Henry Maxwell Wright (H.M.W.)

(1849-1931)


< voltar  

 

Biografia

 

Nascido em Lisboa, no dia 7 de Dezembro de 1849, optou pela cidadania britânica, pois era de descendência inglesa. Associou-se ao grupo chamado Baptistas Livres.

Filho de pais ingleses por alguns anos dedicou-se ao comércio. Depois de auxiliar o célebre pregador Moody em uma grande campanha de evangelização realizada em Londres, em 1874 e 1875, abandonou a sua próspera carreira comercial para dedicar-se à evangelização da Inglaterra e Escócia.

Esteve no Brasil quatro vezes: 1881, 1890-1891, 1893 e 1914. Esteve aqui pela primeira vez a convite de J. L. F. Braga, crente brasileiro que morava na cidade do Porto. Por mais de 5 anos H. M. Wright foi um dos mais operosos servos de Deus entre os povos que falam a língua portuguesa. Não lhe escapou a Ilha da Madeira e o Arquipélago dos Açores. Wright achava que Deus o queria como missionário na China - exatamente como aconteceu a Gunnar Vingren - porém, iniciou o seu trabalho em Portugal ao verificar a falta de obreiros para pregar o Evangelho entre os que falam a Língua de Camões.

Esteve várias vezes nos Estados Unidos anunciando o Evangelho de Jesus entre as colônias portuguesas. No Brasil, experimentou a infelicidade de ser preso sob a acusação de inimigo da "religião oficial", pois era poderoso pregador e após as suas mensagens aconteciam muitas conversões.

Em 1905, Wright e sua esposa Ellen fixaram residência e sede de trabalho na cidade do Porto e construíram, na capital nortenha, o salão evangélico da A.C.M. - Associação Cristã de Moços.

H. M. Wright era possuidor de uma bela voz, pelo que não hesitava em cantar solo nas suas reuniões evangelísticas. Dizem até, que foi dele a iniciativa de cantar "corinhos" no Brasil, forma de música ainda entre nós no culto ao Senhor. Wright contribuiu grandemente para a hinologia nacional, pois foi o autor ou tradutor de cerca de 200 hinos entre os quais alguns "corinhos". O seu nome de autor aparece em livros de cânticos tais como "Salmos e Hinos", "In Memoriam", "Cantor Cristão", "Cânticos de Alegria", "Harpa Cristã" e diversos outros hinários.

Este pregador do Evangelho, cantor e hinólogo era uma figura respeitável, de estatura elevada, voz cheia e harmoniosa, maneiras afáveis, unção de Deus, pregador que lia os hinos antes de cantar de maneira muito expressiva, ressaltando o conteúdo do texto e tomando-o como tópico para o sermão. Distinguia-se no cântico dos hinos pela expressão que sabia dar à letra.

Wright está sepultado no Cemitério Britânico do Porto, em Portugal, pois faleceu nessa cidade, no dia 23 de Janeiro de 1931.

Sua contribuição para a Harpa Cristã: 49 hinos
(Autoria, Tradução e Adaptação)

015-Conversão
019-O Convite de Cristo
027-Amor que vence
029-O precioso sangue
030-Não sou meu
031-Glória ao meu Jesus
032-Meu Cristo! Meu Cristo!
033-Com Tua mão segura
034-Milícia de Jesus
035-O grande amor
037-Cristo prá mim
038-O Senhor é Rei
039-Alvo mais que a neve
040-A cidade do bom Deus
041-A Cristo coroai
042-Saudai Jesus
043-Doce lar
044-Oh! Que glória!
045-Redentor Onipotente
046-Um pendão real
048-O dia do triunfo de Jesus
049-Aleluia! Já creio
050-Sempre fiéis
051-Adoração reconhecida
052-Tudo está bem
053-A esperança da Igreja
054-Louvor ao Redentor
055-Mais perto da cruz
056-Tudo em Cristo
057-Vivica-nos Senhor
058-Não temas
060-Exultação do crente
063-Acordai, acordai
064-De todo o mundo: aleluia
065-Quem irá?
066-Pronto a salvar
093-Há trabalho pronto
099-Eis o dia a declinar
189-Glória ao Salvador
216-Louvai a Jesus
452-Seguirei a Cristo
462-Glória ao Salvador
464-Plena graça
522-O Rei da glória
530-Vivica Tua Igreja
536-Amigo sem igual
542-História de Cristo
598-Riquezas do céu
606-Triunfo