Levantamento Socioambiental

Instituição Responsável:

Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/CEPA)

Coordenadores:

Luiz Toresan

Objetivo:

Identificação das espécies mais importantes do ponto de vista socioeconômico e cultural, seus usos atuais e potenciais; aplicação de entrevistas-piloto junto a agricultores que vivem nas proximidades das parcelas amostradas para o inventário de campo e consultas com especialistas.


Para a pesquisa socioambiental sobre o uso de recursos das florestas nativas de Santa Catarina foi aplicado um questionário aos moradores do entorno de 123 conglomerados do IFFSC (103 municípios). Ao todo foram entrevistados 777 moradores rurais e 130 especialistas.

No entorno de cada um dos pontos amostrais, num raio de até três quilômetros a partir do ponto, foram entrevistadas de cinco a dez moradores, os mais próximos do ponto, um por domicílio e somente se residiam na área rural. Para a seleção do entrevistado no domicílio, procurou-se a mesma representatividade de gênero (50% de homens e 50% de mulheres).

Foram coletadas informações de identificação e caracterização das parcelas, de caracterização socioeconômica dos informantes, de identificação do uso do solo, das matas e das espécies nativas existentes, bem como informações que permitam avaliar as relações e percepções dos entrevistados em relação ao valor de existência e de uso das florestas naturais e aos aspectos legais da política ambiental.