Como adequar e aproveitar melhor o tempo de estudo?

Marta Ozzetti /  Publicado na Revista Weril n.º 131


Como adequar e aproveitar melhor o tempo de estudo? Essa é uma pergunta comum entre os estudantes de flauta de nível médio, ou seja, aqueles que já possuem conhecimento do instrumento e de leitura musical e pretendem desenvolver sua técnica. Nesta matéria, procuraremos dar uma orientação básica para o aluno e também indicar alternativas de exercícios e repertório a serem estudados.

O tempo de estudo pode ser dividido em três partes:

- Exercícios de sonoridade
- Exercícios de técnica e escala
- Repertório

Existem muitos exercícios nos métodos de flauta e ainda a possibilidade de se criar outros. Porém, é imprescindível escolher alguns e se aprofundar neles. A prática do estudo deve ser diária ou pelo menos freqüente. O tempo total precisa ser administrado para cada uma das três partes referidas acima. A princípio, a proporção entre elas pode ser igual; com o tempo, o estudante pode alterar a relação, sempre orientado por um professor.

A seguir, alguns exemplos de exercícios adequados para as duas primeiras partes propostas para este plano de estudo.


Exercícios


Sonoridade 

Acesse seção Estudo de Sonoridade e encontre mais informações e partitura para estudar Sonorirdade



Técnica e Escala


Acesse seção Estudo de Escala e encontre mais informações e partitura para estudar Escala.



Repertório

Além de estar de acordo com o nível técnico do aluno, a escolha do repertório precisa agradar àquele que irá estudá-lo. É importante mesclar estilos. Quem se dedica à música erudita, mas também inclui o popular em seu repertório, adquire mais recursos e enriquece seu trabalho.

A relação abaixo procura ser a mais rica possível, e está em ordem crescente de dificuldade. Ela foi baseada no programa de flauta transversal da ULM.

- E. Mahle: As Melodias da Cecília para Flauta Transversal
- E. Villani Côrtes: 5 Miniaturas Brasileiras para Flauta Doce ou Transversal
- Sonatas de Handel: Telemann,Vivaldi
- G. Fauré: Sicilienne op. 78
- Haydn: Serenade
- O Lacerda: Poemeto
- Gluck: Dança dos Espíritos Abençoados
- J. L. Loiellet: Sonata em Lá Menor
- Patápio Silva: Zinha, Serata D'Amore, Margarida
- Telemann: Concerto em Sol Maior
- Vivaldi: Concerto Op. 10 nº5
- Mozart: Sonatas
- E. Mahle: Sonatina 1973
- G. B. Pergolesi: Concerto em Sol Maior
- Telemann: 12 Fantasias
- Mozart: Andante e Rondó
- J.S. Bach, Veracini, Blavet, Leclair, C.P.E. Bach: Sonatas
- J.S. Bach: Suíte em Si Menor
- Chopin: Variações sobre Tema de Rossini
- Debussy: Syrinx
- Honegger: Dança da Cabra
- Patápio Silva: Primeiro Amor, Sonho
- C. Guarnieri: Sonatina
- Mozart: Concerto nº1, nº2 ou Flauta e Harpa
- G. Fauré: Fantasia
- Doppler: Fantasia Pastoral Húngara
- G. Enesco: Cantabile e Presto
- Martinu, Reinecke, Hindemith, Poulenc, Guarnieri: Sonatas
- Martin, Ibert, Bozza, Varèse: Peças
- O Melhor de Pixinguinha (Ed. Irmãos Vitale)
- Songbooks: Bossa Nova, Noel Rosa, Ari Barroso, Caetano Veloso, Edu Lobo, Chico Buarque e outros
- Álbuns de choros e valsas, etc.

Acesse seção Partituras e encontre mais informações e partitura para estudar músicas.


Marta Ozzetti é flautista e professora da Universidade Livre de Música Tom Jobim (ULM) em São Paulo



Planilha de Estudo

Clique aqui para baixar uma Planilha para anotar seus estudos e ajudar a organizar seu tempo e estudos com a Flauta.


Voltar a página Artigos