Viena


Viagens & Imagens, um guia fotográfico

Viena é uma cidade cosmopolita com mais de 2.000 anos de história. Fundada pelos Romanos, representou um papel fundamental na história da Europa durante o período do Sacro Império Romano, mais tarde como capital do Império da Áustria e Império Austro-Húngaro no século 19 e capital da República da Áustria no século 20. Além disso, é um centro de artes e música, tendo abrigado artistas famosos ao longo dos séculos.

Viena foi a cidade inicial de um roteiro percorrido de trem na Áustria e Suíça em maio de 2007. O centro histórico pode ser explorado a pé ou com auxílio das excelentes linhas de metrô, bondes e ônibus que podem ser utilizados para acessar toda a cidade.

 

 

 

 

 

 

Situado no centro histórico da cidade, o Hofburg - originalmente o palácio de inverno da dinastia dos Habsburgos - é um complexo de edifícios construídos em épocas diferentes desde o século 13. Lá se encontram os apartamentos imperiais do arquiduque Francisco José e sua esposa Elisabeth da Bavária (a Sissi), a qual possui um museu que lhe é especialmente dedicado.

 

 

No complexo do Hofburg, encontra-se a Igreja dos Agostinianos (à direita), onde se realizaram os casamentos reais de Maria Antonieta e Luís XVI da França, Marie-Louise da Áustria e Napoleão (por procuração) e Francisco José e Elisabeth da Bavária (a Sissi).

 

 

Próximo ao Hofburg, situa-se o Kunsthistorisches Museum (imagens abaixo), que possui uma extraordinária coleção de arte reunida pela dinastia do Habsburgos. O museu possui obras de arte de grandes mestres europeus além de uma excepcional coleção de arte egípcia e grega.

 

A catedral de Santo Estevão (à esquerda) fica situada no centro histórico e teve sua construção iniciada no século 12. É um dos símbolos de Viena. Ao longo de sua existência a construção sofreu com incêndios e guerras. Durante a Segunda Guerra Mundial a catedral sofreu danos devidos a bombardeios tendo sido recuperada e reaberta em 1948.

A sudeste do centro histórico, situa-se o imponente palácio de Belvedere (abaixo) que abriga uma extraordinária galeria de arte dos séculos 19 e 20.

 

O majestoso Palácio Schonbrunn (abaixo) foi construído entre os séculos 17 e 18, como o palácio de verão da dinastia dos Habsburgos. Lá o arquiduque Francisco José nasceu e viveu seus últimos dias. Durante seu longo reinado, ocupou os aposentos imperiais com sua esposa, a arquiduquesa Elisabeth da Bavária (a Sissi).

O palácio situa-se em meio a um gigantesco jardim, inspirado no Palácio de Versailles. Uma construção peculiar em mármore, a "Gloriette" (abaixo, à direita), destaca-se nos jardins do palácio.

Situada no parque de diversões do Prater, a roda gigante "Riesenrad" é um dos símbolos de Viena. Está em funcionamento desde sua fundação em 1897 e alcança a altura de 67 metros.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Viena não é uma cidade essencialmente fotogênica. Há, contudo, grandiosas construções de prédios públicos, em torno do centro histórico, que oferecem grandes oportunidades de registro de imagens com motivos arquitetônicos.