Anjo Azul dos Alagados

"O importante é fazer caridade, e não falar de caridade. Compreender o trabalho em favor dos necessitados como missão escolhida por Deus."

Beata Dulce dos Pobres

Nascida em 26 de maio de 1914, em Salvador, Bahia, foi registrada com o nome de Maria Rita. Aos 13 anos senti o desejo de se dedicar a ajudar os mais necessitados.

Em Fevereiro de 1933, após se formar como professora, entrou para a Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição. Em agosto de1934 foi ordenada freira, e passou a ser chamada Irmã Dulce.

Em 1936 fundou a União Operária de São Francisco. No ano de 1935, junto ao Frei Hildebrando, abre o círculo Operário da Bahia, sustentado por três cinemas que haviam construído também com doações. No mês de Maio de 1939, Irmã Dulce inaugurou o colégio Santo Antônio, voltado aos operários e pobres.

Ainda em 1939, Irmã Dulce ocupou algumas casas em Alagados, afim de abrigar pessoas necessitadas e adoentadas, para que pudesse cuidar, contando com a ajuda da irmã Florentina. Quando o dono soube da ocupação recorreu a saúde pública para retomar suas casas. O diretor do 4° Centro de Saúde, referente naquela situação, visitou as ocupações, perguntou, examinou e como providência, comprou comida, distribuiu aos doentes e foi embora, mas ainda assim, Irmã Dulce teve que deixar o local e procurar outro lugar para os seus pobres. E assim começou a obra de Irmã Dulce nos Alagados.