Materiais usados ​​na construção da Flauta transversal 
por Nilson Mascolo Filho


O material usado na flauta não é fator único que torna uma flauta boa, ele tem sua influencia, mas mais importante que o material usado é seu projeto e construção. Uma flauta handmade(feito à mão) de um grande fabricante com nada de prata ou ouro é superior a uma flauta chinesa mesmo que fosse feita de ouro.

Segue sobre os materiais usados na construção de flauta.

Prata de níquel/ Nickel Silver: Prata de níquel na verdade não contém prata. Também conhecida como Prata Alemã e Latão Branco, esta liga de Cobre, Zinco e Níquel. Flautas estudantes são feitos inteiramente de Prata de níquel/ Nickel Silver. Os mecanismos de instrumentos intermediários e profissionais mais acessível, são construídos de Prata de níquel/ Nickel Silver, a fim de manter os custos baixos, sem sacrificar as qualidades sonoras. 

Prata/Silver: A Prata é o material mais comum usado na fabricação de flauta. Muitas ligas diferentes de prata estão disponíveis. Quando a prata é designada por números como 950 ou 998, isto indica o teor de prata. Por exemplo, a prata 958 utilizadas pela Altus é 95.8% de prata pura. A prata 997 utilizado pela Sankyo é prata pura de 99,7% de prata pura. Geralmente, o teor mais alto de prata pura acrescenta mais resistência, o que pode levar a um som ligeiramente mais quente ou mais escuro. Estão aqui algumas ligas de prata comuns que estão sendo usadas pelos fabricantes de Flauta. 

Prata da moeda/ Coin Silver: Liga normalmente composto de 90% prata pura (às vezes 80%). Desde que a prata da moeda é mais propensa a manchar do que outras ligas de prata, é comum serem banhadas as flautas de Prata da moeda/ Coin Silver. Altus Haynes antigas utilizavam de Prata da moeda/ Coin Silver. 

Prata Esterlina/ Sterling Silver: Liga composta de 92,5% de prata pura. Este metal serve como o padrão na construção de flautas pelos fabricantes por todo o mundo. 

Prata Britannia/ Britannia Silver: Liga com 95,8% de prata pura. Esta prata fornece uma qualidade tonal ligeiramente mais escura do que Prata Esterlina/ Sterling Silver. Ele está disponível em vários modelos Altus e Miyazawa. Altus chama Britannia e Miyazawa o chama de Prata 958, embora o material seja o mesmo. O nome Britannia deriva do fato de que este metal serviu para cunhagem de moedas na Inglaterra entre os anos de 1697 a 1719. 

Prata .946 Altus/ .946 Altus Silver ™: Esta liga é constituída por 94,6% de prata e de 18 metais preciosos, incluindo pequenas quantidades de platina e ouro. Para exclusiva da Altus, possui muitos dos ricos atributos tonais dos antigos produtores franceses de flauta, principalmente as famosas flautas Louis Lot. (Texto fornecido por Altus flutes.) 

Aurumite: Consiste em um tubo de ouro fundido a um tubo de Prata Esterlina/ Sterling Silver. Este é um nome de marca Powell e eles usam uma tecnologia patenteada para produzir este metal. Tonalmente, Aurumite inclina-se para o som escuro das flautas de ouro. 

Fusion: Semelhante a Aurumite, a liga Fusion da Haynes consiste em um tubo de ouro fundido a um tubo de Prata Esterlina/ Sterling Silver. Este é um nome de pela Haynes. Tonalmente, inclina-se para o som escuro das flautas de ouro. 

Ouro/Gold: 
As flautas de ouro são apreciadas por seu tom quente. O ouro fica mais denso do que prata, quando ligados com outros metais (cobre, etc.). Não devemos confundir Kilates (K) com Quilate. Quilates é a unidade de medição do peso das pedras e Kilates é unidade que mede a pura do ouro em uma liga. 24 Kilates (24K) significa uma liga 100% de ouro puro. Uma flauta de 14K significa que sua liga é composta de 58,33% de ouro puro, ligado com 41,6% de cobre, mas pode ser ligado com prata e outros materiais também. Quanto maior o teor de pureza de ouro, mais escuro e mais quente é o som. A maioria das flautas são de 14K. 

Gold-Silver (GS) Alloy: Uma composição inovadora feita de 10% de ouro e 90% de prata. Altamente resistente a manchas. Liga Gold-Silver (GS) Alloy combina o brilho da prata com o calor e textura de ouro, resultando em um som radiante e refinado. Este material está exclusivamente disponível na Miyazawa Boston Classic. 

Platina (Platinum): Um elemento puro e um material extremamente denso. A platina incorpora um som escuro e claro. Devido peso da Platina, as flautas de Platina são relativamente pesadas. Com um sólido núcleo fundamental, a platina tem uma intensa, penetrante qualidade e é a maior em poder e profundidade. (Texto fornecido por Miyazawa flutes.) 

Grenadilha (Grenadilla): Este termo é usado para descrever madeiras fortes e densas. Diferentes madeiras de grenadilha são usadas na fabricação do instrumento. A madeira mais usada pelos fabricantes de flautas de madeira é a madeira Africana preta (African blackwood) que cresce no centro-leste da África. 

Ebonite: material resultante da combinação de chumbo, enxofre, borracha e pigmento preto. Resistente a qualquer abuso e mal-trato, não absorve umidade e o som melhora com o passar do tempo. As flautas de ebonite foram razoavelmente usadas na 2ª metade do século 19, estando praticamente abandonadas hoje em dia. Utilizado ainda em Piccolos de baixo custo.

Nilson Mascolo Filho
Fonte: Artigo Materials Used in Flutes do JLSmith


Flautas de Ouro
https://sites.google.com/site/estudantesdeflautasite2/venda-de-flauta/flautas-de-ouro

Segue aqui classificados de Flautas de ouro e bocais também. Todas as Flautas e bocais anunciadas aqui são selecionadas. Só as melhores e aprovadas são anunciadas aqui.
Flautas de Prata
https://sites.google.com/site/estudantesdeflautasite2/venda-de-flauta/flautas-prata-macica
Segue aqui classificados de Flautas de Prata maciça.
Todas as Flautas anunciadas aqui são selecionadas. 
Só as melhores e aprovadas são anunciadas aqui.
Flautas de Madeira
https://sites.google.com/site/estudantesdeflautasite2/venda-de-flauta/flautas-de-madeira
Segue aqui classificados de Flauta de madeira e bocais também. 
Todas as Flautas e bocais de madeiras anunciadas aqui são selecionadas. 
Só as melhores e aprovadas são anunciadas aqui.