Português‎ > ‎

Artigos para Webmasters

Artigos Recentes

  • "Erros de rastreamento em smartphones" nas Ferramentas do Google para webmasters Nível do webmaster: todosAlguns websites otimizados para smartphones estão desconfigurados, e isso faz com que não exibam aos usuários a informação que eles procuravam. Por exemplo, usuários de smartphone ...
    Posted Dec 16, 2013, 10:02 AM by Diogo Botelho
  • Recuperação de sites invadidos ficou mais fácil Nível de webmaster: todosSabemos que, como proprietário de um site, é estressante descobrir que seu site foi invadido com spam ou malware, e tentar limpá-lo em um curto ...
    Posted Oct 31, 2013, 10:49 AM by Diogo Botelho
  • Mudanças na classificação dos resultados de pesquisa de smartphone Nível de webmaster: todosOs usuários de smartphone são um segmento de usuários da Internet em rápido crescimento, e nós, na Google, desejamos que eles aproveitem toda a capacidade da ...
    Posted Aug 13, 2013, 10:35 AM by Joana Nicolau
  • Ver ações manuais nas Ferramentas para Webmasters Nós nos esforçamos por manter o spam fora dos resultados de pesquisa dos nossos utilizadores. Isso inclui tanto melhorar nossos algoritmos anti-spam, bem como tomar acções manuais em casos ...
    Posted Aug 8, 2013, 12:37 PM by Joana Nicolau
  • 6 dicas para saber se seu site foi invadido A invasão de sites é um dos maiores problemas detetados nos sites portugueses. O conteúdo invadido pode ser invisível para os usuários e, frequentemente, também para os webmasters.Quando hackers ...
    Posted Aug 5, 2013, 9:04 AM by Joana Nicolau
  • Backlinks e pedidos de reconsideração Nível do webmaster: avançadoAo conversar com proprietários de sites em Fóruns para webmasters do Google, nós nos deparamos com perguntas sobre pedidos de reconsideração e sobre como lidar com ...
    Posted Jul 15, 2013, 3:28 AM by Joana Nicolau
Showing posts 1 - 6 of 32. View more »

Todos os artigos

"Erros de rastreamento em smartphones" nas Ferramentas do Google para webmasters

posted Dec 13, 2013, 3:37 AM by Diogo Botelho   [ updated Dec 16, 2013, 10:02 AM ]

Nível do webmaster: todos

Alguns websites otimizados para smartphones estão desconfigurados, e isso faz com que não exibam aos usuários a informação que eles procuravam. Por exemplo, usuários de smartphone vêem uma página de erro ou são redirecionados para uma página irrelevante, enquanto os usuários de computadores vêem o conteúdo que desejam. Alguns desses problemas, detectados pelo Googlebot como erros de rastreamento, prejudicam muito a experiência do usuário do seu website e constituem a base de algumas das nossas recentemente anunciadas alterações de classificação nos resultados da pesquisa para smartphones.

A partir de hoje, pode usar o recurso "Erros de rastreamento" expandido nas Ferramentas do Google para webmasters para ajudar a identificar as páginas nos seus sites que apresentam esses tipos de problemas. Apresentamos a seção "Erros de smartphone" onde compartilhamos as páginas detectadas com erros encontrados somente no Googlebot para smartphones.


Alguns dos erros compartilhados incluem:

  • Erros soft 404 e de página não encontradauma página exibe uma mensagem "não encontrada" ao Googlebot quando retorna um código de status 404 HTTP ou quando a página foi detectada como uma página de erro soft.
  • Problema de redirecionamento: um problema de redirecionamento é um erro específico a smartphones que ocorre quando uma página de computador redireciona os usuários de smartphone para uma página que não é relevante para a consulta que fizeram. Um exemplo típico é quando todas as páginas do site de computador redirecionam usuários de smartphone para a página inicial do site otimizado para smartphone.
  • URLs bloqueados: um URL bloqueado ocorre quando o robots.txt do site explicitamente desautoriza o rastreamento feito pelo Googlebot para smartphones. Geralmente, as instruções de desautorização do robots.txt específicas para smartphones são errôneas. Analise suas configurações de servidor se você vir informações sobre URLs bloqueados nas Ferramentas do Google para webmasters.

Corrigir erros exibidos nas Ferramentas do Google para webmasters pode tornar seu site melhor para os usuários e ajudar nossos algoritmos a indexarem melhor seu conteúdo. Aprenda mais sobre como criar websites para smartphone e como corrigir erros comuns. Como de costume, pergunte em nossos fóruns se você tiver dúvidas.

Postado por Pierre Far, Analista de tendências para webmasters

Recuperação de sites invadidos ficou mais fácil

posted Oct 31, 2013, 10:26 AM by Diogo Botelho   [ updated Oct 31, 2013, 10:49 AM ]

Nível de webmaster: todos

Sabemos que, como proprietário de um site, é estressante descobrir que seu site foi invadido com spam ou malware, e tentar limpá-lo em um curto espaço de tempo pode ser muito desafiador. Por isso, trabalhamos para facilitar a recuperação e agilizar o processo de limpeza: notificamos os webmasters quando o software executado no site está desatualizado e criamos um portal de ajuda exclusivo para sites invadidos contendo artigos detalhados que explicam cada etapa do processo de recuperação, incluindo vídeos. 

Hoje, temos a satisfação de apresentar um novo recurso, chamado Problemas de segurança, nas Ferramentas do Google para webmasters.


Como proprietário de site verificado, você poderá:

  • Encontrar mais informações sobre os problemas de segurança no seu site em um só lugar.
  • Identificar mais rápido o problema com snippets de código detalhados.
  • Solicitar a revisão de todos os problemas de uma só vez por meio do novo processo simplificado.


Encontre mais informações sobre os problemas de segurança no seu site em um só lugar

Agora, quando detectarmos uma possível invasão do seu site com spam ou malware, mostraremos todas as informações no mesmo lugar para facilitar a consulta. As informações que antes estavam disponíveis na seção "Malware" das Ferramentas do Google para webmasters, bem como novas informações sobre o spam inserido pelos hackers, podem agora ser encontradas na seção "Problemas de segurança". Na página principal dos Problemas de segurança, são exibidos o tipo de invasão, os URLs de amostra (se disponíveis) e a data mais recente em que detectamos o problema.


Identifique mais rápido o problema com snippets de código detalhados

Sempre que possível, tentaremos mostrar os snippets do código HTML e JavaScript dos URLs invadidos e listar ações recomendadas para o ajudar a limpar o tipo específico de invasão identificada.



Solicite a revisão de todos os problemas de uma só vez

Também simplificamos o pedido de revisão. Após limpar seu site e corrigir as falhas de segurança, você pode solicitar uma revisão de todos os problemas com um clique em um botão na página "Problemas de segurança".


Se precisar de mais assistência, nosso portal de ajuda para sites invadidos, atualizado e expandido, está disponível em 22 novos idiomas. Dê sua opinião nos comentários desta página ou no Fórum de Ajuda para webmasters.

Meenali Rungta, Equipe de spam, e Hadas Fester, Equipe das Ferramentas do Google para webmasters

Mudanças na classificação dos resultados de pesquisa de smartphone

posted Aug 13, 2013, 10:34 AM by Joana Nicolau   [ updated Aug 13, 2013, 10:35 AM ]

Nível de webmaster: todos

Os usuários de smartphone são um segmento de usuários da Internet em rápido crescimento, e nós, na Google, desejamos que eles aproveitem toda a capacidade da Web. Como parte de nossos esforços para melhorar a Web para dispositivos móveis, publicamos as recomendações e os erros de configuração mais comuns.


Ao evitar esses erros, você ajuda seus usuários de smartphone a se envolverem plenamente com o site, além de ajudar as pessoas que fazem uma pesquisa a encontrarem o que procuram com mais rapidez. Para melhorar a experiência de pesquisa dos usuários de smartphone e resolver dificuldades, planejamos realizar diversas mudanças de classificação em breve para lidar com os sites que não estão configurados corretamente para esses usuários.


Vejamos os dois erros mais comuns e como corrigi-los.


Problemas de redirecionamento


Alguns sites usam URLs separados para atender a usuários de desktop e de smartphone. Um redirecionamento problemático é quando uma página para desktop redireciona usuários de smartphone para uma página irrelevante no site otimizado para smartphone. Um exemplo típico é quando todas as páginas do site de desktop redirecionam usuários de smartphone para a página inicial do site otimizado para smartphone. Por exemplo, na imagem abaixo, os redirecionamentos exibidos como setas vermelhas são considerados problemáticos:




Esse tipo de redirecionamento interrompe o fluxo de trabalho do usuário e pode fazer com que ele deixe de usar o site e acesse outro. Mesmo que o usuário não abandone o site, redirecionamentos irrelevantes dão mais trabalho, o que é particularmente incômodo quando são usadas redes móveis lentas. Esses redirecionamentos problemáticos frustram os usuários, quer procurem uma página da Web, um vídeo ou outro item. Nossas alterações na classificação afetam diversos tipos de pesquisa.


Evitar redirecionamentos irrelevantes é muito fácil: é só redirecionar os usuários de smartphone de uma página de desktop para sua página equivalente otimizada para smartphone. Se não houver conteúdo em formato para smartphone, mostrar o conteúdo para desktop é melhor do que redirecionar para uma página irrelevante.


Temos mais dicas sobre redirecionamentos. Além disso, leia nossas recomendações sobre URLs separados para usuários de computador e de smartphone.


Erros que ocorrem apenas com smartphone


Alguns sites apresentam conteúdo para usuários de desktop acessando um URL, mas exibem uma página de erro para usuários de smartphone. Há diversas situações em que vemos erros que ocorrem apenas com smartphone. Alguns erros comuns são:


  1. Se identificar que um usuário visita uma página para computador a partir de um dispositivo móvel e você tiver uma página equivalente para smartphone em um URL diferente, redirecione-o para esse URL em vez de exibir uma página 404 ou uma página de erro soft 404.

  1. Certifique-se de que a página para smartphone não é uma página de erro. Se o conteúdo não estiver disponível no formato para smartphone, mostre a página para desktop. Exibir o conteúdo que o usuário procura é uma experiência muito melhor do que exibir uma página de erro.

  1. Manipulação incorreta do Googlebot Mobile. É um erro comum o Googlebot Mobile para smartphones ser redirecionado incorretamente ao site otimizado para feature phones que, por sua vez, redireciona o Googlebot Mobile para smartphones de volta ao site de computador. Isso resulta em um loop de redirecionamento infinito, o qual reconhecemos como erro.
    É fácil evitá-lo: todos os user agents do Googlebot Mobile se identificam como dispositivos móveis específicos, e você deve tratar esses user agents exatamente como trataria esses dispositivos. Por exemplo, o Googlebot Mobile para smartphones atualmente se identifica como um iPhone, e você deve exibir a mesma resposta que um usuário de iPhone receberia.

  1. Vídeos que não podem ser reproduzidos em smartphones. Muitos sites incorporam vídeos de um modo que funciona bem em desktops, mas não em smartphones. Por exemplo, se o conteúdo requer Adobe Flash, ele não poderá ser reproduzido em um iPhone ou em versões 4.1 ou superiores do Android.


Embora tenhamos abordado apenas dois tipos de erro, é importante que os webmasters evitem todos os erros comuns de configuração de sites para smartphone. Teste seu site nos mais variados dispositivos móveis e sistemas operacionais possíveis ou nos emuladores, testando também os vídeos incluídos em seu site. Ao fazer isso, você melhora a Web para dispositivos móveis, deixa seus usuários satisfeitos e permite às pessoas que fazem uma pesquisa aproveitarem seu conteúdo plenamente.


Como sempre, poste seu comentário em nossos fóruns se você tiver dúvidas.


Yoshikiyo Kato, engenheiro de software, em nome da Equipe de pesquisa para dispositivos móveis, e Pierre Far, webmaster trends analyst


Ver ações manuais nas Ferramentas para Webmasters

posted Aug 8, 2013, 12:05 PM by Joana Nicolau   [ updated Aug 8, 2013, 12:37 PM ]

Nós nos esforçamos por manter o spam fora dos resultados de pesquisa dos nossos utilizadores. Isso inclui tanto melhorar nossos algoritmos anti-spam, bem como tomar acções manuais em casos de violações de nossas diretrizes de qualidade. Muitos webmasters gostariam de ver se seus sites são afetados por uma ação manual contra spam, por isso hoje nós estamos introduzindo um novo recurso que deve ajudar. O visualizador de ações manuais nas Ferramentas para Webmasters mostra informações sobre ações manuais tomadas pela equipe de webspam que afetam diretamente o posicionamento do site nos resultados de pesquisa do Google. Para experimentar usá-lo, aceda à sua conta nas Ferramentas para Webmasters e clique no link "Ações Manuais" em "Tráfego de Pesquisa".

Você provavelmente verá uma mensagem que diz: "Nenhuma ação manual encontrada." Uma análise recente de nosso índice mostrou que menos de 2% de domínios que vimos são removidos manualmente por spam. Se você vir essa mensagem, então o site não tem uma remoção manual ou rebaixamento direto por motivos de spam.

Se o seu site faz parte da pequena fração de sites com uma ação manual, o mais provável é que já tenha sido notificado nas Ferramentas para Webmasters. Vamos continuar enviando as notificações, mas agora você também pode verificar a qualquer momento junto dos nossos sistemas internos de webspam. Aqui está o que lhe apareceria se o Google tivesse tomado ação manual em uma seção específica do site no caso de "Spam gerado pelo usuário":



Neste exemplo hipotético, não existe uma correspondência em todo o site, mas sim uma correspondência parcial. A correspondência parcial significa que a ação se aplica apenas a uma seção específica de um site. Neste caso, o webmaster tem o problema de outras pessoas colocarem spam em mattcutts.com/forum/. Ao resolver este problema comum, o webmaster não só pode ajudar a restaurar o posicionamento do seu fórum no Google, mas também melhorar a experiência de seus usuários. Clicando no link "Saiba mais" oferecemos novos recursos para a resolução de problemas.

Depois de ter corrigido eventuais violações das diretrizes de qualidade do Google, o próximo passo é solicitar uma reconsideração. Com este novo recurso, você vai encontrar um processo de pedido de reconsideração mais simples e racional. Agora, quando você visitar a página de pedido de reconsideração, você vai poder  verificar se o seu site tem ações manuais, e, em seguida, solicitar a reconsideração somente se houver uma ação manual aplicada ao seu site. Se você tiver um problema de spam para resolver, você poderá fazê-lo directamente a partir da página de ações manuais clicando em "solicitar uma revisão." 

O visualizador de ações manuais é a resposta a um pedido recorrente por parte dos webmasters. Esperamos que tranquilize a grande maioria dos webmasters que não têm nada com que se preocupar. Para o pequeno número de pessoas que têm problemas efectivos de spam para resolver, esperamos que esta nova informação ajude a acelerar a resolução de problemas. Se tiver dúvidas, não hesite em nos contactar através do Fórum de Ajuda para Webmasters.

Postado por Matt Cutts, Distinguished Engineer

6 dicas para saber se seu site foi invadido

posted Aug 5, 2013, 8:26 AM by Joana Nicolau   [ updated Aug 5, 2013, 9:04 AM ]

A invasão de sites é um dos maiores problemas detetados nos sites portugueses. O conteúdo invadido pode ser invisível para os usuários e, frequentemente, também para os webmasters.


Quando hackers ganham acesso a seu site, seja explorando vulnerabilidades no seu CMS ou roubando seus detalhes de login, podem fazer várias coisas:


- Injetar código prejudicial que poderá redireccionar os usuários para sites fraudulentos ou roubar passwords;

- Injetar conteúdo indesejado nas suas páginas, normalmente sob a forma de texto e/ou links ocultos;

- Injetar páginas e/ou pastas de páginas com conteúdo indesejado.


Por isso, hoje trazemos algumas dicas para o ajudar a verificar se seu site foi invadido.


1 -  Faça uma pesquisa com o operador “site:” e esteja atento aos avisos nos resultados de pesquisa


Faça uma pesquisa normal no google utilizando o operador “site:” (ou seja, site:exemplo.com). Se vir uma mensagem a dizer “Este site pode danificar seu computador” ou “Este site pode estar comprometido”, significa que detectamos que seu site pode ter sido invadido.


De seguida utilize o operador “site:” em conjunto com palavras habitualmente injetadas. Exemplos:


- site:exemplo.com viagra

- site:exemplo.com cheap

- site:exemplo.com loans

- site:exemplo.com casino


Ou, em alternativa, site:exemplo.com (viagra|cialis|casino|cheap|amateur|downloads)


Se o seu site estiver comprometido, poderá ver uma lista de resultados do seu site com páginas contendo estas palavras. Alguns dos tipos mais comuns de conteúdo injetado são textos e links de natureza farmacêutica, adulta, financeira e downloads. Exemplo de como uma pesquisa com o operador "site:" funciona.


Se não encontrou nenhum conteúdo problemático agora, óptimo! Para ser informado automaticamente por email quando isso acontecer, use a mesma pesquisa e crie um Google Alert.



2 - Verifique seu site nas Ferramentas da Google para Webmasters


Quando o Google deteta que um site foi invadido e aplica uma ação manual, você receberá uma notificação na sua conta nas Ferramentas para Webmasters. Adicionalmente, na secção “Malware” poderá encontrar mais informação.



3 - Buscar como o Google


Depois de fazer a pesquisa descrita no ponto 1, escolha dois ou três URLs e submeta-os no Buscar como o Google nas Ferramentas para Webmasters para verificar se existe conteúdo oculto. Por vezes as páginas parecem normais quando se abrem no navegador mas os hackers podem ter injetado conteúdo apenas visível para o Googlebot. Esta funcionalidade ajudará você a ver a página como o Googlebot a vê.



4 - Palavras-chave do conteúdo


Na funcionalidade Palavras-chave do Conteúdo nas Ferramentas para Webmasters você poderá ver quais as palavras que o Googlebot encontra mais frequentemente quando rastreia seu site. Mantenha-se atento a palavras estranhas subindo na lista, como as mencionadas no ponto 1. Se clicar em cada palavra obterá uma lista de URLs de exemplo onde essas palavras foram detectadas mais frequentemente.



5 - Links para o seu site


Dê uma vista de olhos na secção “Links para o Seu Site”, especialmente nas secções “Maior quantidade de links” e “Como seus dados são vinculados”. É frequente os hackers apontarem para os sites invadidos a partir de outros sites, normalmente sites com tópicos totalmente não relacionados. Esteja atento ao aparecimento de URLs estranhos ou palavras-chave de spam.



6 - Mantenha o seu software actualizado e não partilhe as suas passwords


Se o seu site corre em CMS populares como o vBulletin, Wordpress ou Joomla, é mais provável que seja alvo de invasão e você deve ter o cuidado de actualizar o seu software de modo a minimizar as vulnerabilidades. Nunca partilhe os seus dados pessoais online e mude as suas passwords regularmente visto que é uma das formas mais eficázes de prevenir acessos indesejados ao seu site. A activação da verificação em duas etapas também ajudará significativamente a aumentar o nível de segurança da sua conta.



Como sempre, convidamo-lo a partilhar a sua opinião no Fórum para Webmasters.


Por Joana Nicolau


Backlinks e pedidos de reconsideração

posted Jul 15, 2013, 3:27 AM by Joana Nicolau   [ updated Jul 15, 2013, 3:28 AM ]

Nível do webmaster: avançado


Ao conversar com proprietários de sites em Fóruns para webmasters do Google, nós nos deparamos com perguntas sobre pedidos de reconsideração e sobre como lidar com problemas relacionados a backlinks. Aqui estão algumas perguntas comuns juntamente com nossas recomendações.


Quando devo registrar um pedido de reconsideração?


Se o site violar as diretrizes de qualidade do Google ou se já as violou no passado, poderá ser aplicada uma ação manual ao site para evitar spam nos resultados de pesquisa. Você será informado dessa violação por meio de uma notificação nas Ferramentas do Google para Webmasters ou talvez pelo proprietário anterior ou SEO do site. Para que essa ação manual seja revogada, primeiro verifique se o site não viola mais nossas diretrizes de qualidade. Depois de concluir isso, é hora de registrar um pedido de reconsideração.


Devo registrar um pedido de reconsideração se achar que meu site foi afetado por uma alteração algorítmica?


Os pedidos de reconsideração se destinam a sites com ações manuais. Se a visibilidade do site foi afetada apenas por uma alteração algorítmica, não há qualquer ação manual a ser revogada e, por isso, não é necessário registrar um pedido de reconsideração. Se você não tiver certeza de que se trata de uma alteração algorítmica ou de uma ação manual e tiver encontrado problemas que entretanto resolveu, é bom enviar um pedido de reconsideração.


Como posso avaliar a qualidade dos backlinks de um site?


seção links para seu site das Ferramentas do Google para webmasters é um ótimo ponto de partida para uma investigação, já que mostram uma grande quantidade de links de entrada do site. Se você souber que foi realizada uma campanha de SEO durante um período específico, fazer o download dos links mais recentes pode ser útil para eliminar os links criados naquele momento. Ao usar os links encontrados nas Ferramentas do Google para webmasters, recomendamos buscar padrões que apontem para problemas gerais que valham a pena ser resolvidos. Por exemplo, comentários com spam em blogs, postagens em fóruns geradas automaticamente ou anúncios de texto com links que passam PageRank provavelmente serão tratados como links artificiais  e que violam as diretrizes de qualidade do Google. Para obter exemplos individuais e conselhos práticos, recomendamos recorrer a ajuda de colegas webmasters e especialistas no Fórum para Webmasters do Google


Como faço para limpar um mau perfil de backlink?


Certifique-se de primeiro identificar os links de baixa qualidade e, então, fazer um esforço significativo para removê-los ou colocá-los como nofollow. Em seguida, use a Ferramenta de links rejeitados para tratar dos demais backlinks artificiais. Recomendamos o uso do operador de domínio (domain:) nos sites com uma estrutura de URL complicada, sites de spam muito óbvios, como sites de conteúdo sem sentido, ou sites de baixa qualidade com conteúdo que não demonstre valor editorial. Assista ao vídeo sobre erros comuns ao usar a ferramenta de rejeição para mais informações.


Qual o volume de informações que preciso fornecer?


Uma documentação detalhada enviada junto com um pedido de reconsideração pode contribuir para seu sucesso, pois demonstra os esforços feitos pelo webmaster e ajuda os Googlers na investigação. Se você for incluir um link em um documento compartilhado, verifique se ele está acessível a qualquer pessoa que tiver o link.


Escrito por Kaspar Szymanski e Uli Lutz, equipe da Qualidade de pesquisa


Navegação mais fácil sem GPS

posted Jul 2, 2013, 2:21 AM by Joana Nicolau   [ updated Jul 2, 2013, 2:21 AM ]

Nível de webmaster: todos

Hoje apresentamos uma nova navegação nas Ferramentas do Google para webmasters. Esta atualização torna os recursos que usa regularmente mais fáceis de encontrar e introduz algumas novidades interessantes.

A navegação reflete o funcionamento da pesquisa

Organizámos os recursos das Ferramentas do Google para webmasters em grupos que correspondem às etapas da pesquisa



Agora as tarefas administrativas no nível da conta estão acessíveis no menu "Configurações"

Tarefas administrativas no nível da conta, como a configuração das Permissões de Usuário, Configurações do Site e Alteração de Endereço, agora estão agrupadas no ícone de roda dentada no canto superior direito. Dessa forma, esssas opções estão sempre acessíveis para você:



Esta é a lista de itens visíveis aos proprietários do site. Os usuários com acesso “total” ou “restrito” verão um subconjunto dessas opções. Por exemplo, se você for um usuário com acesso "restrito" a um site, o item de menu "Usuários e proprietários do site"  não será exibido.

Novo pop-up "Aparência da pesquisa"

Os webmasters iniciantes vão apreciar o novo pop-up "Aparência da Pesquisa", que pode ser usado para ver como o site aparece nas pesquisas e saber mais sobre as mudanças estruturais ou de conteúdo que talvez ajudem a influenciar cada elemento:



Para acessar a janela de pop-up, clique no ícone do ponto de interrogação  ao lado do menu "Aparência da pesquisa" no painel de navegação lateral.

Esse recurso inclui os elementos essenciais dos resultados de pesquisa, como título, snippet e URL, além dos elementos opcionais, como sitelinks, localizações atuais, pesquisa no site, rich snippet de evento e de produto e informações sobre autoria.

Esperamos que a nova navegação torne mais fácil para você aproveitar as Ferramentas do Google para webmasters. Como sempre, se você tiver outras dúvidas, poste seu comentário no Fórum de Ajuda para webmasters.  


Postado por Joana Nicolau, Search Quality Evaluation

Verifique seu site nas Ferramentas do Google para Webmasters usando o Gerenciador de tags do Google

posted Jun 17, 2013, 2:55 AM by Joana Nicolau   [ updated Jun 17, 2013, 8:51 AM ]

Nível do webmaster: todos

Se usar o Gerenciador de tags do Google para adicionar e atualizar as tags de seu site, agora você poderá  verificar a propriedade do site com rapidez e facilidade nas Ferramentas do Google para webmasters usando o código de snippet de recipiente

Veja como fazer isso:

1. Na página inicial das Ferramentas do Google para webmasters, clique em Gerenciar site no site que você deseja verificar e selecione Verificar este site. Se ainda não tiver adicionado o site, clique no botão Adicionar um site no canto superior direito.

verify site dashboard

Para realizar essa ação, é preciso ter as permissões "Visualizar, Editar e Gerenciar" em nível de conta no Gerenciador de tags do Google.

2. Na página "Verificação", selecione Gerenciador de tags do Google como o método de verificação e siga as etapas exibidas na tela.

Google tag manager verify

3. Clique em Verificar.

Pronto.

Se você tiver dúvidas sobre esse método de verificação, visite o Fórum de Ajuda para Webmasters

Postado por Mariya Moeva, analista de tendências para webmasters


Como usar a marcação de schema.org para logotipos de organizações

posted Jun 5, 2013, 5:51 AM by Joana Nicolau   [ updated Oct 23, 2014, 2:52 AM by Diogo Botelho ]

Nível do webmaster: todos

Anunciamos hoje o lançamento do suporte da marcação de schema.org para logotipos de organizações, uma forma de conectar seu site a uma imagem icônica. Nosso objetivo é que você possa especificar a imagem a ser usada como seu logotipo nos resultados da pesquisa do Google. 

Ao usar a marcação de organizações do schema.org, você pode indicar a nossos algoritmos a localização de seu logotipo preferencial. Por exemplo, uma empresa cuja página inicial é www.exemplo.com pode adicionar a seguinte marcação usando elementos visíveis na página em sua página inicial:

<div itemscope itemtype="http://schema.org/Organização">
<a itemprop="url" href="http://www.example.com/">Página inicial</a>
<img itemprop="logo" src="http://www.exemplo.com/logo.png" />
</div>


Atualização 21 Outubro 2014: Pode também user qualquer outra syntax suportada, como por exemplo este código JSON-LD:

<script type="application/ld+json">
      {
      "@context": "http://schema.org/",
      "@type": "Organization",
      "url": "http://www.example.com/",
      "logo": "http://www.example.com/logo.png"
      }
    </script>


Esse exemplo indica ao Google que a imagem foi designada como a imagem do logotipo da organização para a página inicial, também incluída na marcação. Quando possível, essa imagem será usada nos resultados da pesquisa do Google. Para nossos algoritmos, esse tipo de marcação é um sinal forte de que a imagem deve ser exibida preferencialmente em relação a outras quando, por exemplo, mostramos o Gráfico do Conhecimento à direita com base nas consultas dos usuários. 

Como sempre, pode entrar em contacto no Fórum de Ajuda para Webmasters se tiver dúvidas. 

Post original por RJ Ryan, engenheiro do Google

Primeiros passos com dados estruturados

posted May 30, 2013, 8:49 AM by Andre Rosa   [ updated Apr 9, 2014, 10:58 AM by Diogo Botelho ]

Nível do webmaster: todos

Se o Google entender o conteúdo de seu website de forma estruturada, poderemos apresentar esse mesmo conteúdo de forma mais precisa e atrativa para os usuários do Google. Por exemplo, nossos algoritmos podem melhorar seus resultados da pesquisa com “rich snippets” quando sabemos que sua página tem dados estruturados para um produto, evento, receita, comentário ou algo semelhante. Também podemos destacar seus dados em Painéis do Conhecimento ou em Google Now Cards, o que ajuda a divulgar seu conteúdo.
Hoje temos o prazer de anunciar dois recursos que tornarão o uso de dados estruturados mais simples do que nunca. O primeiro é uma expansão do Marcador de Dados para sete novos tipos de dados estruturados. O segundo é uma nova ferramenta, o Assistente de Marcação para Dados Estruturados.


Suporte para produtos, empresas, resenhas e mais no Marcador de Dados

O Marcador de Dados foi lançado em dezembro de 2012 como uma ferramenta para ensinar ao Google o padrão de dados estruturados dos eventos em seu website, sem precisar editar o HTML do site. Agora, você também pode usar o Marcador de dados para nos ensinar vários outros tipos de dados estruturados em seu site: produtos, empresas locais, artigos, aplicativos de software, filmes, restaurantes e episódios de TV. Para começar, visite as Ferramentas do Google para Webmasters, selecione seu site, clique no link "Otimização" na barra lateral esquerda e clique em "Marcador de dados". Será solicitado que você insira o URL de uma página tipicamente estruturada em seu site (por exemplo, uma página de produto ou de detalhes de evento) e "marque" seus campos-chave com o mouse.

Google Structured Data Highlighter


O processo de marcação leva cerca de cinco minutos para uma página ou cerca de 15 minutos para um conjunto de páginas formatadas de forma consistente. Ao fim do processo, você terá a oportunidade de verificar se o Google entendeu seus dados estruturados corretamente e, em caso afirmativo, “publicá-los” no Google. Dessa forma, à medida que seu site for rastreado ao longo do tempo, ele se tornará elegível para exibições avançadas de informações, como preços, comentários e avaliações, diretamente nos resultados da pesquisa do Google.


Nova ferramenta Assistente de marcação para dados estruturados

O Marcador de Dados é uma excelente maneira de ensinar rapidamente o Google sobre os dados estruturados de seu site sem a necessidade de editar o HTML. No entanto, em última análise, é preferível incorporar marcações de dados estruturados diretamente em suas páginas da Web para que todos os mecanismos de pesquisa possam entender seu conteúdo estruturado. Para ajudar os autores da Web com essa tarefa, temos o prazer de anunciar uma nova ferramenta: o Assistente de Marcação para Dados Estruturados.

Assim como no Marcador de Dados, você começa enviando uma página da Web (fonte HTML ou URL) e usando seu mouse para “marcar” as propriedades-chave do tipo de dados relevante. Quando você termina essa etapa, o Assistente de Marcação para Dados Estruturados gera um código HTML modelo com marcações de microdados incluídos. O download desse código pode ser feito e usado como um guia conforme você implementa dados estruturados em seu website.

Structured Data Markup Helper
O Assistente de Marcação para Dados Estruturados suporta um subconjunto de tipos de dados, incluindo todos os tipos suportados pelo Marcador de Dados e vários tipos usados para incorporar dados estruturados no Gmail. Consulte schema.org para ver a documentação completa. Esperamos que essas duas ferramentas facilitem a participação de todos os websites no pacote crescente de recursos para dados estruturados do Google.
Como sempre, poste seu comentário em em nosso Fórum de Ajuda para Webmasters.

Post original por Justin Boyan, Gerente de Produto.


1-10 of 32