Aqui se brinca

A intervenção Aqui se Brinca foi realizada em 2017 na praça da comunidade do Floresta, considerada um dos menores morros da cidade de Vitória, Espírito Santo.

O bairro recebeu a obra da praça um ano antes da pintura. A intervenção buscou ressignificar o espaço, criando um ambiente imersivo que possibilita um uso lúdico do espaço por parte de pais e crianças.

A pintura foi criada com a ideia de que o primeira pavimento seja o espaço do brinquedo e o segundo na brincadeira. Além disso, revitalizamos o cantinho abaixo da escada, muito conhecido como o banheiro dos cachorros, onde fizemos um canteiro de flores com auxílio dos moradores e da Secretaria Municipal do Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Vitória. Também unimos dois bancos de concreto com madeira, para criar um assento mais atrativo para a permanência na praça, principalmente para os responsáveis pelas crianças.

o mergulho

COMO PODEMOS ESTIMULAR A VIVÊNCIA DOS MORADORES NO ESPAÇO DA PRAÇA?


A pergunta norteadora do projeto surgiu como resultado do processo de imersão realizado no entorno da praça.

Aplicamos um questionário com as crianças em formato de jogo de tabuleiro, afim de observar seu comportamento, suas percepções e claro, suas brincadeiras preferidas! Entrevistas com moradores adultos, principalmente vizinhos também foram realizadas.

A CRIAÇÃO

A obra se contrapõe ao estigma de violência que marcava aquele espaço, fazendo com que por muitos momentos a praça permanecesse vazia.

Criamos uma personagem para o pavimento superior que simboliza a proteção da praça e da natureza ao redor, derramando sobre todo o ambiente um balde de cores.

No andar de cima, utilizamos linhas e formas que sugerem novos fluxos e dinâmica, gerando uma linguagem que dialoga com as brincadeiras de rua presentes no território, como pique-gelo, pique-bandeira, queimada, capoeira e futebol.

Para quem está dentro da pintura, a sensação é de estar imerso em cores.

A PINTURA

HORA DE OCUPAR!

No momento da entrega da praça fizemos uma celebração junto aos moradores, com comida, música e uma ação de plantio de mudas no novo canteiro com as crianças, que envolveu um pacto de proteção da praça.

FICHA TÉCNICA

[outubro e novembro de 2017]

Renato Pontello (coordenação e criação) | Juliana Lisboa (coordenação executiva e imersão) | Maria Luiza de Barros (pesquisa e imersão) | Ed Brown(Pintura) | Iury Borel (Pintura) | Anderson Cardoso (Pintura) | Natanael de Souza (assistente de produção) | Letícia Tambucci por MAPEIA360 (foto e vídeo).


REALIZAÇÃO E APOIO