..:: QUEM SOU EU? ::..

08/10/2007 Por Michelle Ramos.

 

Quem sou eu, miserável pecador
Para que tu viesses a morrer
Por mim, ó Jesus, meu Senhor

Tua graça manifesta teu perdão
Pois naquela cruz por todos,
Entregaste teu coração

Pena os povos não poderem ver
Teu amor, teu perdão
Tua graça e compaixão

Pois mesmo nos vendo pecar
Sempre nos busca para libertar

Libertar do mau que assola este mundo
Libertar da dor que dói lá no fundo

No fundo do nosso Ser
Mas sei que tu desejas nos fazer renascer

Renascer para te amar
Renascer para te buscar
Renascer para ti dizer
Ó senhor Jesus, eu amo você!

Tu desejas que estejamos dia e noite a ti buscar
Tu desejas que estejamos dia e noite a te amar

Mas quem sou eu para ter este privilégio
Se para muitos é até um sacrilégio

Quem sou eu para ver o dia amanhecer
Se, sei que mereço a escuridão por um dia te desobedecer

Quem sou eu para ter o pão de cada dia
Se muitas vezes não divido com o próximo esta alegria

Quem sou ó Senhor para possuir dentro de mim o teu amor sem fim
Se muitas vezes não o reparto com aquele que esta próximo a mim

Quem sou eu ó Senhor para conhecer a tua verdade
Se muitas vezes não prego esta liberdade

Quem sou eu para ter tua palavra em minhas mãos, cabeça e coração
Se não saio ao mundo pregando a tua salvação

Afinal, quem sou eu? Sou pó, barro e cinza.
Mas na mão do oleiro fiel, sei que poderei ser uma benção a esta nação
A partir do momento que proclamar a salvação, a este mundo carente do teu perdão.


** Quão formosos são sobre os montes os pés que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus Reina! ** Profeta Isaias 52.7