Seja bem vindo ao site oficial da UBT de Pindamonhangaba !!!

Quem Somos

Concursos Abertos

Resultados de Concursos

Como Fazer Trovas

História da Trova

Notícias Diversas

Como Enviar Trovas para Concurso

Trovadores de Pinda

Trovadores da Região

Trovadores do Brasil

Fotos

Trovas Ilustradas

Hino de Pindamonhangaba

Fale Conosco

Livro de Visitas

Trovas Premiadas

História de Pinda

Trovas Psicografadas

 

 

José Ouverney é 

"Magnífico Trovador"

 

O poeta agora faz parte da “Tropa de Elite” da trova brasileira

O Pindamonhangabense José Ouverney é o único "Magnífico Trovador" do Vale do Paraíba

O poeta de Pindamonhangaba, José Ouverney, conquistou no último dia 3 de abril o mais alto título da trova brasileira: o de Magnífico Trovador, após vencer (1º lugar) os Jogos Florais de Nova Friburgo (RJ) na categoria lírico/filosófica sobre o tema “Escolha”.

 Agora existem, desde a realização do I Jogos Florais de Nova Friburgo em 1960, só 17 Magníficos Trovadores (englobando as categorias Lirismo e Humor) vivos no Brasil, sendo nove do Estado de São Paulo – quatro da capital e um de Santos. Do Vale do Paraíba, Ouverney é o primeiro a conquistar o ambicionado título que o classifica entre a “Tropa de Elite da Trova Brasileira”.

 Para se tornar Magnífico Trovador, o poeta deve ficar entre os vencedores (1º ao 10º lugar) por três anos consecutivos na categoria lírica/filosóficas, e do 1º ao 5º na categoria humorística, uma façanha muito difícil. Ouverney foi vencedor em 2001, 2003, 2004, 2006 e 2007, portanto é a quarta vez que disputou – desta vez com êxito - o título.

 O poeta já havia conquistado o título de “Notável Trovador” em Pouso Alegre (MG) em 2005, com três trovas premiadas entre as vencedoras no mesmo ano. O concurso dessa cidade é o segundo mais difícil (só perde para Nova Friburgo) do Brasil, e o título de “Notável Trovador” também é disputadíssimo entre as grandes “feras” do gênero.

 A União Brasileira de Trovadores (UBT) de Porto Alegre realiza anualmente o Troféu Lilinha Fernandes, somando os pontos dos melhores trovadores classificados em nível nacional, e classifica os 10 melhores do país. Pois José Ouverney já ficou entre os melhores quatro vezes: em 2002 (8º lugar), 2003 (3º lugar), 2004 (2º lugar) e 2006 (4º lugar). Outra grande glória para ele e para Pindamonhangaba.

 Além de ótimo trovador, José é um grande batalhador pela trova: fundou a Delegacia de UBT de Jambeiro e de 2001 a 2004 promoveu concursos de trovas regionais e estaduais, inclusive lançou o Projeto Trova na Escola com a participação de centenas de alunos e professores. Devido a esse trabalho, recebeu mais um título que muito o emocionou: o de Cidadão Jambeirense, em 2004.   Tudo sobre a trova (concursos em aberto, resultados, orientações práticas, etc) é divulgado por José Ouverney semanalmente para todo o país na coluna Falando de Trova do jornal Tribuna do Norte, na comunidade Sou Trovador do Orkut, e no site criado por ele: www.falandodetrova.com.br

 E por curiosa ironia do destino, o sobrenome OUVERNEY é descendente de imigrantes suíços que participaram da colonização de Nova Friburgo em 1818 (o tema foi mostrado em reportagem da TV Globo recentemente, na série 200 anos da vinda da família real ao Brasil).

 Seu pai, Gumercindo Nicolau Ouverney, nasceu em Lumiar (Nova Friburgo) em 1919 e veio com cinco anos para Pindamonhangaba, e sempre falava com orgulho de sua descendência.

 Nova Friburgo é o berço da trova brasleira, hoje considerada a “Meca” deste movimento literário no país, e berço também da família Ouverney no Brasil, família que tem mais três trovadores vencedores de inúmeros concursos: João Paulo e Maria de Lourdes (irmãos de José) e Paulo César Ouverney (primo, de Juiz de Fora – MG).

 O Dr. José Valdez de Castro Moura, presidente da UBT seção Pindamonhangaba, disse: “Nossa UBT foi fundada em 1992 e de lá para cá só deus bons frutos, surgiram trovadores premiadíssimos, realizamos todo ano nosso concurso nacional também com milhares de alunos, e agora Pindamonhangaba entra definitivamente para a história com essa conquista de incalculável valor feita pelo nosso querido José Ouverney. Parabéns a ele por elevar o nome de nossa cidade ao lugar mais alto existente no podium da trova nacional”.

 

FINALMENTE A CONQUISTA DO TÍTULO DE MAGNÍFICO 

Para conquistar este título, o trovador ficou entre os vencedores de Nova Friburgo nos três últimos anos, com as seguintes trovas:

 

Em 2006, no tema "Fronteira", 6º lugar: 

Fugir, poeta, não queiras,

do que a vida preceitua:

teu destino é abrir fronteiras

e deixar que o sonho flua!

 

Em 2007, no tema "Mensagem", 3º lugar: 

Expulsando a maquiagem,

a lágrima veio, pura,

e pousou sobre a mensagem,

no lugar da assinatura!...

 

E em 2008, no tema "Escolha", fechando com chave de ouro, 1º lugar: 

Duas culpas, um pecado

e um remorso a nos doer:

você - que escolheu errado;

eu - que nem pude escolher...

...............................................................................................

Sites – www.falandodetrova.com.br

http://ubtpinda.googlepages.com/

www.jornaldacidade@terra.com.br

www.pindavale.com.br

 

Orkut – Comunidades: Sou Trovador (José Ouverney)

UBT e Academia de Letras Pindamonhangaba (João Paulo Ouverney)

..................................................................................................................

 

TODOS OS MAGNÍFICOS TROVADORES DESDE 1960

 

EM LIRISMO (ordem alfabética)

Aloísio Alves da Costa

Antonio Carlos T. Pinto

Anis Murad

Alcy Ribeiro Souto Maior

Arlindo Tadeu Hagen

Carlos Guimarães, Carolina Ramos

Colbert Rangel Coelho

Durval Mendonça

Edgar Barcelos Cerqueira

Edmar Japiassú Maia

Elton Carvalho

Helvécio Barros

Izo Goldman

João Freire Filho

João Rangel Coelho

José Maria M. de Araújo

José Tavares de Lima

Joubert Araújo da Silva

Lucy Sother A. da Rocha

Luna Fernandes

Luiz Otávio

Maria Nascimento Santos Carvalho

Marilúcia Resende, Otávio Venturelli

Pedro Ornelas

Romeu Gonçalves da Silva

Sérgio Ferreira da Silva

Vasques Filho, Waldir Neves

Edna Valente Ferracini

e JOSÉ OUVERNEY

.................................................................................................................

 

EM HUMORISMO (ordem alfabética)

Antonio Carlos Teixeira Pinto

Campos Sales

Carlos Guimarães

Edmar Japiassú Maia

José Maria Machado de Araújo

José Tavares de Lima

Joubert Araújo Silva

Luiz Pizzotti Frazão

Ney Damasceno

Pedro Ornelas

Sérgio Ferreira da Silva

Therezinha Diegues Brizola

Vasques Filho e Waldir Neves

................................................................

 

MAGNÍFICOS TROVADORES AINDA VIVOS – LIRISMO E HUMORISMO

 

1 - Aloísio Alves da Costa – Fortaleza (CE)

2 - Antonio Carlos Teixeira Pinto – Brasília (DF)

3 - Campos Salles – São Paulo (SP)

4 - Izo Goldman – São Paulo (SP)

5 - Carolina Ramos – Santos (SP)

6 - José Tavares de Lima – Juiz de Fora (MG)

7 - Arlindo Tadeu Hagen – Belo Horizonte (MG)

8 - Edmar Japiassú Maia – Rio de Janeiro (RJ)

9 - Marilúcia Rezende – São Paulo (SP)

10 - Octávio Venturelli – Nova Friburgo (RJ)

11 - Sérgio Ferreira da Silva – São Paulo (SP)

12 - Therezinha Diegues Brisolla ( São Paulo (SP)

13 - Pedro Ornellas – São Paulo (SP)

14 - João Freire Filho – Rio de Janeiro  (RJ)

15 - Maria Nascimento – Rio de Janeiro (RJ)

16 - Edna Ferracini – São Paulo (SP)

17 - JOSÉ OUVERNEY – PINDAMONHANGABA - (SP)