Novidades

Ravióli de cúrcuma recheado de frango assado



Uma das melhores a respeito de receitas preparadas com massa é que elas podem tanto se apresentar em um formato mais simples, visando uma refeição aconchegante e familiar, quanto podem configurar um preparo mais complexo e de apresentação sofisticada.

Visando a segunda das opções, uma das receitas mais deliciosas a serem consideradas é sem dúvidas o Ravióli de cúrcuma recheado de frango assado. Dado os passos que o envolvem, considerando o preparo do frango; da massa de macarrão fresca e montagem do prato, o nível de dificuldade é um pouco mais complexo do que os pratos usualmente feitos com massa, porém o resultado compensa o trabalho dispensado.

Utilizando de ingredientes facilmente encontrados em supermercados e de tempo disponível, este é um preparo de massa que conquistará todos aqueles que tiverem a oportunidade de prova-lo.

Os itens necessários para esta receita contemplam: 1 frango caipira e itens para tempera-lo, tais como vinho branco; cenoura; cebola; alho; sal; pimenta, entre outros da preferência do cozinheiro.

Além do frango, é necessário também ter acesso a: 1 e ½ xícara de farinha de trigo; 2 ovos e 1 colher de sopa de cúrcuma. Não se esqueça de ter um pouco mais de farinha do que a dispensada para a massa, pois será preciso enfarinhar uma superfície para abri-la.

Para iniciar o preparo desta receita é interessante colocar o frango para marinar de um dia para o outro, caso seja possível. Se não tiver este tempo disponível, coloque-o no tempero pelo menos uma hora antes de levá-lo para assar, pois assim a carne incorpora-se melhor aos demais ingredientes, tornando o sabor mais acentuado.

Com o frango temperado e recheado com os legumes de sua preferência leve-o para assar coberto com papel alumínio, deixando assim que a carne fique macia, em seguida retire o papel e deixe dourar.

Considerando que a massa deve ser posta para descansar e o frango irá ter que esfriar, aproveite o tempo em que a carne está assando para fazer a primeira etapa da massa.

Para o preparo artesanal do ravióli de cúrcuma basta seguir o processo tradicional do mesmo, começando por misturar a farinha com a cúrcuma, ao invés de sal neste caso, e deixando ao centro do recipiente utilizado uma cratera similar a um vulcão, onde os ovos devem ser adicionados.

Quebre os ovos separadamente, um de cada vez, evitando perder todo o preparo, caso um dos ovos esteja impróprio para uso. Estando todos bons, adicione-os no espaço designado para eles e comece a misturar os ingredientes.

Com as mãos, leve a farinha das bordas para o centro do recipiente, de encontro aos ovos, incorporando-os leve e gentilmente, repetindo o processo até que a mistura destes esteja finalizada.

Atente-se ao fato de que a cúrcuma, ou açafrão-da-terra como também é conhecido, pode tornar a massa mais seca e, portanto, pode ser necessário adicionar pequenas quantias de água. Para saber desta necessidade, verifique se a massa está lisa, homogênea e sem grudar nas mãos, pois são estes fatores que indicam estar boa, sem precisar adicionar outro item.

Feito isso, cubra o recipiente com plástico filme ou com um pano de prato, e deixe que descanse por no mínimo uma hora.

Posteriormente, utilize o período em que o frango estiver esfriando para que a massa seja aberta, deixando-a pronta apenas para receber o recheio e ser posta em cozimento.

Se for utilizar um cilindro de macarrão, comece do 0 e siga até o 6. Se não tiver acesso a um, não há problema. Faça o processo com o auxilio de um rolo de macarrão, o qual geralmente se tem em casa, abrindo a massa até atingir uma espessura a qual não fique grossa, mas não fina o bastante para ser transparente.

Se ficar muito grossa, o gosto da massa pode se sobressair e, caso fique muito fina, corre o risco de quebrar ou soltar durante o cozimento, portanto, atente-se a esta etapa.

Corte a massa em longas tiras, largas o bastante para que se adicione o recheio e depois sejam fechadas. Feito isso, volte à atenção ao recheio, caso o frango já estiver frio.

Desfie o frango e regue com o caldo que resultou do assado, apenas algumas colheres, evitando que fique muito líquido. O que sobrar leve para reduzir de modo que possa ser servido como molho da massa.

Acerte o sal e a pimenta no recheio, podendo incluir também os legumes que foram utilizados no preparo do próprio frango, ficando isso a critério do cozinheiro. Quando alcançar o resultado desejado, comece a rechear o preparo.

Coloque pequenas porções ao centro da massa, pincelando ao redor com um ovo batido ou com água, visando que se torne mais fácil de fechar posteriormente. Com as partes que irão levar o recheio devidamente preenchidas, coloque a “tampa”, cubra este preparo com outra faixa de massa.

Pressione as bordas e recorte-as no formato tradicional de raviólis, utilizando para tanto um aro ou um copo americano. Torne a pressionar a borda, visando que não abram posteriormente, e salpique um pouco de farinha sob os raviólis já prontos para serem levados a cozimento.

Aqueça água em uma panela grande e adicione sal, dispondo os raviólis no espaço aos poucos e deixando que cozinhem por uma média de quatro minutos ou até que boiem, indicando a finalização do cozimento.

Feito isso, está pronto. Basta escorrer a água e servi-los com o molho provindo do caldo de frango, podendo também acrescentar outros ingredientes para complementar o prato, como quiabos tostados e queijo curado, pois ambos combinam perfeitamente com a construção de sabor.

Com ingredientes encontrados facilmente em supermercados é possível fazer um prato sofisticado, o qual conquistará o paladar de quem o provar.