Quem sou eu?

Meu nome é Anderson, tenho 24 anos, sou aluno da USP desde 2003 e no momento estou fazendo minha segunda graduação. Atualmente sou aluno do curso de Sistemas de Informação da EACH.

A idéia do site surgiu enquanto estava vendo a comunidade da USP no orkut. Entre os vários tópicos havia um intitulado "Diretas Já" que pedia para ter votação sobre a greve no campus, em alusão ao "Diretas Já" para votação para Reitor. Esse tópico me fez pensar que a votação realmente seria a melhor maneira de saber a posição da USP em relação a tudo isso. E uma maneira fácil e rápida de se fazer esta votação, seria pela internet. Em poucos minutos fiz o primeiro site de votação e mandei para a própria comunidade do orkut.
Mas o que realmente me incentivou foi ver uma reportagem na TV, relatando os acontecimentos da greve na USP e, ao final da reportagem, a apresentadora fez o seguinte comentário: "A USP é considerada a melhor faculdade do Brasil, ou era, vai saber...". A minha impressão por estar diariamente na USP é de que a realidade não era aquela relatada pela reportagem. E muitas pessoas me perguntam como está a USP, se não é perigoso, ou seja, essas pessoas não tem idéia do tamanho da USP e de que estes fatos estão ocorrendo basicamente na Reitoria, que fica bem longe de outras Unidades. E não gostaria de ver o nome da universidade ser denegrido por algumas pessoas que se dizem ser “a USP”. Então resolvi fazer a enquete para ver o que a USP realmente pensa.


Estou mantendo a pesquisa e o site sozinho. Esta pesquisa não tem qualquer ligação com a USP ou qualquer Unidade ou sindicato da USP. A divulgação inicial foi feita no orkut, e os próprios usuários do orkut se encarregaram de divulgar em listas de emails, e em suas faculdades. Agora eu mesmo já recebi de diversas pessoas (no meu email pessoal) o link para a votação. Já fiquei sabendo também que as pessoas estão colocando o site para votação como "página inicial" dos computadores dos Centros Acadêmicos. Levando em consideração que a votação começou durante um feriado prolongado, e no terceiro "dia útil" de votação já existe quase 5000 votos, acredito que ela está sendo bem divulgada.
Devido a tamanha divulgação o site para votação foi sendo reformulado e muitas melhorias foram sugeridas (estou tentando atender todas elas).
Uma coisa que me surpreendeu foi a “confiança” das pessoas de colocarem o email e o número USP corretos, sendo que esta votação não é oficial ou organizada pela USP. Acho que isso se deve ao fato das pessoas quererem expressar suas opiniões e ser ouvidas.

Diante de todos os acontecimentos, é claro que tenho uma posição sobre o que está acontecendo.
Gostaria de salientar que independentemente da minha posição pessoal em relação a greve, a única influência que ela teve nos resultados da pesquisa foi: 1 voto!

Sou contra a greve. Não sou contra algumas das reivindicações, mas sou contra a greve. Não concordo com essa forma de manifestação. Acho muitas das reivindicações válidas. Porém, não acredito que fazendo esse tipo de greve é a melhor forma de reivindicar. Acho difícil que qualquer aluno da USP não concorde com pelo menos metade das reivindicações. Porém, não concordo com a greve, e as assembléias que "decidem" a greve é questionada pela grande maioria dos alunos.  Conversando com pessoas (e até mesmo lendo tópicos no orkut) é possível perceber que as assembléias existem para "fazer valer a vontade do dce". Se por acaso, em alguma assembléia existem mais pessoas contra "essa vontade", a assembléia é cancelada (e horas depois uma sessão extraordinária é aberta). E, sinceramente, uma assembléia marcada as 8 horas da noite, em frente a reitoria, não pode ser levada a sério. No próprio site do dce e do sintuspo é possível ver. Existem fotos, de inúmeras pessoas sentadas no chão, a noite, em frente a reitoria, votando (e decidindo) que a USP está em greve.

Na minha opinião, o correto, antes de sair divulgando que a USP está em greve, seria pelo menos ouvir um número relevante de alunos, e apenas 1 ou 2%.
Gostaria de mostrar com essa votação que isso é possível. Se uma pessoa (eu), em 5 dias, consegui ter a idéia, fazer a pesquisa, divulgar e já conta com mais de 5000 votos, porque não seria possível fazer isso, de maneira oficial? Consegui fazer isso sem utilizar a infra-estrutura da USP, utilizei apenas ferramentas livres disponíveis na Internet. Se essa votação fosse feita de uma maneira oficial, seja pela USP ou pelo DCE, a comunidade da USP poderia realmente expressar sua opinião e as decisões seriam tomadas realmente através da democracia.

Não acho justo que saiam divulgando (a mídia faz isso) que a USP está em greve. De acordo com a votação: A USP NÃO está em greve e a USP não apóia a greve.