Conselhos/Doenças

 

cantinho dos pássaros

 

Canários

Exóticos

Psitacídeos

Aves Europeias

Fotos/Galeria

Fórum

Noticias

Anúncios

Links Relacionados 

 

Conselhos   

          

Aquisição de Aves

-Ao adquirir uma ave,quer numa loja ou a um criador,verifique previamente o seu estado de higiene,saúde e comportamento.Uma ave saudável tem de se apresentar alegre e saltitante,com plumagem completa,limpa e brilhante.Não deve ter um aspecto letárgico,embolado,olhos sonolentos,nem plumagem deteriorada,baça ou suja.

Nunca introduza uma ave recém adquirida imediatamente junto das que possui sem lhe fazer previamente uma Quarentena,ou seja mantê-la  isolada durante alguns dias(uma semana no minimo),administrando-lhe um anti-stress,seguido de probióticos e,posteriormente,um polivitaminico.

Entretanto e como prevenção para acáros ou piolhos,pulverize moderadamente a ave com um produto próprio que encontrará em qualquer loja da especialidade,repetindo após 10 a 15 dias.

Não faça uma mudança brusca na alimentação a que a ave está habituada.

Alojamento

-Proporcione uma gaiola ou viveiro amplos,para que a ave possa executar pequenos voos.Apenas dois poleiros servem perfeitamente no caso de aves como Canários,Exóticos,
Indígenas.

Estes devem ser em madeira,de preferência de pinho ou de árvore de fruto,e não em plástico ou em material abrasivo.Não coloque os bebedouros directamente debaixo dos poleiros.

Para Papagaios,deve evitar,sempre que possivel,o tradicional poleiro com corrente.

Temperatura e Humidade

-Ao contrário do que muita gente pensa,uma ave de boa saúde poderá suportar temperaturas bastante baixas.Devemos no entanto evitar mudanças bruscas de ambiente e correntes de ar.

A grande maioria das aves em cativeiro suporta uma ampla variação dos niveis de humidade,se bem que algumas espécies provenientes de Países tropicais ou subtropicais prefiram um ambiente mais húmido.Aconselha-se pois,que proporcione a essas aves bastante água ou,periodicamente aquando do tempo seco,que as pulverize com água.

Luz e Ar

-A luz solar é de extrema importância para a saúde dos seres vivos.Sempre que possivel,deixe as suas aves apanhar sol,tendo o cuidado em proporcionar-lhes um pouco de sombra como resguardo.

Note-se que quando falo em sol,se trata de luz directa e não filtrada através de um vidro ou plástico,pois estes não permitem a passagem de raios Ultra-Violetas.

Como alternativa,pode utilizar luz fluorescente especial que simula totalmente o espectro da luz solar.Reforce também a administração de vitamina AD3.

Em ambiente fechado nunca devemos manter  o período de luz diária por mais de 16 horas,nem acender e apagar a luz quando as aves estão a dormir,pois poderão entrar em stress,ou até abandonar os ninhos quando em período de criação.

{animated parrot}

Higiene

-A limpeza diária dos comedouros e bebedouros e dos fundos das gaiolas evita problemas associados à conspurcação dos alimentos,e alerta o criador para eventuais sinais de doença.

Uma limpeza geral semanal ou quinzenal,que incluirá lavagem e desinfecção das instalações,poleiros,

utensilios,etc. é aconselhável.

Alimentação

-A grande maioria das doenças que afectam as aves é de origem alimentar.

O conhecimento do tipo de alimentação adequado a cada ave é de extrema importância.A administração de sementes conspurcadas ou de má qualidade,excesso de sementes oleaginosas(Níger,Cânhamo,
Girassol,
Nabo,Linhaça,
Amendoim)provocam doenças graves e de dificil tratamento.Procure,
portanto,
administrar uma maior percentagem de grãos com um menor teor de gordura e mais elevado em proteínas:Alpista,
Painço,
Milho,Aveia,
Leguminosas.

Note que as referidas sementes gordas são as mais apetecíveis,pelo que devemos racioná-las criteriosamente.Uma ave gorda não é necessariamente uma ave saudável.

Por outro lado a grande maioria das sementes secas são naturalmente deficientes em vitaminas e outros micronutrientes essenciais.

Como reconhecer sinais de doença nas suas Aves

-Nem sempre é fácil reconhecer quando as nossas aves estão doentes,se bem que  uma ave bem alimentada e cujos preceitos de higiene sejam cumpridos,tenha à partida menos probabilidades de adoecer.Assim,é de primordial importância reconhecer precocemente os sintomas ou sinais mais frequentes de certas afecções para que possamos actuar rapidamente.Os seguintes sintomas poderão dar indicação de uma doença mais ou menos séria,pelo que em casos mais dificeis,aconselha-se a procura de um veterinário.(Em situação de emergência e enquanto não é encontrada a solução,manter a ave abrigada e aquecida,separada das outras.

1.Modificação no aspecto das fezes

-Uma ave poderá apresentar:

.Diminuição na quantidade das fezes;

.Modificação na cor dos uratos da urina;

.Aumento da porção de urina;

.Diminuição do volume das fezes com aumento dos uratos(Poliúria).

2.Diminuição ou excessivo consumo de alimentos ou água

3.Modificação de aparência,

comportamentos ou hábitos

.Ave embolada ou frequentemente com a cabeça recolhida debaixo da asa;

.Actividade diminuida,perda de canto,sonolência,
falta de resposta aos estímulos;
.Penas eriçadas,fraqueza,
perda de equilibrio,posição anormal no poleiro,permanência no fundo da gaiola,asas caídas,convulsões.

4.Modificação da respiração

.Respiração dificil e aparente(a cauda move-se para baixo e para cima);respiração ofegante após esforço;alteração na"voz";ruídos respiratórios tais como espirros,estalidos ou silvos,tosse.

5.Inchaços no Corpo

6.Alteração no peso ou condição fisica geral

.A Ave aparenta leveza;uma quilha proeminente("faca"),devido a perda de tecido muscular no peito(GRAVE),procurando comer constantemente.

7.Feridas ou Hemorragia

8.Vómitos ou Regurgitação

9.Corrimento Nasal(Olhos e Bico)

.Estes são os sinais mais preocupantes,pelo que deverá tomar as medidas adequadas:

.Não dê antibióticos sem saber exactamente as causas;

.Não aguarde para o dia seguinte;

.Consulte um veterinário;

10.Outros sintomas que merecem atenção

.Muda anormal e prolongada das penas;

.Inchaço e/ou perda de penas à volta dos olhos;

.Falta de força nas patas;

.Patas inchadas e/ou avermelhadas;

.Crescimento anormal do bico ou das unhas;

.Crostas nas narinas.

 

 Doenças

Afecções mais comuns e terapêuticas mais utilizadas

Do Aparelho Digestivo:

Sintomas 

-Lesões ao nivel da pele(comissuras no bico,à volta dos olhos),narinas e garganta.Na forma benigna,crostas purulentas.

Diagnóstico Provável

-Varíola.Mortalidade elevada.

Causas Prováveis

-Vírus contagioso.Mosquitos,ou aves recém-vacinadas podem ser portadores.

Aves Afectadas

-Canários(Mortal)

Terapêutica

-Enteropan(nem sempre eficaz na forma aguda)

-Zoospray contra mosquitos.

Observações

-Muito contagiosa.O vírus pode permanecer um ano nos locais.Desinfectar bem as instalações.Vacinar aves.

Sintomas

-Fígado inchado e escuro;fezes acastanhadas e diarreias.Ave embolada e com dificuldade respiratória,parecendo cansada.

Diagnóstico Provável

-Hepatite ou afecção Hepática por excesso de gordura nas sementes.Mortalidade a longo prazo.

Causas Prováveis

-Alimentação excessivamente rica em sementes gordas(Nabo,Colza,Semilha,Canhâmo,Girassol).

Aves Afectadas

-Canários,Exóticos,Psitacídeos(Periquitos e Papagaios).

Terapêutica

-Dieta só de alpista,aveia e milho-alvo.Nos Psitacídeos,demolhar as sementes.Dar Colina Ca/P 2 a 3 vezes por semana permanentemente e complexo B 1 ou 2 vezes.Administrar Protexin.

Observações

-Muito comum nos canários e psitacídeos.Confunde-se por vezes com problemas respiratórios.Diminuir a percentagem de sementes oleaginosas.

Sintomas

-Falta de apetite.A ave semi-embolada não chega a ingerir as sementes.Muita sede.Diarreia.Emagrecimento.O animal não tratado morre,passando os últimos momentos tentando alimentar-se.

Diagnóstico Provável

-Gastroenterite sub-aguda ou aguda.Síndroma"Doença da Faca".

Causas Prováveis

-Mudanças bruscas na alimentação.Agressões porColibacilos ou Salmonelas.

Aves Afectadas

-Canários,Aves silvestres ou Exóticas recém-capturadas e outras.

Terapêutica

-Qualquer produto anti-stress,Enteropan,Zooserine mais Complexo B.

Observações

-Isolar.Local aquecido.(poderá ser contagioso).Fornecer sementes germinadas.Protexim após tratamento.

Sintomas

-Diarreia,Ave embolada.Ninhos húmidos.Fêmeas suadas.Grande consumo de água(forma crónica).Nos primeiros dias(do 3º ao 9º)as crias apresentam emagrecimento,palidez na pele e nas mucosas(interior do bico e boca).Pescoço muito delgado.Enterite aguda.Morte em 48 horas.As aves apresentam a cloaca obstruida com fezes.

Diagnóstico Provável

-Colibacilose(causa principal de morte das crias).

Causas Prováveis

-"Escherchia colli" nas águas contaminadas;verdura conspurcada.Transmissão directa de pais para filhos.

Aves Afectadas

-Crias de Canários,Exóticos,Aves silvestres.Nos adultos não é mortal.

Terapêutica

-Cura dificil.Prevenção com Promotor cria ou Tabernil cria.

Observações

-Adultos,mesmo sem sintomatologia,podem ser portadores/transmissores.Desinfecção de material e utensilios com Virudine.

Sintomas

-Embriões não chegam a nascer(na forma crónica).Os adultos não apresentam sintomatologia própria.Na forma aguda:grande mortalidade nas crias,que apresentam intestinos muito congestionados,fígado escuro.Na necrópsia a vesicula biliar aparece hipertrofiada.Diarreia branca,cloaca obstruida com fezes.

Diagnóstico Provável

-Salmonelose

Causas Prováveis

-"Salmonela Typhi"(paratifose),transmitida por Pardais,Ratos,etc.

Aves Afectadas

-Canários,Exóticos,etc.Pombos("mal-da-asa").Mortal.

Terapêutica

-Isolar e de preferência sacrificar,pois os pais serão quase sempre portadores da doença.Profilaxia:Qualquer produto para combater as salmonelas.Muito dificil nas crias.Protexin a seguir.

Observações

-Contagiosa de pais para filhos,através dos ovos.Crias morrem entre o 8º e 15º dias.Desinfecções das instalações e do material com Virudine.

Do Aparelho Respiratório:

Sintomas

-Destilação lacrimal sem dispneia nem ruídos.Fluxo normal.

Diagnóstico Provável

-Catarro.

Causas Prováveis

-Mudança brusca de temperatura,correntes de ar.

Aves Afectadas

-Canários,Exóticos,Psitacídeos,etc.

Terapêutica

-Isolar,colocar em local aquecido.

Observações

-Contagiosa para outras aves.Prevenção com Mycoplasmin.

Sintomas

-Como no caso anterior,mas com fluxo nasal purulento e odor fétido.

Diagnóstico Provável

-Coriza.

Causas Prováveis

-"Bactéria Haemófilus".

Aves Afectadas

-Canários,Exóticos,Psitacídeos,etc.

Terapêutica

-Isolar,colocar em local aquecido.

Observações

-Contagiosa para outras aves.

Sintomas

-Destilação nasal sem dispneia nem ruídos.Deformidade nas membranas nasais,com crostas.Falta de penas à volta dos olhos e comissuras no bico.

Diagnóstico Provável

-Micose

Causas Prováveis

-De origem fúngica ou por ácaros.

Aves Afectadas

-Canários,Periquitos,etc.

Terapêutica

-Mould Master na água da bebida e limpeza posterior das instalações e da ave.

Observações

-Fornecer Promotor L,complexo B.Desinfectar com Virudine.

Sintomas

-Dispneia(dificuldade em respirar).Mancha escura no fígado.

Diagnóstico Provável

-"C.R.D"(Doença Respiratória Crónica).

Causas  Prováveis

-Micoplasma(contagiosa para outras aves).

Aves Afectadas

-Canários,Psitacídeos,Exóticos,Pombos.

Terapêutica

-Isolar.Rhino ou Mycoplasmim,seguido de Protexin.

Observações

-Desinfecções com Virudine.

Sintomas

-Dispneia e ruído respiratório.Tossícula,como se tentasse expulsar algo.

Diagnóstico Provável

-"Asma Acariásica".

Causas Prováveis

-Ácaros(Sternostoma Tracheacolum) que se alojam na traqueia.

Aves Afectadas

-Canários,Exóticos,etc.

Terapêutica

-Higiene.Acariasma ou Zoospray.

Observações

-Limpeza das sementes.

Parasitismo:

Sintomas

-Cavidade bocal avermelhada.Inchaço na garganta.Espessamento caseoso na laringe e por detrás da língua.Diarreia crónica mal cheirosa e mucóide.

Diagnóstico Provável

-"Trichomonas"."Giardióse" em Periquitos e Caturras.

Causas Prováveis

-Transmissão de pais para filhos,ou pelas fezes.

Aves Afectadas

-Pombos,alguns Exóticos,Periquitos,Caturras.

Terapêutica

-Desparasitar os pais com Vermizoon,seguido de Dimetoxin(6 a 18 dias).Muita atenção à dosagem.

Observações

-Vitamina A.Não é possivel a cura das crias.Utilizar sempre águas limpas e desinfectar com Virudine.

Sintomas

-Emagrecimento.A ave come.Aspecto triste.Fezes negras.Ventre inchado.

Diagnóstico Provável

Parasitas Internos(Vermes).

Causas Prováveis

-"Nemátodos,Ténias,Heterakis",etc,transmitidos (os ovos) pelo solo de terra ou pelas sementes.

Aves Afectadas

-Vulgar nas aves de viveiro com piso térreo:Canários,Exóticos,Psitacídeos,Pombos,Codornizes.

Terapêutica

-Desparasitação trimestral com Vermizoon.

Observações

Limpeza do solo e das sementes.

Sintomas

-Emagrecimento.Abandono do ninho.

Diagnóstico Provável

-Parasitas Externos.

Causas Prováveis

-Ácaros e/ou Piolhos.

Aves Afectadas

-Comum em qualquer ave.

Terapêutica

-Pulverizar as aves e as instalações com produto especifico.

Observações

-O Piolho vermelho(Sugador de Sangue)só ataca durante a noite.

 

  

Tops de Sites