RESENHA: MANICOMICS 33


 

O Seu Guia para Aventuras Impossíveis!
Por Michelle Ramos.
 
Pense numa revista que sabe a hora certa de chegar em suas mãos, que sabe exatamente o que dizer a você quando precisa de uma boa injeção de animo para continuar em frente, sabendo que existem várias pessoas que contam com você...
Pois foi exatamente nessa situação que recebi esta edição do Manicomics, não só essa, como outros maravilhosos números que irei compartilhar com vocês logo, essa edição é pra lá de especial, pois foi lançada logo após a conquista do
3° Troféu HQ Mix como Melhor Fanzine do Brasil.
 
Então, desnecessário é dizer quanto fiquei honrada em receber mais uma vez um material dessa qualidade. Uma coisa super legal no Manicomics, é a forma não só profissional com que é feito, (já que a começar de seu editor o JJ Marreiro, toda a equipe e seus colaboradores é recheada de feras da HQ Brasuca), mas a forma descontraída com que é realizada, todo texto, tem sempre uma pitada de humor , é como se estivéssemos conversando com um grande amigo de Escola, por mais que o assunto seja sério, ele consegue nos fazer rir em algum momento. Isso com certeza são um dos motivos que ao receber, agente não queira mais largar a revista.
 
A Qualidade Gráfica nem se fala, sempre impecável, xérox de alta qualidade, na verdade nem parece xérox.
 
As HQS...
 
Abrindo a revista temos a HQ de Lene, com seu Bezerro Bizarro em Golpe de Mestre, bem divertida, as coisas não acontecem exatamente como o Bezerro queria, mas ele é um cara da paz, tem um jeitinho especial para tudo.
 
A segunda Hq é de autoria do Estupendo JJ Marreiro, numa aventura repleta de ação emoção, com a Mulher Estupenda e o Esquadrão de Super Hérois, o estilo clássico, da arte do roteiro do JJ nas Hqs da Estupenda, são sempre elogiados e nos fazem lembrar dos quadrinhos antigos, aquelas maravilhas que guardamos a sete chaves em nossas coleções.
 
A terceira HQ da edição promete abalar as estruturas, Cariawara é nome dessa saga, que apresenta conspirações, intrigas e ameaças ao ecosistema, nessa primeira parte, é apresentada a origem de Cariawara, que tem tudo pra ser umas das grandes sagas brasileiras já vista, apresentando um personagem que com certeza vai cai nas graças dos fãs de quadrinhos, a criação e o roteiro é de Daniel Brandão, um dos grandes pesos pesados do Manicomics e a arte de Ronaldo Mendes, que vem dando um verdadeiro show com seus trabalhos.
 
A quarta e ultima Hq é a estréia de Vagner Francisco e Alcione nas paginas do Manicomics, de uma forma suave lemos a Hq Por Júlia que tem a cara de livro ilustrado mesclando poesia e uma pura e singela declaração de amor.
 
Artigos...
 
Artigos são sempre bem-vindos e nessa edição foi bem especial, o artigo Desenhistas Terráqueos, fala sobre a essa onda de criação de fotologs por vários artistas brasileiros, especialmente no Flog Terra, que praticamente virou uma Comunidade para os amantes dos Quadrinhos Nacionais, o artigo mostra, como a criação do flog tem ajudado vários artistas a crescer profissionalmente, criando várias parcerias e como ele também cumpre sua função da divulgação do quadrinhos nacional, logicamente também apresenta vários endereços virtuais, para que os leitores que ainda não conhecem possam vir a acessar e conhecer os varios artistas que estão fazendo parte desse provedor. Agradeço a inclusão do Zine Brasil nesse artigo desde já.
 
Entrevistas...
 
O Entrevistado da vez no Manicomics é o artista Ronaldo Mendes (Cariawara), onde podemos ter uma idéia do cotidiano do artista, ver um pouco de seus vários estilos e apreender a difícil arte de ser um quadrinhista em busca de seu ligar ao sol aqui no Brasil, a entrevista é realizada pelo JJ Marreiro, que como sempre faz um belo trabalho de “investigação”.
 
A revista também tem sessão de cartas, bem visitada por sinal, e falando nisso paro por aqui... Eu vou escrever a minha.
 
 

>>HOME