Uma das cantoras latino-americana mais famosa da atualidade, Anitta voltou a falar sobre problemas com a "DEPRESSÃO " e acabou revelando o que fez com que a doença a acometesse no auge da carreira.

Em entrevista ao Bem Estar da TV Globo , a carioca creditou a competitividade para alcançar o estrelato como um fator preponderante para o desencadeamento do problema, e disse fazer uso de um antidepressivo Naturais.................

“Consegui tomar um remédio [antidepressivo natural] que não dá nenhum efeito e tá funcionando para mim”, declarou a artista, que também resolveu dar uma desacelerada na agenda profissional, a fim de se cuidar melhor e evitar uma recaída. “Não é porque você está bem agora, que você tem que esquecer de olhar para você. Eu amo trabalhar, trabalhei muito essa semana, fiquei cansada. E pensei: cara, vou cancelar, porque preciso ter um momentinho para mim”.

Em relação ao que levou-a à depressão, a cantora foi sincera: “O estímulo da competitividade nos faz entrar em uma pressão muito grande na nossa cabeça. Quando a gente vê, já tá lá”.

Por fim, a funkeira revelou problemas de autoestima com a aparência. “Eu nunca estava feliz com meu corpo. A celulite estava lá, ficava lutando contra elas, que não saía do meu corpo nunca. Mas hoje tenho várias outras coisas que compensam e tá maravilhoso”, concluiu.

A primeira vez que Anitta falou abertamente sobre luta contra depressão foi durante coletiva de imprensa para o lançamento de uma série documental


ENTENDA OS EFEITOS DO TRIPTOFNO NA SUA SAÚDE


10 coisas que as pessoas com Depressão querem que você saiba.


ASSUNTOS RELACIONADOS:

O Brasil tem a maior taxa de pessoas com depressão na América Latina e uma média que supera os índices mundiais. Dados publicados nesta quinta-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que 322 milhões de pessoas pelo mundo sofrem de depressão, 18% a mais do que há dez anos. O número representa 4,4% da população do planeta. No caso do Brasil, a OMS estima que 5,8% da população nacional seja afetada pela depressão. A taxa média supera a de Cuba, com 5,5%, a do Paraguai, com 5,2%, além de Chile e Uruguai, com 5%.



Nesse vídeo, padre Fábio de Melo nos encoraja a vencer a terrível doença "DEPRESSÃO'. Ele nos mostra que podemos superar os ... .....


BUSQUE POR INSÔNIA.


ENTENDA OS PERIGOS QUE A INSÔNIA PODE TRAZER E APRENDA SE LIVRAR DELES!

Sabemos que a insônia não mata, nunca ninguém morreu de insônia, mas podem dar surgimento de certas doenças que são associadas à má qualidade de vida da pessoa que sofre transtornos de sono.

Veja alguns sintomas decorrentes da insônia:

BUSQUE POR ESTRESSE


Você sabia que o estresse atinge 90% da população mundial? Saiba agora como fugir dessas estatísticas

Cientistas americanos desenvolveram um produto com fórmula 100% natural, capaz de acabar com o estresse e todos os seus sintomas.