Principal

      O Laboratório de Esclerocronologia (LABESC-UFPR) foi criado no final de 2012, decorrente de linha de pequisa iniciada em outras instituições ao longo dos anos 2000 (UNISANTA - 2005; USJT - 2009) aplicada a peixes e organismos aquáticos.

      A etimologia do termo esclerocronologia (do grego, sklerós = duro e khronológia = ciência do tempo) expressa a linha mestra de atuação do laboratório: estudos de otólitos e outras estruturas de aposição de peixes. Formalmente, esclerocronologia é o estudo das variações físico-químicas na formação de estruturas rígidas de organismos, no contexto de sua formação.

      Nossos estudos estão focados em idade, crescimento, reprodução, ontogenia e ciclo de vida, transcendendo as ciências aquáticas, a ecologia, a zoologia e a biologia pesqueira, como áreas principais de pesquisa.