Tipos de Tecido

Aqui vocês poderam encontrar uma pequena, lista em ordem alfabética, com o nome dos principais tecidos.Não são todos,mas caso vocês queiram saber de algum nos escreva.

Essa lista contém apenas os nomes dos tecidos mais usados e mais conhecidos!!!

Algodão: Fibra natural de origem vegetal procedente do algodoeiro. O tecido a base de algodão absorve a umidade é adequado para o clima brasileiro, quente e úmido. A transpiração do corpo é mais bem absorvida quando se usa tecido com algodão em sua composição.

Características: Macio e confortável; durável; resistente ao uso, à lavagem, à traça e insetos; lava com facilidade; tem tendência a encolher e a amarrotar quando atacado por fungos; queima com facilidade; não resiste a produtos químicos.

 

Arrastão: Tipo de malha com ligamentos bem abertos, semelhante a um rede de pescador. Ex.: meia arrastão.

 

Brim: Tecido forte com desenho em sarja, de algodão. Ele se assemelha a jeans, denim. Atualmente é muito utilizado além de confecção (calças, bermudas, uniformes, etc.), para decoração, toalhas de mesa, guardanapos, fundo de palco, etc.

 

Cambraia ("Batiste"): Tecido de algodão ou linho leve, com desenho tafetá, para camisas e blusas finas. Nome originado da cidade de Cambraia, França. A cambraia de é um tecido mais pesado em ligamento sarja com fios de cores contrastantes no urdume e na trama, usado para ternos. Para ficar mais fácil, tecido usado em roupas de candomblé.

 

Celulose: Polímero natural, encontrado nos vegetais, substância branca, fibrosa, usada na fabricação de papéis.

 

Cetim ("Satin"): Denominação usada para tipo de ligamento ou tecido. O Cetim pode ser de qualquer matéria-prima, com densidade elevada de fios. O toque é em geral fluido e macio, e o aspecto brilhante. Todos os cetins podem ser brilhantes, semi-opacos ou opacos, conforme a matéria (acetato, viscose, poliéster, etc.).

Tipos de Cetim:

Cetim Boucol: Semelhante ao cetim duchese porém mais pesado, também muito utilizado pela alta costura e para vestidos de noivas

Cetim Changeant: Cetim com duas cores. As duas (uma de cada cor), se desenrolam na mesma abertura. Assim, conforme a posição da pessoa olhando o tecido, ele aparece com uma cor diferente.

Cetim Charmeuse: Cetim leve com bom caimento, brilho intenso e uma trama suplementar no avesso.

Cetim Duchese: Cetim mais pesado que o Charmeuse, também com brilho mais intenso e um excelente caimento, geralmente em seda, acetato ou poliéster. Cetim de qualidade, destinado à Alta Costura, muito utilizado em vestidos de noivas.

Cetim Vison: Cetim mais encorpado que o cetim comum, com bom caimento e brilho discreto, muito utilizado para becas, decoração (toalhas de mesa , cortinas, etc.).

Cetim Zebeline: Cetim pesado com um brilho acetinado, avesso em crepe, bem encorpado, sendo perfeito para os modelos evasê.

 

Chamoix (Camurça, Suédine): Tecido em qualquer matéria-prima, mas principalmente de algodão, seu acabamento tem um tratamento de flanelagem , com navalhagem, dando um aspecto que imite um pouco o veludo e a pele de camurça.

 

Chiffon: Palavra francesa que significa trapo. Tecido muito fino e transparente de seda ou de fibras químicas (normalmente poliéster ou poliamida), com fios com grande torção e resistentes. É um tecido aberto: um fio em S e outro em Z , o que lhe dá transparência.

A palavra Chiffon utilizada em conexão com o nome de outros tecidos denota leveza em peso, por exemplo: crepe chiffon, tafetá chiffon, veludo chiffon, etc.

 

Cós: Tira de pano usada para arrematar especialmente as calças e as saias, no lugar em que cingem a cintura.

 

Cotton: Palavra em inglês que define algodão.

 

Crepe

Crepe Casca de Melão: Semelhante, porém mais pesado que o crepe madame, com um lado acetinado, com desenho em relevo imitando pele e o avesso fosco.

Aplicações mais comuns: Vestidos, roupas de festa clássicas, trajes a rigor, lingerie, robes, baby dolls, camisetinhas, pijamas, lençóis, edredons.

 

Crepe Chiffon ou Crepe Hi Multi Chiffon: Geralmente de poliéster, muito leve e transparente com textura levemente enrugada, de toque macio e fluido.
Aplicações mais comuns: Camisas , batas, vestidos, lenços, echarpes, etc.

 

Crepe da China: Tecido de seda ou de fibras químicas (normalmente poliéster ) muito fino e leve.

Aplicações mais comuns: Roupas clássicas, camisaria feminina e masculina, gravataria, pijamas masculinos e femininos, cuecas, almofadas, lençóis, edredons, xales de sofá.

 

Crepe Georgette: Tecido, de origem francesa, com ligamento tafetá, cujos fios são de crepe de seda, poliéster, ou viscose. Pode ser conhecido como Crepe Suzette.
Aplicações mais comuns: Camisas, camisetas, camisolas, anáguas, lenços, echarpes, cortinas leves, baldaquinos para proteção de camas.

 

Crepe Koshibo:: Semelhante ao crepe georgette, porém mais grosso e pesado, liso e também transparente.

 

Crepe Madame ou Chanel: Tecido grosso, tem com característica um lado acetinado e o avesso fosco e poroso, pode ser usado dos dois lados.

Aplicações mais comuns: Vestidos, roupas de festa clássicas,trajes a rigor, lingerie, robes, baby dolls, camisetinhas, pijamas, lençóis, edredons.

 

Crepe Marroquino: Tecido de seda ou de fibras químicas (normalmente poliéster), similar ao Crepe da China, porém mais pesado.

 

Crepe Romain: Tecido de seda, poliéster, ou viscose, originário da Itália, similar ao crepe georgette.

Aplicações mais comuns: Roupas clássicas, vestidos básicos, conjuntos de calça e blusa, moda para senhoras.

 

Crepe Satin: Também conhecido com "Cristal Líquido" ou "Prelúdio", é semelhante ao crepe patoux ou madame, sendo, porém que o lado acetinado é furta-cor.

 

Dégradé: Tecido com listras ou barras, onde o efeito de cor muda de tonalidade,de escura para clara (até branca) e depois recomeça identicamente. É sempre feito a partir de uma só cor. Este efeito é geralmente obtido com fios tintos ou na estampagem.

 

Dry Fit: Utilizado para definir o tecido feito com poliamida e elastano, ou seja, o Suplex que, devido a sua estrutura , proporciona um conforto para peças de esporte que exigem uma alta capacidade de transpiração. A peça com esse conceito Dry Fit, possui o tecido com capacidade de tirar a umidade do corpo e transportá-lo para fora do tecido. "Dry fit" significa em inglês "Caimento seco", justificando assim seu benefício.

 

Dupla-Face: Tecido que tanto pode ser usado pelo direito como pelo avesso, e onde cada um deles apresenta um aspecto diferente.

Ex. Direito: ligamento cetim , Avesso: ligamento sarja.
Os pontos de ligação devem ser bem escondidos para serem pouco visíveis e somente no avesso. Utilizado para tecidos pesados, de alta costura ou para o inverno. Uso feminino e masculino.

Elastano: Sua função específica é conferir elasticidade aos tecidos convencionais (de malha ou planos) o que permite confeccionar peças de vestuário que aderem ao corpo. Particularmente apropriadas à confecção de roupas de praia, roupas femininas e esportivas, roupas íntimas, meias e artigos para aplicações médicas e estéticas.

 

Evasê: Do francês “évasé” diz-se da peça de vestuário que se alarga para baixo, em forma de cone,ou em A.

 

Galão: Fita grossa. Rica e muito decorada, destinada a ornamentar chapéus, cortinas, vestidos, sapatos, ternos, etc. Muito usado no exército, para diferenciar a hierarquia dos militares.

 

Helanca: Tecido elástico para calças e bermudas. A helanca geralmente tem elasticidade no sentido lateral.

 

Jeans: Nome em inglês, atualmente na cor Azul Índigo. Jeans na gíria inglesa significa calça, macacão, etc.

 

Jersey ou Jérsei: Tecido de malha leve e de ligamento simples, muito usado para lingerie.

 

: Fibra natural de origem animal, macia e ondulada obtida principalmente do pelo das ovelhas domésticas, e de outros animais como o camelo, a alpaca, as cabras de Angorá.

Características: Quente e confortável, excelente isolante térmico; resistente ao amassamento; absorve a transpiração e a umidade; desbota quando exposta ao sol; baixa resistência ao atrito; não resiste a produtos químicos; exige precauções durante a conservação.

 

Linho: De origem vegetal sua origem vem do talo do linho, tem como principal característica, o aspecto rústico, o que natural de sua fibra quando combinado com a viscose torna-se bastante favorável ao processo de tingimento.

O linho é uma fibra bastante forte. São duráveis e fáceis de serem trabalhados. Quando são molhados, a resistência a pode ser 20% superior ao mesmo tecido em estado normal (seco).

Não encolhe, mas na contra-mão amarrota com facilidade.

 

Lycra: Inventada pela Du Pont. Pode ser esticado quatro a sete vezes seu comprimento, retornando instantaneamente ao seu comprimento original. Resistente ao sol e água salgada, e retém sua característica flexível no uso e ao passar do tempo.

Um tecido jamais é feito de 100% lycra, ele é usado em pequenas quantidades, sendo sempre combinado com outra fibra, natural ou sintética. A lycra é revestida pela mesma, assim qualquer que seja a mistura, o tecido concebido com a lycra irá sempre conservar a aparência e toque da fibra principal, ou seja, a própria lycra.

 

Moletom: Estrutura de malha de , macia, quente, flanelada dos 2 lados, usada para vestidos e estofamento. O entrelaçamento dos fios é feito de tal forma, que oferece maior aquecimento do corpo não deixando que o calor se transporte para fora do corpo.

 

Musseline ( Musselina ou Mousseline): Tecido muito leve e transparente, com toque macio. Algumas musselines são chamadas de Crepe Chiffon ou Crepe Hi Multi Chiffon.

 

Poliamida (Náilon): Considerada a mais nobre das fibras sintéticas, foi a primeira a ser produzida industrialmente. O náilon, entre outras qualidades, apresenta uma elevada resistência que o torna adequado à fabricação de dispositivos de segurança (pára-quedas, cintos de segurança para veículos etc...).

A principal utilização do náilon na área têxtil ocorre na fabricação de tecidos de malha apropriados para a confecção de meias, roupas de banho (maiôs, sungas). O nylon tem adquirido cada vez mais espaço na indústria têxtil devido à sua praticidade, como a secagem rápida, toque sedoso e melhor recuperação ao vinco.

Atualmente no mercado, não se encontra uma fibra que se aproxima tanto à perfeição da seda como o Náilon.

 

Poliéster: Também conhecida como "tergal". É utilizado em malharias, vestuários, 100% ou em misturas. Sua característica, porém é de pouquíssima absorção de umidade.É a fibra mais barata do mercado.

 

Suplex: É indicado para tecidos esportivos, confere maciez e flexibilidade.

 

Tac-Tel : Tecido 100% poliamida(Náilon) é um tipo de microfibra. O tac-tel é um tecido que não retém o suor e seca rapidamente quando exposto ao sol; por isso é muito utilizado para calções e shorts de banho. Fibra desenvolvida pela DuPont Sudamerica S/A.

 

Tecidos: Existem mais de 10 tipos de tecidos:os lisos,simples,compostos,felpudos,lenos, maquinetado, jacguard,tecido estampado,tecido de malha,tecidos de laçadas,os não tecidos,tecidos crus,alvejados,tintos,mesclados,etc,...

 

Tricoline (Tricolina): Com a leveza e a resistência do algodão, podendo ser liso, estampado ou xadrez, de peso ligeiramente maior do que a cambraia, atende a um mercado cada vez mais sofisticado e exigente em tecidos leves, especialmente nos segmentos de camisaria.

 

Viscose: Obtido a partir da "Viscose", que é uma solução viscosa obtida pelo tratamento de celulose, de grande importância industrial. Embora os tecidos de viscose sejam bastante requisitados por confeccionistas de moda, a produção destas fibras não tem grandes perspectivas de crescimento a nível mundial, em razão dos altos custos ambientais inerentes à sua produção.

Comments