Reprogramação de ECU

TREINAMENTO DE REPROGRAMAÇÃO DE ECU


Reprogramar significa alterar os seguintes itens:

• Curva de avanço

• Tempo de injeção

• Ângulo de permanência da bobina

• Limitador de RPM ( as vezes )

• Controle da marcha lenta.

Com a reprogramação eletrônica, é possível obter um aumento de 10% a 30% da potência e torque sem nenhuma modificação mecânica melhorando a economia.

Introdução do Treinamento

A Reprogramação visa o aumento de potência e melhora no desempenho e economia nos motores de carros nacionais e importados e implementar determinadas informações a ponto de ser possível usar álcool como combustível com um funcionamento muito bom, uma vez que os motores modernos dotados de sistema de injeção eletrônica nos permitem tal modificação a qual chamamos de conversão.

Sabemos que um programa de funcionamento gravado na EPROM é muito mais complexo e extenso do que imaginamos essa é a pior dificuldade para quem está começando, mas o objetivo do remapeamento é alcançado e comprovado o teste de dinamômetro.

Como Funciona a Central Eletrônica ( ECU )

O sistema de injeção eletrônica é composto de :

  • Sensores
  • Atuadores
  • Chicote

Existem também outras centrais eletrônicas no veículo, como computadores de bordo - BCs, BSI, e também módulos eletrônicos de conforto tais como airbag, ar-condicionado entre outros.

Genericamente ao acionar a chave do veículo, a ECU liga a bomba de combustível, que pressiona os bicos com combustível, e alguns casos recupera a última informação de funcionamento que do motor, usando-o como parâmetro para um bom funcionamento após a partilha.

Logo que o motor gira na partida, o sensor de rotação envia sinal para a ECU dizendo que o motor está girando.

Então a ECU ativa os atuadores ( bico e ignição, motor de passo, etc.) para fazer o motor pegar.

Em seguida, calcula com base em sinais de outros sensores ( temperatura do ar e água, depressão fluxo massa, fase, etc.) a quantidade e o momento exato da injeção de combustível e ignição, sendo que todas essas informações estão contidas dentro de um arquivo que contém a programação de funcionamento para atuadores, que usa como base as informações lidas pelos sensores.

Este arquivo fica alojado dentro de uma memória EPROM separada do processador ou

integrada ao processador, existem os dois tipos.