CLICK - Citizenship, Literacy and Inclusion Challenging Knowledge !

Este projeto tem como objetivo permitir ao pessoal docente e não docente a possibilidade de efetuar formação em áreas que terão repercussão no combate das fragilidades da escola e, simultaneamente, contactar com outros europeus, criando, eventualmente, redes e equipas de trabalho para partilhar experiências e boas práticas, culturas e modelos utilizados na Europa, que poderão contribuir para potenciar a contínua melhoria da instituição e do sucesso dos seus alunos.

Com este projeto a ESSPC pretende garantir a capacitação do pessoal docente e não docente nas áreas definidas como prioritárias, nomeadamente com formação para pessoal docente e não docente nas seguintes áreas:

Educação formal e não formal, educação inclusiva e combate ao abandono escolar

Pretende-se capacitar os participantes para a criação de um ambiente de aprendizagem que proporcione a igualdade de acesso à educação para todos, favorável à aprendizagem dos valores europeus de cidadania, de igualdade de oportunidades e de inclusão social, bem como desenvolver a sua consciência intercultural.

Literacia digital

Literacia digital pretende-se que os participantes se inspirem nas melhores praticas de como as TIC podem melhorar a motivação, a participação o empreendedorismo e a aprendizagem dos alunos, para promover as capacidades digitais trabalhando com uma diversidade de ferramentas, software e programas interessantes para o ensino/aprendizagem, bem como desenhar e desenvolver projetos de ensino, formal e/ou não formal, concretos (conteúdos multimédia, recursos e aulas blended) a serem aplicadas na sala de aula ou em outras atividades que envolvam a comunidade educativa.

Herança cultural e sustentabilidade

Pretende-se capacitar os participantes para a promoção do trabalho colaborativo e preparação do pessoal docente e não docente para futuros projetos europeus envolvendo estas temáticas, de relevante importância para uma Europa global e envolvente.

Critérios de Seleção

Os docentes que demonstrarem interesse em participar nas mobilidade deverão apresentar:

- Competências linguísticas básicas na língua de trabalho (inglês);

- Disponibilidade para se deslocar ao estrangeiro por um período nunca inferior a 5 dias de formação;

- Capacidades comunicativas e de relacionamento;

- Compromisso em replicar a formação;

- Experiência e empenho em projetos europeus;

- Como critério de desempate será dada prioridade a quem, no mesmo biénio, ainda não tenha frequentado um curso de formação no âmbito do Erasmus+ KA1.

MOBILIDADES