Por onde anda as Flautas de Rampal?

Para os que ainda desconhecem: as famosas flautas Haynes de ouro que pertenceram a Jean-Pierre Rampal foram vendidas ao flautista Claudi Arimany, amigo da família do mestre francês. Arimany é catalão, nascido em Granollers, perto de Barcelona.  Dedica-se a uma carreira solo. Foi aluno de Alain Marion e Rampal, com o qual gravou um CD com a Orquestra Franz Liszt, de Budapest. Já a célebre Louis Lot de ouro 18K, que também pertenceu a Rampal, permanece guardada pelos parentes em um cofre em Paris. Esta Lot (no.1375, de 1869) foi a única flauta de ouro que se conhece, fabricada pelo famoso artesão francês. Foi vendida originalmente para Jean Rémusat. Encontrada casualmente muitos anos depois, completamente esmontada, num antiquário de Paris, em 1948. Foi, então, prontamente adquirida por Rampal, e montada e ajustada por seu pai, Joseph Rampal. Leia também a história do Mestres Jean-Pierre Rampal

Fonte: Revista Pattapio, AnoXII, No 26, Julho de 2006
Se você é Flautistas e apaixonado pela Flauta, se associe agora mesmo na Associação Brasileiras de Flautas, são R$60 por anos. Entre no site e veja os benefícios de ser uma associado. http://www.abraf.art.br/