10/05/2021

O Centro Histórico da Justiça Eleitoral em Goiás foi instituído por meio da Portaria PRES n° 603, de 25 de agosto de 2000, do então Presidente Desembargador Noé Gonçalves Ferreira, com o objetivo de recuperar e preservar a memória da Justiça Eleitoral em Goiás, através de documentos e mobiliário com significado histórico.

Em 30 de agosto de 2000, o Diretor-Geral da época, Desembargador Messias de Souza Costa, constituiu a Comissão de Implantação do Centro Histórico da Justiça Eleitoral, por meio da Portaria DG n° 15, com a finalidade de elaborar um projeto para a captação e conservação de objetos, documentos, fotos e informações, com vistas a preservar e difundir a memória da Justiça Eleitoral de Goiás.

No dia 5 de maio de 2011, o então Presidente do Tribunal, Desembargador Ney Teles de Paula, inaugurou o Memorial da Justiça Eleitoral de Goiás, instalado no Edifício-Sede, imóvel tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (IPHAN).

O Memorial ocupa a sala do antigo Plenário do Tribunal e mantém o seu mobiliário original, utilizado de 1945 a 1990, devidamente restaurado, além de documentos e objetos que narram um pouco da história e da evolução da Justiça Eleitoral.

A preservação da memória da Justiça Eleitoral, a contribuição para a formação da cidadania e a disseminação do conhecimento na área eleitoral são objetivos do Memorial.

A gestão da memória tornou-se assunto amplamente discutido em 2020, com a instituição do Dia da Memória do Poder Judiciário – 10 de Maio – por meio da Resolução n° 316, de 22 de abril de 2020, do Conselho Nacional de Justiça.

Em 25 de janeiro de 2021, a Presidência do TRE-GO editou a Portaria PRES n° 21, instituindo a Comissão de Gestão da Memória da Justiça Eleitoral de Goiás, nos termos da Resolução CNJ n° 324, de 30 de junho de 2020, que define diretrizes e normas de Gestão de Memória e de Gestão Documental e dispõe sobre o Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário – Proname. A referida comissão é composta por diversas áreas do Tribunal: um Juiz Membro do Tribunal, que a preside, um magistrado de primeiro grau, servidores da Secretaria Judiciária, Coordenadoria de Gestão da Informação, Seção de Biblioteca e Arquivo, Assessoria de Imprensa e Comunicação Social, Escola Judiciária Eleitoral.

Para a comemoração do Dia da Memória do Poder Judiciário, o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás apresenta à comunidade o Memorial Virtual, criado pela Portaria PRES n° 111/2021, lançado na data de 10 de maio de 2021, onde pode ser visitado o seu acervo, a história da Justiça Eleitoral, exposições, fotografias, galerias, publicações, mapas das Zonas Eleitorais e demais informações sobre a Memória da Justiça Eleitoral de Goiás.

O acesso ao acervo físico pode ser feito de forma programada, de segunda-feira a sexta-feira, das 12 às 18h, por meio do endereço eletrônico: memorial-lista@tre-go.jus.br, assim que for liberada a visitação presencial.

Pesquisas sobre dados históricos da Justiça Eleitoral de Goiás podem ser solicitadas na aba “Pesquisas”.

O Memorial e o Memorial Virtual são vinculados ao Centro Histórico da Justiça Eleitoral de Goiás e integram a estrutura da Secretaria Judiciária, estando vinculados à Seção de Biblioteca, Arquivo e Memória da Coordenadoria de Gestão da Informação.

Coordenadoria de Gestão da Informação