..:: RESENHA RECONTOS #0 ::..


 

Resenha: Recontos #0
09/03/2007 Por Michelle Ramos

 

Recontos #0

é uma publicação Independente, editada pelos quadrinhistas Rafael Costa e Ricardo Fonseca, nesta publicação (divulgada aqui) o objetivo inicial dos artistas é a adaptação de contos literários brasileiros, desta forma tentam inovar as Hqs brazucas, que geralmente se hqs de heróis, com exceções é claro, nesta edição a dupla faz uma adaptação dos contos do escritor Daniel Galera; seus contos retratam temas urbanos algumas das histórias são bem cotidianas, às vezes bem simples mais que retratam situações bem pessoais na vida do ser humano de forma geral.

Subconsciente, È estranha e com uma narrativa bem confusa, parece contar o sonho ou pesadelo de um rapaz que se vê perdendo seu pênis, assim como vê a perda do pênis de de todos os homens ao seu redor.

Natureza morta. Eu poderia dizer que se resume numa relação sexual entre um jovem e uma mulher mais velha, mas creio que a mulher era uma prostituta (que tipo de mãe deixa seu filho de 5 anos sozinho em casa e vai pro Bar arrumar um homem pra transar?), que leva o rapaz ao seu apartamento para manter essa relação. Mas ao Chegar lá o rapaz encontra o filho desta mulher (a mãe esta dormindo e o cara encontra o guri no banheiro) que pergunta ao cara onde esta seu pai.

Tiroteio, resumidamente é uma hq de humor e vem bem a calhar, um jovem esta num bar bebendo e se ver conversando com um velho bêbado sobre o lindo neném deste, é aquela sensação estranha quando somos de alguma forma forçados a nos relacionar comum estranho, tem um tom critico. Muito legal, a segunda melhor hq da revista.

Todas as rosas do balde , a melhor hq da revista, fecha a edição com uma bela critica a atual situação dos meninos e meninas “de rua” que vemos vendendo algo nas esquinas e bares da cidade. Uma menina de rua, vendedora de rosas, é “forçada” a se sujeitar a ser tocada por um velho, para que este compre todas as rosas de seu balde, o velho que aos olhos de outros se passa por um bom velhinho, que faz uma tremenda caridade comprando todas as rosas da menina. Histórias assim, com certeza vale a pena agente ler.

A Revista tem 36 páginas, capa em preto, branco e vermelho, miolo em preto e branco e tamanho de 20,5 x 29,5 cm.

Para comprar entre em contato com o Rafael Costa pelo e-mail luzesombrahq@yahoo.com.br