Estádio

O Estádio Urbano Caldeira, mais conhecido como Vila Belmiro, é o maior estádio de futebol da Baixada Santista e abriga o Santos Futebol Clube, um dos maiores clubes de futebol no Brasil que foi fundado em 14 de Abril de 1912 e revelou diversos craques para o mundo, como o ídolo mundial Rei Pelé.

O estádio na Vila Belmiro foi construído em 1916 e é um dos estádios mais velhos do Brasil e tem capacidade para cerca de 20 mil pessoas. Bem perto da Vila Belmiro encontra-se o Estádio Ulrico Mursa, da Portuguesa Santista
.

Santos Futebol Clube, logo após sua fundação, realizava seus treinos em um campo localizado no Bairro do Macuco. Como o gramado não tinha as dimensões oficiais mínimas, seus jogos eram disputados no terreno onde hoje está a "Igreja Coração de Maria", na avenida Ana Costa.

O campo no entanto, era utilizado também por outros clubes da cidade. Em 1915, a situação chegava a um limite, obrigando o clube a rejeitar visitas de clubes internacionais, inclusive.

Para resolver o problema, os dirigentes passaram a procurar terrenos na cidade. Em 31 de maio de1916, uma Assembléia Geral aprovou a compra de uma área de 16.500 metros quadrados, no Bairro daVila Belmiro.

E no dia 12 de outubro daquele ano, o sonho se torna realidade com a inauguração da praça de esportes da Vila Belmiro. O primeiro jogo, foi realizado 10 dias depois, contra o Ypiranga, válido peloCampeonato Paulista. O Santos venceu por 2-1, sendo Adolfo Millon Jr. o autor do primeiro gol no estádio.

Chamado carinhosamente de a Vila mais famosa do Mundo, o nome oficial do estádio é Urbano Caldeira. Durante o periodo conhecido como " a era Pelé " (1957-1974), em virtude de os adversários sairem derrotados com frequencia pelo Santos F.C em seu estádio neste período, o estádio ficou conhecido pelo apelido de " O alçapão da Vila "

A denominação Estádio Urbano Caldeira, surgiu em 1933, como homenagem a um dos maiores benfeitores do clube.

Caldeira foi um dos mais fanáticos entusiastas do clube, dedicando 20 anos de sua vida ao engrandecimento do Santos.

Comments