Ligados na vida

APRENDER SOBRE SEGURANÇA NA REDE ELÉTRICA PODE SER DIVERTIDO.

Chegamos em Guriri/São Mateus, no norte do Espírito Santo, para realizar o projeto de pintura em uma subestação remota da EDP, empresa que distribui energia elétrica para a região.

A partir do contato com a comunidade do entorno, elaboramos como ação educativa um dia de Circuito Elétrico, em que ocupamos uma quadra pública para realizar uma gincana com a comunidade, que abordou o tema segurança na rede elétrica.

Energia em movimento!

A comunidade foi mobilizada por meio de carro de som e cartazes, além de dois professores de educação física da cidade, que foram contactados para liderarem as atividades no dia. As crianças e adolescentes foram divididos em times para competir pelo primeiro lugar em um torneio de atividades físicas e de conhecimento em circuitos montados na quadra.

A CRIAÇÃO

Após as vivências e atividades, criamos os personagens como representação dos hábitos presentes na comunidade, como casas em construção, jovens soltando pipa, brincadeiras de rua e bicicleta.

Mesmo se tratando de uma necessidade de comunicação de advertência representada pelo alto risco de uma estação remota, escolhemos uma linguagem verbal que reforça positivamente as atitudes preventivas.

A PINTURA

A pintura durou cerca de 15 dias e contou com a colaboração de dois artistas locais que integraram nossa equipe.

Focando nos principais riscos em torno da rede elétrica, propomos esta obra que visa conscientizar a população local.

FICHA TÉCNICA

[março e abril de 2018]

Renato Pontello (coordenação e criação) | Juliana Lisboa (produção executiva e imersão) | Maria Luiza de Barros (pesquisa e imersão) | Liam Bononi (pintura) | Luisa Aguiar (pintura) | Natty Dread (pintura)

REALIZAÇÃO E APOIO