revista em âmbito nacional em 2018.

Em 2017, foi eleito Vice-Presidente da FENEMI (Federação Nacional de Engenheiros Mecânicos e Industriais) implantação e condução do planejamento estratégico da engenharia mecânica e industrial nacional e com principal objetivo de fomentar a indústria nacional de metal mecânica e a produção de bens de consumo, incentivo ao desenvolvimento tecnológico e de geração de pesquisa e desenvolvimento com geração de patentes, organização do maior Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (CONEMI) da América Latina, além de atuar na valorização da engenharia pública e privada e fomentar projetos de cunho social.

Em 2017 participou do Comitê Técnico Setorial Nacional, promovido pelo SENAI, com objetivo de discutir a grade curricular de formação de técnicos e tecnólogos nas modalidades de Automação e Tecnologia Mecânica.

Em 2018 participou de congressos nacionais e internacionais, se tornando membro da ASME (American Society of Mechanical Engineers).

Atua, também, em Engenharia Financeira com bojo no diagnóstico, avaliação e estruturação de operações, empresas e desenvolvimento de negócios de grande e médio porte atuando nos segmentos: Banco de Sangue, Construção Civil, Importadora e Comercio Exterior, Instalações Industriais, e Fundos de Investimento.

Cargos em Exercício 2018:

  • Vice-Presidente FENEMI
  • Presidente ABEMEC-DF
  • Conselheiro da Câmara Especializada de Engenharia Industrial e de Segurança do Trabalho (CEEIST) do CREA-DF
  • Coordenador do Grupo de Trabalho de Manutenção e Inspeção Veicular [CREA-DF]
  • Membro do Conselho de 6 empresas da iniciativa privada.

2017 à 2018

Gutemberg Faria Rios


2016

Ivanoé Pedro Tonussi Júnior

Francisco Corrêa Rabelo

Liberalino Jacinto de Souza

Natural de Astorga – Paraná, data nascimento 17/08/1949. Diplomado em 09 de setembro de 1977, pela Universidade de Brasília, em Engenharia Mecânica; Curso de Especialização pela Universidade de Brasília, concluído em 10 de julho de 1993 em Engenharia de Segurança do Trabalho e Curso de Especialização Latu Sensu pela Fundação Getúlio Vargas, concluído em 2002 em Especialização em Negócio para Executivos.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL: ACESITA - Aços Especiais de Itabira; CAESB - Companhia de Água e Esgoto de Brasília; ÁGUA E SOL - Comércio de Sistemas Térmicos; GOVERNO DO DF - Administração Regional do Núcleo Bandeirante; Recapagem Royal Ltda; SLU - Serviço Autônomo de Limpeza Urbana de Brasília; CIPLAN - Cimento Planalto S/A;

PARTICIPAÇÃO COMO PALESTRANTE E/OU INSTRUTOR : Hidro-Pneumática. - Escola Técnica Federal de Goiás; Hidráulica Aplicada. - Corpo de bombeiros do DF/Curso de Formação de Oficiais; Formação de Operadores de Caldeiras; Treinamento em Segurança para Operador de Caldeiras; Treinamento em Segurança para Operadores de Processos; Palestrante em SIPAT; Professor convidado da UnB, no curso de Engenharia de Segurança do Trabalho; Palestras proferidas pelo CONFEA (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia).

OUTRAS ATIVIDADES (como Profissional Liberal):

Montagem de fábrica de calcário na Fazenda Santana, município de Formosa/GO; Manutenção (Sistemas de exaustão; Cozinhas industriais; Sistemas de recalques; Gerador de vapor e de água quente; Sistemas Térmicos em geral; Projetos e consultorias: Sistemas voltados à Segurança do Trabalho; Sistemas de ventilação e exaustão; Tubulações em geral; Vasos de Pressão; Geração e distribuição de vapor, ar comprimido e hidráulica; Ar Condicionado; Pericias: Engenharia Mecânica e Engenharia de Segurança do Trabalho; Instalações para Caldeiras e Vasos de Pressão; Inspeção de Caldeiras e Vasos de Pressão; Elaboração de relatórios técnicos em Engenharia Mecânica e Segurança do Trabalho.

2013 à 2016

Liberalino Jacinto de Souza


2011 à 2012

Gustavo Alves Tilmam

João Manoel Dias Pimenta

Engenheiro Mecânico. M.Sc. pela Universidade Federal de Uberlândia (1992). Doutor em Ciências Aplicadas pela Université de Liège, Bélgica (1997). Professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Brasília (UnB) desde 2002, onde coordena o LaAR, Laboratório de Ar condicionado e Refrigeração. Membro da ABEMEC-DF, e da ANPRAC (Associação Nacional de Profissionais de Refrigeração, Ar condicionado, Ventilação e Aquecimento).

2007 à 2010

João Manoel Dias Pimenta

SAIBA+

Velocino Lourenço Tonietto

Engenheiro Mecânico, egresso da UnB, pós graduado em engenharia de equipamentos, com especialização em transporte em dutos multifásicos ( líquidos, gases e sólidos simultaneamente) , Universidade de Nova Yorque e a de Calgari no Canadá ).

Atuação profissional na Petrobrás como designer (projetista) na área de transporte de líquidos e gases por dutos. Curiosidades: poliduto de 360 Km de extensão; oleoduto com capacidade elevatória de 1.600 mcl, em “stay conditions”

"A ABEMEC estava sem registro no CONFEA, uma lição de como a burocracia complica e retarda a solução dos problemas no país, foram necessários 4 anos. A participação dos sócios é fundamental para o desempenho adequado da associação, se depender do presidente e diretoria serão difíceis grandes resultados. Creio que empresas na área industrial mecânica também possam ter sua adequada participação como sócias. Abrir possibilidade nos estatutos será conveniente a meu modo de ver"

2004 à 2006

Velocino Lourenço Tonietto

2001 à 2003

Liberalino Jacinto de Souza

1997 à 2000

Menezes Ferreira Lima