A Associação Grupo Juvenil Coral e Etnográfico Rouxinóis do Alentejo é uma associação sem fins lucrativos que tem a sua sede no Centro Unesco para Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, em Beja, onde o grupo ensaia semanalmente o "Ciclo do Vinho de Talha" com os professores Joaquim Mariano e José Diogo Bento.

Beja - Dia 28 de Novembro de 2018 - Dia da estreia no Pax Julia " Ciclo do Vinho de Talha" - Rouxinóis e convidados

O Vinho de Talha, património milenar, encontra-se em processo de candidatura a Património Cultural Imaterial da UNESCO, numa iniciativa liderada pela Câmara Municipal de Vidigueira.

Beja - Dia 28 de Novembro de 2018 - Dia da estreia no Pax Julia " Ciclo do Vinho de Talha" - Rouxinóis e convidados
Beja - Dia 28 de Novembro de 2018 - Dia da estreia no Pax Julia " Ciclo do Vinho de Talha" - Rouxinóis e convidados

Neste espetáculo, os Rouxinóis do Alentejo recriam as várias fases do Ciclo do Vinho, da produção à comensalidade que o Vinho de talha sempre proporcionou.

Beja - Dia 28 de Novembro de 2018 - Dia da estreia no Pax Julia " Ciclo do Vinho de Talha" - Rouxinóis e convidados
Beja - Dia 28 de Novembro de 2018 - Dia da estreia no Pax Julia " Ciclo do Vinho de Talha" - Rouxinóis e a fadista Joana Santos

No palco são distribuídos cerca de três centenas de objetos reais /réplicas que foram cuidadosamente construídos com base em moldes, tais como as talhas do Srº António Mestre de Beringel.

As tarefas apresentadas foram supervisionadas pela Associação de desenvolvimento local VITIFRADES.

O grupo Rouxinóis do Alentejo foi formado no ano 2000. Durante oito anos, apresentaram, através do Cante Alentejano, várias histórias etnográficas em Portugal e no estrangeiro. Em 2016, os Rouxinóis regressaram integrados no Agrupamento nº1 de Beja, com o apoio dos seus padrinhos, os Cantadores do Desassossego.