Residência FEMFP, 2013 [2011]

'Esconder e revelar' poderia ser o nome desta casa; a fachada austera e introspectiva, marcada pelo painel vertical de madeira e dois elementos horizontais formados pelo beiral e pela varanda, esconde o grande salão que se revela atrás da porta de entrada.

A proposta de integração total dos ambientes privilegia a convivência em família. Nos poucos momentos livres, em que todos estão em casa, mas cada um fazendo suas atividades, cozinhando, assistindo um filme ou no computador, as pessoas se veem, estão presentes na vida um do outro. Além do pé-direito duplo e mezanino com estar e escritório, a integração é favorecida pelas grandes portas seja de vidro, que comunicam com o espaço gourmet, ou o painel de madeira, com porta de correr que dá acesso à cozinha. As portas de correr são recorrentes em nossos projetos pois economizam espaço, facilitando a circulação, e podem se tornar grandes painéis decorativos, como neste caso.

Neste grande loft que se tornou a área social da casa, a escada em arco, pedido dos clientes, é protagonista e ao mesmo tempo um elemento surpresa, já que só é possível compreendê-la totalmente quando estamos em frente à porta do lavabo.

Mais difícil de encontrar, pois se escondem também, são os espaços de serviço e as suítes.  Foi dada uma atenção especial à suíte master que tem entrada pelo closet dando privacidade acústica e visual ao dormitório (que também fica mais harmônico com menor número de portas) e banheiro, podendo ficar com as portas abertas. Os espaços de serviço (lavanderia, depósito e oficina), têm acesso pelo corredor de lateral de serviços e pelo quintal, mas sem que as portas se voltem para esse, e sim para um hall de serviços que organiza esta circulação e protege o sono dos cachorros.

Neste projeto foi executado o sistema de reaproveitamento de águas pluviais, é um sistema simples, de baixo custo, sem impacto visual e com grandes vantagens para quem tem áreas ajardinadas ou terraços que requerem lavagem constante.

Esse tipo de partido, com a casa voltada para o interior e os espaços de serviços separados é uma constante em nossos projetos de residência em condomínio, sempre procurando aumentar a privacidade dos moradores, mas com atenção especial ao jeito de morar de cada família.

Confira a reportagem publicada na revista Habitare no link abaixo:

http://bit.ly/ConvivenciaFamilia