Guitarrista

RICARDO BARCELÓ

Guitarrista, docente, compositor e investigador ibero-uruguaio. Doutor em Música pela Universidade de Aveiro. Mestre em interpretação pela Escola Superior de Música e Dança de Roterdão. Licenciado pelo Real Conservatório Superior de Música de Madrid . Forma parte do CEHUM, grupo de investigação da Universidade do Minho.

Estudou interpretação e técnica da guitarra clássica com Alfredo Puig, Eduardo Fernández, Abel Carlevaro, Demetrio Ballesteros, M. A. Girollet e David Russel, entre outros mestres, e guitarra barroca com Jorge Oraison. Completou a sua formação como guitarrista em numerosas master-classes, das quais se destacam as realizadas com Leo Brouwer e Narciso Yepes. Realizou estudos de Composição com o prof. René Marino Rivero.


Ganhou os prémios “Alírio Díaz” (Sevilha, 1987) e Abel Carlevaro (Madrid, 1990). Pertenceu ao “Taller de Música Contemporânea de Montevideo” dirigido por R. Marino Rivero. Foi laureado no I Concurso de Composição Hispano-Luso para Guitarra Clássica “Ciudad de Badajoz”, no ano 2006.


É autor dos livros “La Digitación Guitarrística”; “20 Piezas Fáciles para dos y tres guitarras” e “Adestramento técnico para guitarristas” (português/espanhol), "O Sistema Posicional na Guitarra", obras para guitarra e música de câmara, além de revisões e digitações de compositores espanhóis. As suas obras têm sido editadas pela Real Musical, Diputação de Badajoz, Lemoine, Ava e Novas edições académicas. É um dos responsáveis da primeira tradução mundial ao castelhano do “Méthode pour la guitare” original de Fernando Sor, editada no ano 2008 em Portugal pela Editora Labirinto. É co-autor do livro "Canto para Tocar. Toco para cantar", editado no ano 2017 pela editora Diego Marín, Múrcia-Espanha. Vários artigos da sua autoria aparecem em revistas internacionais especializadas em música, tais como Il Fronimo, Roseta, Revista Portuguesa de Educação Artística e Soundboard.

Gravou os CD “Por las calles de Maldonado” (Plectrum-Factor), com composições próprias para guitarra solista e duos com guitarra e “Aromas de Sefarad”, com o “Trío Sefarad”, gravado ao vivo em Toledo (Lacrhimae), "Máscaras" e "Música latinoamericanadel siglo XX para guitarra".

Participou na Opera “The English Cat” de H. W. Henze. Interveio nas óperas “Falstaff”, de Verdi e “O Barbeiro de Sevilha”, de Rossini, na “Jazz Suite” Nº 2, de Shostakovich, junto à O. N. de Porto.


Com o Remix Ensemble - agrupamento especializado na interpretação de Música contemporânea - actuou em “Schuberts Winterreise” de H. Zender, em “Wa ta ri” de K. Harada e “Refrain” I, II y III de F. Donatoni.

Realizou no anos 2007 e 2008. respectivamente, as estreias em Portugal do Concerto para bandoneon , guitarra e orquestra de Astor Piazzolla, e do Duplo Concerto em Sol Maior para violino, guitarra e orquestra de Ferdinando Carulli, ambos junto com a Orquestra do Norte. No ano 2017, realizou a estreia em Portugal do Conciertango Buenos Aires, de Cacho Tirao, em versão para guitarra e Orquestra de Sopros, no Auditório Adelina Caravana do Conservatório Calouste Gulbenkian de Braga, dirigido pelo Maestro Pedro Neves.

Foi dirigido, entre outros, pelos maestros Ivo Cruz, João Paulo Santos, José Ferreira Lobo, Marc Tardue, Niksa Bareza, Stefan Asbury, Yoichi Sugiyama e Pedro Neves.

Tem participado em vários concertos realizados em diferentes países de Europa, Ásia Menor e América, tais como Alemanha, Espanha, França, Inglaterra, Israel, Polónia, Portugal, Ucrânia, Argentina, Estados Unidos, Brasil, México e Uruguai. Destaca-se a sua actuação nos seguintes festivais: Festival de Faro 2000 - acompanhando ao tenor Luciano Pavarotti -, Festival Hispano-Americano de Kiev, Festival Raízes Ibéricas, “F.A.R.P.A.”, Encontros de Guitarra de Porto, Festival de Guitarra de Tomar, Festival de Guitarra de Coimbra, “Festival Aspiazu”, Festival de Guitarra de Santo Tirso, Festival de Ano Novo em Trás-os-Montes, Festival de Música de Câmara de Elvas, Festival “Guitarras del Mundo” de Argentina, Festival “Música Viva”, na Casa da Música do Porto, Festival de Guitarra de Juárez - México, Festival Internacional de Guitarra de Maldonado - Uruguay. Festival Internacional de Guitarra de Elche - Espanha, Festival Internacional de Guitarra de Guimarães Portugal, Festival Internacional de Guitarra de Zagreb - Croácia.

Além de ministrar masterclasses para alunos de todos os níveis, é convidado frequentemente para integrar júris e participar em conferências sobre a guitarra. Tem ampla experiência como docente, actividade que habitualmente partilha com a de concertista e compositor. O seu nome aparece como entrada no “Diccionario de la Música Española e Hispanoamericana”, editado pela S.G.A.E. (Sociedade Geral de Autores de Espanha), e nos livros “Compositores Uruguayos del Siglo XX” e “Quiénes somos en Punta del Este”. Actualmente reside em Braga, Portugal. Mantém actividade no âmbito internacional como intérprete de guitarra clássica e romântica. É professor de Guitarra Clássica, Técnicas de Interpretação e Música de Câmara no Departamento de Música do ILCH, Universidade do Minho.

Diz a crítica:


Do CD “Por las Calles de Maldonado”:

- “Encanto espontáneo”, “Compositor e guitarrista disfrutable” - El País


Do seu Estudo N º 2:

- “Es una pieza maestra”Leo Brouwer


Do livro “La Digitación Guitarrística”:

- “There are some excellent ideas with very clear illustrations...”, “...the contents are extremely valuable. I highly recommend it to anyone...”Classical Guitar

- “...debería estar en la biblioteca pedagógica de todo profesor y estudiante...”– David Russel


Do livro “Adestramento técnico para guitarristas”:

- “Los ejercicios incluídos permiten y fomentan la participación inteligente del estudiante en su propio aprendizaje. Esto no es accidental, ya que Ricardo Barceló es también un compositor de imaginación” - Eduardo Fernández


E-mail: ricanata@hotmail.com

ricanata@gmail.com

Links: www.youtube.com (tags: guitarra barceló)

www.triosefarad.com