Concurso Nacional de Arquitetura para o Restauro e Modernização do

Edifício-Monumento do Museu Paulista da Universidade de São Paulo

APRESENTAÇÃO



A Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (FUSP) lança, com apoio institucional do IAB/SP e CAU/SP, o Concurso Nacional de Arquitetura para o Restauro e Modernização do Edifício-Monumento do Museu Paulista da Universidade de São Paulo.

Inaugurado em 7 de setembro de 1895, o Museu Paulista é o museu público mais antigo da cidade de São Paulo. Localizado no conjunto do Parque da Independência, tem sua sede no Edifício-Monumento projetado no final do século XIX por Tommaso Gaudenzio Bezzi e tombado pelos órgãos de patrimônio nas instâncias municipal, estadual e federal.

A necessidade do restauro, modernização e ampliação do Museu Paulista é notória e reconhecida pela Universidade de São Paulo, bem como pela comunidade de profissionais de museus e do patrimônio, como condição fundamental para que a instituição possa cumprir de forma atualizada suas responsabilidades pela preservação e ampliação de seus acervos museológicos, para dar melhores condições de visitação ao grande público e acesso mais adequado às atividades acadêmicas e culturais. Nos últimos 10 anos foram realizados estudos de viabilidade com esse fim, mas dada a escala e complexidade da intervenção, não lograram prosseguimento.

Este Edital tem como objeto a seleção, premiação de estudo preliminar e subsequente contratação para a elaboração dos projetos executivos completos de restauro e modernização do Edifício-Monumento do Museu Paulista, pertencente à Universidade de São Paulo.

No que se refere à modalidade de contratação, os Concursos são oportunidades para avanço no debate, na pesquisa e na prática da arquitetura e da engenharia. Alinhados aos preceitos da Universidade, permitem a emergência de novos conceitos e soluções, e o resgate de saberes e processos tradicionais de construção, resultando em melhores soluções de intervenções e qualidades espaciais.

Deste modo, como estímulo ao avanço no pensamento e na prática da arquitetura, do restauro e da engenharia, é mais que desejado que seja realizado um concurso de projetos para o restauro e modernização desse edifício histórico de grande relevância, que ocupará um lugar de destaque nas celebrações do Bicentenário da Independência em 2022.

Bom trabalho a todos os participantes!

Prof. Arq. Marcelo de Andrade Roméro

Coordenador Geral do Concurso