VLF PARA ESTUDO DA AMAS


INSTITUTO DE AERONÁUTICA E ESPAÇO IAE - CAMPUS DE PESQUISAS GEOFÍSICAS MAJOR EDSEL DE FREITAS COUTINHO   

©2010 Angelo Antonio leithold - Oneide José Pereira - Instituto de Aeronáutica e Espaço www.iae.cta.br - Faculdades Integradas Espirita- Convênio - 2002-2012- Plano Trabalho Progr Cientifico Download CTA PLANO DE TRABALHO nov 2006.pdf Download - INSTITUTO DE FÍSICA ASTRONOMIA E CIÊNCIAS DO ESPAÇO - IFAE Convênio 2006-2012 © 2010 Angelo Antonio Leithold - Oneide José Pereira

Anomalia Magnética do Atlântico Sul

Campo de Pesquisas Geofísicas Major Edsel de Freitas Coutinho

Estudo dos Efeitos das Explosões Solares na região da Anomalia Magnética do Atlântico Sul

VLF - WHISTLER    ESTUDO DA AMAS USANDO VLF


Torre da Ionosonda (Potência de transmissão: 1,3 MW), para estudo da Anomalia Magnética do Atlântico Sul.

© PY5AAL O Sol é a estrela que domina o sistema planetário em que se encontra a Terra. Sua presença ou ausência determina o dia e a noite. A energia irradiada é aproveitada por seres fotosintéticos que constituem a base da cadeia alimentar, assim é a principal fonte de energia que mantém a vida. Todos os processos físicos, químicos e biológicos são afetados de forma significativa pelo Astro Rei (Tabela 1 - Introdução). No Hemisfério Sul, ao contrário do Hemisfério Norte, as condições espaciais e suas influências no ambiente são pouco conhecidas. Isso se deve ao fato da falta de interesse em pesquisas das instituições de ensino e dos governos. Os efeitos danosos das correntes geomagneticamente induzidas, ainda não se fizeram sentir plenamente. Contudo, na medida em que o aparato tecnológico for se sofisticando e a miniaturização aumentando, os equipamentos e sistemas ficarão susceptíveis a danos ocasionados por explosões solares cujo estudo e prevenção dos surtos energéticos são de importância estratégica para o Brasil, devido as suas dimensões continentais. Alguns institutos de pesquisas, em especial o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) [1], têm se dedicado ao mapeamento e coleta de dados da AMAS e sua influência global, mas, isso é insuficiente. É necessário que mais pesquisadores se aprofundem nesta importante área de conhecimento, uma vez que deste sairão as estratégias necessárias para se lidar com os problemas que serão incrementados com o avanço do Ciclo Solar de onze anos [9]. Com este, aumentarão as tempestades eletromagnéticas [1],[9], as incidências de descargas elétricas e o aumento da violência dos temporais. Desta forma, é de fundamental importância não somente o estudo da AMAS através da prospecção em VLF, mas a continuidade das pesquisas em todos os ramos do conhecimento, da Geografia à Biologia, da Medicina à Física. 


Subpages (1): V CONFIES 2007
Comments